Kitesurf: uma experiência que conecta turismo, esporte e bem-estar 

Travel tech MaxMilhas, em parceria com WEDOKITE, passa a oferecer pacotes de viagens exclusivos para interessados em aprender ou se aprimorar na modalidade 

Foto: Caio Florentino

Praticar esportes pode trazer bem-estar físico e mental, como todos sabem. Mas, e quando esse hábito está aliado a viagens incríveis, com possibilidade de conhecer lugares paradisíacos? Essas são algumas das vantagens do kitesurf, modalidade aquática cujo objetivo é “voar” sobre as águas, deslizando em uma prancha acoplada a uma pipa.

Em 2024, o esporte deverá ser incluído nas Olimpíadas de Paris, sendo apresentado ao mundo pela primeira vez na competição. Apesar disso, o kitesurf não é novidade. Seu primeiro campeonato mundial foi realizado há mais de duas décadas, fazendo com que a modalidade tenha ganhado mais adeptos ao longo dos anos.

Segundo dados da Associação Brasileira de Kitesurf (ABK), são 374 instrutores e 1.634 velejadores certificados pela instituição no país. Um dos empreendimentos que possuem instrutores licenciados pela ABK é o WEDOKITE. Idealizado pela publicitária e empreendedora digital Raissa Belchior e pelo servidor público e investidor Pedro Maia Neto, o projeto nasceu em meio à pandemia e busca oferecer aulas e experiências de kitesurf para todo mundo que tem interesse na prática e na conexão com a natureza.

“Diferente do surf, é um esporte fácil de aprender. Em nossa rede de contatos, temos crianças, jovens e pessoas maduras que estão trilhando o desenvolvimento no esporte”, relata Raissa Belchior.

Mas mais do que uma prática esportiva, o kitesurf é um estilo de vida. Foi a partir dessa constatação e da necessidade de oferecer experiências completas de viagens, juntamente com aulas da modalidade, é que surgiu a parceria entre o WEDOKITE e a MaxMilhas, travel tech que oferece descontos e opções inteligentes em passagens aéreas, hotéis e pacotes de viagem.

Clique Para Download
Foto: Caio Florentino

Recentemente, as duas empresas criaram pacotes de viagens especialmente voltados para quem deseja aprender o esporte. “Com o apoio da MaxMilhas, é possível ofertar um pacote único que contemple aulas de kitesurf com professores credenciados, hospedagem, translado e aéreo. Com isso, esperamos impactar a vida de novas pessoas para se engajarem com a modalidade, garantindo uma experiência classe A”, destaca Raissa Belchior. Além disso, os pacotes abarcam uma mudança de hábito observada ao longo da pandemia da Covid-19. De acordo com uma pesquisa realizada pela MaxMilhas junto ao Instituto Opinion Box no segundo semestre de 2021, 51% dos viajantes preferem lugares mais isolados e fora das rotas tradicionais para viajar. Antes do surto da doença, eram apenas 28%. “Os destinos de natureza estão despontando como uma tendência que veio para ficar entre os viajantes. Muitos deles buscam nesses locais a oportunidade de se conectar com o meio ambiente e experimentar novas práticas dentro da própria viagem”, destaca a coordenadora de pacotes da MaxMilhas, Ana Cruz.

ONDE PRATICAR KITESURF: Conforme a idealizadora do WEDOKITE, para manusear o kite, ou pipa, é necessário que as condições climáticas sejam favoráveis, sendo a principal delas a força do vento. Dessa forma, o kitesurf acaba sendo um esporte itinerante, pois cada local tem uma temporada ideal.

Um dos lugares mais propícios e procurados para kitesurf no Brasil é Atins, nos Lençóis Maranhenses (MA). O vilarejo é repleto de dunas, lagoas de água doce e belezas naturais, que compõem uma atmosfera tranquila, ideal para quem deseja descansar (ou praticar kitesurf). No pacote disponível na plataforma da MaxMilhas, o transfer leva os viajantes do aeroporto de São Luís até a cidade de Barreirinhas. São aproximadamente 4h de carro ou van. Depois, os turistas vão de barco à Atins, passando por diversos pontos turísticos.

Outro local indicado para praticar o esporte é Flecheiras, no Ceará, uma simpática vila pesqueira, localizada entre Fortaleza e Jericoacoara. Além do bom tempo para kitesurf, os viajantes podem aproveitar belas paisagens, entre elas, as piscinas naturais e o marcante pôr do sol.

“Vale ressaltar que ambos os locais são de difícil acesso. Por isso, ter alguém para ajudar com a experiência do início ao fim é o ideal”, recomenda Ana Cruz. Os pacotes, por exemplo, auxiliam os alunos e atletas a se planejarem melhor. Com o serviço oferecido pela MaxMilhas e WEDOKITE, é possível ter acesso a sete diárias em acomodação premium ou standard, passagem aérea de ida e volta da cidade de origem, 10 horas de curso de kitesurf com equipamentos e transporte inclusos, além de passeios pelas regiões, fotos e vídeos da experiência, dependendo do pacote contratado, e muito mais.

“O kitesurf, para nós, é uma busca constante pela evolução e desafios pessoais, 100% conectado à natureza e um descanso pra alma”, finaliza Raissa Belchior.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.