Emirates é a primeira companhia aérea do mundo a operar voo de demonstração com combustível de aviação 100% sustentável em aeronave A380

Emirates é a primeira companhia aérea do mundo a operar voo de demonstração com combustível de aviação 100% sustentável em aeronave A380
 

  • O SAF drop-in foi usado pela primeira vez em uma aeronave A380 com total compatibilidade com os sistemas atuais da aeronave.
  • A colaboração entre setores reúne conhecimento da Airbus, Engine Alliance, Pratt & Whitney, ENOC, Neste e Virent.
  • O voo histórico utilizou SAF 100% em um dos quatro motores para testar o desempenho.

 A Emirates tornou-se a primeira companhia aérea do mundo a operar um voo de demonstração com a aeronave A380 utilizando combustível de aviação 100% sustentável (SAF 100%). O voo de hoje, orgulhosamente comandado pelo Capitão Khalid Binsultan e Capitão Philippe Lombet, decolou do aeroporto internacional de Dubai (DXB) com um dos quatro motores movidos a SAF 100%, mostrando seu potencial como substituto sem alteração nos sistemas atuais, que atende às necessidades técnicas e químicas de um combustível para a aviação, representando uma alternativa mais sustentável. O SAF pode reduzir as emissões de carbono em até 85%* ao longo do ciclo de vida do combustível quando comparado ao combustível de aviação convencional.

Voos de demonstração como este realizado hoje abrem caminho para a futura padronização, qualificação e adoção de voos com SAF 100%, enquanto os governos adotam estratégias mais amplas para apoiar a produção e expansão de SAF. O voo de demonstração do A380 destaca o desempenho e a compatibilidade do SAF, tornando-o uma fonte de combustível segura e confiável, e contribui para o crescente número de pesquisas realizadas pelo setor para avaliar os efeitos benéficos do SAF 100% no desempenho das aeronaves. Atualmente, o SAF só pode ser usado com um limite de mistura de 50% em motores para voos comerciais.

O voo de demonstração com a aeronave A380 da Emirates ocorre no momento em que a indústria da aviação, organizações internacionais, órgãos reguladores e formuladores de políticas se reúnem em Dubai para a 3ª Conferência da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) sobre Aviação e Combustíveis Alternativos (CAAF/3). Colaboradores da Airbus, Engine Alliance, Pratt & Whitney, Neste, Virent e ENOC trabalharam em testes, avaliações técnicas e análises de dados para o voo de hoje.

O SAF 100% drop-in utilizado no voo de hoje inclui aromáticos renováveis e apresenta características muito semelhantes aos do combustível de aviação convencional. Esta é a primeira vez que o SAF drop-in é usado em uma aeronave A380, com a expectativa de compatibilidade total com os sistemas atuais da aeronave. O voo transportou quatro toneladas de SAF, composto por HEFA-SPK fornecido pela Neste (querosene parafínico sintético de ésteres e ácidos graxos hidroprocessados) e HDO-SAK da Virent (querosene aromático sintético hidrodesoxigenado). A ENOC ajudou a garantir o SAF limpo composto por HEFA-SPK e misturou-o com querosene de aviação sustentável (SAK) nas suas instalações no aeroporto internacional de Dubai antes da demonstração, e também realizou serviços de abastecimento da aeronave.

O SAF 100% foi usado em um motor GP7200 da Engine Alliance, enquanto combustível de aviação convencional foi usado nos outros três motores. A unidade de energia auxiliar (APU) PW980 da Pratt & Whitney Canadá também operou com SAF 100%.

Na semana passada, foram realizados testes com um motor GP7200 da Engine Alliance para aeronave A380 usando SAF 100%, com o objetivo de validar a capacidade do motor de funcionar com a mistura especial de SAF 100% drop-in sem afetar seu desempenho nem exigir modificações. Os testes de motores em terra foram realizados no moderno Centro de Engenharia da Emirates, em Dubai.

Adel Al Redha, diretor de operações da Emirates Airline, disse: “A Emirates é a primeira companhia aérea de passageiros do mundo a operar uma aeronave A380 com SAF 100% drop-in em um dos quatro motores GP7200 da Engine Alliance. Este é mais um momento de orgulho para a Emirates e os nossos parceiros, em que colocamos em prática a investigação e o teste de concentrações mais elevadas de SAF para avançar no processo de adoção de voos com SAF 100% pela indústria. Este é mais um passo significativo na validação do uso de SAF em um dos motores da aeronave A380 de fuselagem larga equipada com quatro motores. A crescente procura global por alternativas de combustível de aviação com baixas emissões é uma realidade, e o trabalho dos produtores e fornecedores para comercializar e disponibilizar o SAF será fundamental nos próximos anos para ajudar a Emirates e todo o setor a avançar no plano de redução das emissões de carbono.”

