Segmentos LGBT e náutico geram negócios de R$ 20 milhões no Salão do Turismo

O Salão do Turismo está se consolidando como um importante ambiente para a compra e venda de produtos turísticos. Somente nos dois primeiros dias do evento, a Rodada de Negócios, promovida pelo Ministério do Turismo e Sebrae, gerou expectativas de negócios de R$ 20 milhões para os próximos 12 meses.

Os segmentos colocados na prateleira, na tarde de quinta-feira (14), foram o LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) e o turismo náutico. Para negociar destinos LGBT, sentaram-se à mesa representantes de 12 estados e nove operadoras, que devem fechar contratos estimados em R$ 13 milhões. No setor de cruzeiros marítimos, as negociação entre 15 comissões estaduais e quatro operadoras geraram expectativas futuras de R$ 7 milhões.

“Este ano estamos trabalhando com estados e não com roteiros. As negociações são entre os empresários e as comissões estaduais, integradas pelas secretarias de turismo e o Sebrae ”, explica a coordenadora de Segmentação do Ministério do Turismo, Sáskia Lima. Segundo ela, esse formato estimula o envolvimento dos governos e induz os estados a estruturarem e criarem novos roteiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.