Novo Plano Diretor ajudará Natal a gerar empregos pós-pandemia, diz Aldo Clemente

Presidente da Comissão de Planejamento Urbano, Meio Ambiente e Habitação da Câmara Municipal de Natal, o vereador Aldo Clemente (PDT) defende a prioridade, por parte da Câmara Municipal, das discussões em torno do Plano Diretor de Natal. Na opinião do vereador, a atualização do projeto irá ajudar, no período pós-pandemia, na retomada dos empregos em vários setores, principalmente na construção civil, que funciona como uma espécie de termômetro da economia brasileira.

“Esse assunto do Plano Diretor, se ele não for tratado agora, haverá um grande desemprego no período pós-pandemia no Brasil, em Natal, no Rio Grande do Norte. Esse plano precisa estar pronto para ajudar Natal, contribuir com as pessoas e a economia na retomada econômica, essa é a verdade”, disse o vereador em entrevista ao Repórter 98, da rádio 98 FM nesta terça-feira (02).

A comissão presidida por Aldo Clemente terá como principal objetivo nessa Legislatura a atualização do Plano Diretor da capital potiguar, que deve chegar ao Legislativo no mês de março. Aldo espera que, a partir de então, o projeto se torne “um livro de cabeceira para todos os vereadores”.

Ainda na entrevista, o vereador revelou sua expectativa de que a aprovação da matéria no plenário da Câmara aconteça até o final do ano. Aldo disse que vê nos demais vereadores a consciência da importância do projeto e da necessidade de atualização do Plano.

O parlamentar fez questão de enfatizar ainda que o debate no Legislativo será democrático, dando espaço para os diferentes setores da sociedade opinarem e proporem sugestões. Além disso, garantiu que o novo Plano Diretor manterá a preocupação com a preservação do meio ambiente.

A legislação atual determina que o Plano Diretor seja atualizado no prazo de quatro anos ou, no máximo, em uma década. O de Natal, no entanto, já está há quase 14 anos desatualizado.

O Plano Diretor é um importante instrumento que tem como finalidade, entre outros aspectos, promover o bem estar da população, preservando o meio ambiente, assegurando qualidade de vida e garantindo o desenvolvimento urbano sustentável para a cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.