Julie Kitcher, vice-presidente executiva de comunicações e assuntos corporativos da Airbus, disse: “Ver a Emirates realizar um voo com o A380, a maior aeronave comercial do mundo, com um motor movido por combustível de aviação 100% sustentável, é um momento simbólico. Estes combustíveis são hoje a forma mais eficaz de lidar com as emissões de CO2 na indústria da aviação e estão recebendo apoio cada vez maior das principais companhias aéreas do mundo. O SAF é essencial para cumprir com a meta do setor de atingir zero emissão líquida até 2050, mas precisa do apoio de todo o setor. Na Airbus, estamos trabalhando para tornar todas as nossas aeronaves 100% capazes de operar com SAF até 2030. Também trabalhamos com parceiros para aumentar o mercado global de SAF nos próximos anos. O propósito da Airbus como empresa é ser pioneira no setor aeroespacial sustentável e promover um mundo seguro e unido. A nossa parceria com a Emirates combina ambição com ação.”

“A Engine Alliance e a Emirates têm um relacionamento forte há 15 anos, desde o início das operações da aeronave A380. Estamos orgulhosos com a nossa participação no mais recente voo de demonstração de SAF da Emirates e compartilhamos do compromisso de promover o setor de aviação mais sustentável no futuro”, disse Amy Johnston, presidente da Engine Alliance, empresa da GE Aerospace e Pratt & Whitney.

“Inovação e colaboração são vitais para atingir zero emissão líquida de carbono até 2050, como mostra este voo de demonstração com SAF 100%. A GE Aerospace parabeniza a Emirates por esta grande conquista e estamos orgulhosos de participar do trabalho realizado pelo setor para promover um futuro mais sustentável”, disse Aziz Koleilat, vice-presidente de vendas e marketing globais para o Oriente Médio, Europa Oriental e Turquia da GE Aerospace. “Todos os motores GE Aerospace e Engine Alliance podem operar hoje com misturas de SAF aprovadas e, por com muitas pesquisas e testes, a GE Aerospace está ajudando a liderar a aprovação e adoção de SAF 100% na indústria da aviação.”

“É fundamental aumentar o uso de SAF para atingir a meta de zero emissão líquida de carbono da aviação, e estamos empenhados para garantir que todos os motores e APUs da Pratt & Whitney sejam compatíveis com as especificações de SAF atuais e futuras, até 100%,” disse Graham Webb, diretor de sustentabilidade da Pratt & Whitney. “Esta demonstração de voo usando uma aeronave A380 da Emirates motiva o estabelecimento de padrões futuros para o SAF 100%, que vai ajudar a maximizar a potencial redução das emissões do ciclo de vida de todas as aeronaves comerciais que forem utilizadas nas próximas décadas.”

“O combustível de aviação sustentável desempenha um papel crucial na redução das emissões das viagens aéreas, mas para aproveitar totalmente o seu potencial de descarbonização, precisamos permitir o uso de SAF 100%. Voos de teste como este com a aeronave A380 da Emirates operando com SAF da Neste são um passo importante para a certificação do SAF 100%. Aplaudimos a Emirates pelo seu trabalho que ajuda a preparar o caminho que devemos seguir. A Neste está trabalhando com a colaboração de parceiros para acelerar a disponibilidade e uso de SAF e esperamos aumentar o fornecimento de SAF também para Dubai”, disse Jonathan Wood, vice-presidente de gestão comercial e desenvolvimento de negócios da unidade de aviação renovável da Neste.

“A Virent parabeniza a Emirates Airline por mais esse voo de demonstração bem-sucedido usando combustível de aviação 100% sustentável com SAK BioForm® de queima mais limpa da Virent”, disse Dave Kettner, presidente e conselheiro geral da Virent. “Com a tecnologia de combustíveis baseado em plantas da Virent, este voo de teste mostrou que o combustível 100% renovável pode atender às especificações atuais e funcionar perfeitamente nos motores das companhias aéreas comerciais atuais. É fundamental que o consórcio de empresas, como este grupo, se reúna para promover o uso do combustível de aviação sustentável. A Virent continuará colaborando com empresas focadas no futuro e, com isso, poderemos continuar reduzindo as emissões e ajudando a aumentar a eficiência de combustível da indústria da aviação.”

Sua Excelência Saif Humaid al Falasi, CEO do Grupo ENOC, disse: “Na ENOC, reconhecemos a importância de trabalhar com a colaboração de parceiros estratégicos e especialistas do setor para promover um futuro mais sustentável a todos. Estamos satisfeitos por termos contribuído com este primeiro voo de demonstração de combustível de aviação 100% sustentável da Emirates em uma aeronave A380 da Airbus, o que nos aproxima da descarbonização do setor da aviação dos Emirados Árabes Unidos, transformando-o em um hub regional para combustíveis de aviação de baixa emissão de carbono. Continuamos empenhados em apoiar o trabalho no setor da aviação dos Emirados Árabes Unidos para garantir um crescimento sustentável contínuo.”

No início deste ano, a Emirates concluiu com sucesso o primeiro voo de demonstração com SAF 100% na região usando um Boeing 777-300ER com motor GE90.

