Boa Viagem por Cristina Lira

Informativo digital do mundo do turismo

Notícias

Natal será a primeira capital do Nordeste a ganhar uma unidade da Wood’s

 

A maior rede de casas noturnas do país chega em breve a capital potiguar com a promessa de oferecer ao público uma experiência única. Com quatorze unidades distribuídas entre as principais cidades do Sul e Sudeste, esta é a primeira vez que o Grupo Wood’s expande suas operações para outras regiões do Brasil. Sob a direção do grupo de sócios da extinta Pepper’s Hall, Natal será a primeira capital do Nordeste a ganhar uma unidade Wood’s. As informações foram passadas durante uma entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (28).

A expectativa é a de que a nova casa noturna de entretenimento possa ser inaugurada ainda este ano. O cronograma de início das atividades depende das reformas que estão sendo feitas no novo local. O público pode esperar um layout completamente reformulado e não somente ao que diz respeito a ambientação personalizada de acordo com os padrões das demais unidades Wood’s. Dentro dessas mudanças, o atendimento ao cliente também representa um papel importante neste processo, uma vez que a qualidade dos serviços prestados promete ser um dos grandes diferenciais da casa.

Reconhecida nacionalmente como a casa do sertanejo universitário, a Wood’s começou inicialmente com a proposta de elevar este ritmo musical a um novo patamar. Se nas unidades do Sudeste o sertanejo é o ritmo mais tocado, Dani Abreu – membro da diretoria da unidade potiguar – garante que aqui em Natal a cultura musical do nosso estado será levada em consideração.

“A Wood’s é uma casa predominantemente sertaneja sim, mas isso se deve mais pela questão do sertanejo ser um ritmo bastante valorizado naquela região. Por aqui teremos também noites de samba, eletrônico e forró. Vamos nos preocupar com a cultura do nosso estado. Com a vantagem de que o nome da Wood’s irá nos permitir trazer mais artistas inéditos para nossa casa e promover também um intercâmbio com nossos artistas que terão a chance de tocarem em outras Wood’s, fazendo nome por lá também”.

A unidade de Natal é a primeira em que o Grupo Wood’s não irá atuar como sócio majoritário. De acordo com Dani Abreu essa cessão da marca é algo que os responsáveis pelo grupo desejavam há algum tempo. “Isso é algo que eles já buscavam e nós somos a primeira unidade a fazer isso. Até porquê somos a primeira casa na região Nordeste e eles tinham interessem em pessoas que tivessem um know-how do mercado local, que entendesse suas peculiaridades. Mas, embora eles não sejam sócios majoritários, ainda assim contaremos com todo o suporte e apoio deles. A ideia é a de que a nossa unidade possa ajudá-los na expansão da marca para outros estados, como o Norte”.

Mais sobre a Wood’s:

A história do Grupo Wood’s se entrelaça com o surgimento do chamado sertanejo universitário. Ao mesmo tempo em que as músicas de João Bosco e Vinícius, Michel Teló e Fernando e Sorocaba ganhavam cada vez mais espaço nas rádios de todo o país, um grupo de empresários apaixonados pela música sertaneja investiu em casas noturnas que oferecem um serviço diferenciado para o público jovem e consumidor.

Em agosto de 2005 foi inaugurado o Wood’s Curitiba. Em pouco tempo, o público curitibano aprovou o novo modelo criado, e o primeiro passo da expansão foi dado em Balneário Camboriú, em 2009. A casa se consolidou também fora da temporada. Foi à prova de que o Wood’s poderia se tornar uma rede de casas noturnas. “Desde o início encaramos esse negócio não como uma balada, mas como uma empresa que investia em entretenimento. O diferencial do Wood’s foi apostar no profissionalismo e formalizar a operação de um bar”, lembra o sócio e diretor de expansão do Grupo Wood’s, Charles Bonissoni.

O Grupo WDS, detentor da marca Wood’s, entrou 2015 com a administração de 15 casas noturnas, em nove estados brasileiros nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Localizadas em São Paulo e Guarujá (SP), Curitiba, Foz do Iguaçu, Maringá e Cascavel (PR); Balneário Camboriú (SC); Porto Alegre, Atlântida e Caxias do Sul (RS); Belo Horizonte (MG); Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Goiânia (GO) e Vitória (ES).

A marca ainda investe em casas noturnas de outro estilo musical, acreditando nessa nova vertente da música brasileira: A WS Brazil, há três anos presente no mercado curitibano. Agora, em 2016 chega ao seu décimo estado, no Rio Grande do Norte, no Nordeste, precisamente na cidade de Natal. Pelas unidades do Brasil, encontram-se parceiros locais e até mesmo artistas de renome nacional, como é o caso de Marrone, Michel Teló e da dupla Fernando e Sorocaba.

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar varios serviços no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!
Boa Viagem por Cristina Lira