No mês passado, os primeiros voos da Emirates operados com SAF fornecido pela Shell Aviation decolaram do aeroporto internacional de Dubai (DXB). A Shell forneceu 315 mil galões de SAF misturado para uso no hub da companhia aérea em Dubai.

A companhia aérea recentemente expandiu sua parceria com a Neste para o fornecimento de mais de 3 milhões de galões de SAF misturado em 2024 e 2025 para voos que partem dos aeroportos de Schiphol em Amsterdã e Changi em Singapura.

A Emirates atualmente utiliza SAF na Noruega e França e continua buscando oportunidades de uso de SAF em diferentes aeroportos enquanto aumenta a disponibilidade de SAF.

A Emirates participa de uma série de grupos de trabalho do setor e do governo dos Emirados Árabes Unidos, e mantém compromissos contínuos com grupos de interesse para ajudar a expandir a produção e o fornecimento de SAF. No ano passado, com a GCAA (Autoridade de Aviação Civil dos Emirados Árabes Unidos), a companhia aérea contribuiu para o desenvolvimento do roteiro de combustíveis power-to-liquid (PtL) dos Emirados Árabes Unidos, com o apoio do Ministério de Energia e Infraestrutura dos Emirados Árabes Unidos e do Fórum Econômico Mundial, e tem mantido participação ativa no Roteiro Nacional de Combustível de Aviação Sustentável dos Emirados Árabes Unidos lançado em janeiro de 2023 pelo Ministério de Energia e Infraestrutura e pela GCAA.

*Cálculo com base em metodologias estabelecidas de avaliação do ciclo de vida (ACV), como a metodologia CORSIA.

Confira um trecho do comunicado em vídeo do voo de demonstração de SAF 100% em aeronave A380 da Emirates:
 


Para assistir ao vídeo completo do voo de demonstração de SAF 100% em aeronave A380 da Emirates, acesse o link.

Marcações de tempo do vídeo:

· 0:00-0:11 – Aeronave A380 da Emirates do voo de demonstração.
 

· 0:12-0:27 – Tanque de combustível SAF aproxima-se da aeronave A380 da Emirates.
 

· 0:28-1:12 – A aeronave A380 da Emirates é abastecida com SAF.
 

· 1:13-1:33 – Os pilotos chegam para o voo de demonstração e realizam as verificações e inspeções pré-voo.
 

· 1:34-2:13 – A aeronave A380 se prepara para o voo de demonstração.
 

· 2:14-2:32 – Decolagem do voo de demonstração da aeronave A380 no DXB.
 

· 2:33-2:37 – Grupo de representantes da Emirates e parceiros. Da esquerda para a direita: Khalil Al Maati da Pratt & Whitney; Zeina Chakhtoura, gerente sênior de suporte ao cliente da GE Aerospace; Edgar Steenwinkel, vice-presidente sênior de tecnologia da Virent; Klaas Pel, chefe global de regulamentação da aviação da Neste; Farid Bastaki, diretor da ENOC Aviation; Mikail Houari, presidente da Airbus para África e Oriente Médio; Adel Al Redha, diretor de operações da Emirates Airline; Aziz Koleilat, vice-presidente de vendas e marketing globais para o Oriente Médio, Europa Oriental e Turquia da GE Aerospace; Ahmed Safa, vice-presidente sênior da divisão de engenharia da Emirates; Alexandre Jay, engenheiro-chefe da aeronave A380 da Airbus.

· 2:38-3:22 – Mikail Houari, presidente da Airbus para África e Oriente Médio.

· 3:23-4:11 – Zeina Chakhtoura, gerente sênior de suporte ao cliente da GE Aerospace.

· 4:12-4:56 – Farid Bastaki, diretor da ENOC Aviation.

· 4:57-5:26 – Edgar Steenwinkel, vice-presidente sênior de tecnologia da Virent.

·5:27-5:54 – diretor de operações da Emirates Airline.

· 5:55-6:27 – Klaas Pel, chefe global de regulamentação da aviação da Neste.

SOBRE A EMIRATES

A partir de seu hub global em Dubai, a Emirates atende a clientes em seis continentes, fornecendo serviços de transporte aéreo de alta qualidade que facilitam o turismo e o comércio. A companhia aérea conquistou o reconhecimento do cliente com seus serviços líderes do setor em terra e no céu, fornecidos por funcionários apaixonados que representam mais de 160 países. A Emirates opera a maior frota do mundo de aeronaves Boeing 777 e Airbus A380 de fuselagem larga, oferecendo cabines espaçosas e recursos icônicos a bordo, como o A380 Shower Spa e o Onboard Lounge, e seu sistema de entretenimento a bordo ice, premiado por 14 anos consecutivos como o “melhor no céu”, está disponível em todos os assentos da sua frota. A Emirates está comprometida com operações ambientalmente responsáveis e se concentra em três áreas: redução de emissões, consumo responsável e proteção da vida selvagem e dos habitats.

Para mais informações sobre a Emirates, clique aqui.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar varios serviços no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!