Demanda por frete rodoviário recua quase 30% em abril, aponta levantamento da Repom

Agronegócio se destaca como o setor que mantém a estabilidade mesmo na crise da pandemia, com avanço de 10% em comparação a março

Repom, marca da EdenreBrasil, líder em soluções de gestão e pagamento de despesas para frota própria e terceirizada, realizou um levantamento sobre a evolução do frete rodoviário com base em mais de 500 mil operações que gerenciou no País entre 1º de março e 25 de abril. O mapeamento, inédito, da marca revelou o comportamento da movimentação de cargas semana a semana em diferentes setores de atividade, que com exceção do agronegócio, chegou a registrar uma queda de 28,8% no início deste mês, quando comparado ao comportamento da primeira semana de março.

As análises mostram um recuo de 17,5% em todos os setores de atividade em abril, na comparação com o mesmo período do mês anterior. Os setores mais impactados pelas medidas de isolamento social são aqueles de transportes de grande magnitude, como o da construção civil e insumos de matéria-prima como papel e celulose.

Thomas Gautier, Head de Mercado Rodoviário da Divisão de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil (Divulgação)“Com a continuidade da quarentena, prevemos um cenário de queda para todas as atividades nas próximas semanas, com exceção do agronegócio, que segue em alta e não deve sofrer o mesmo impacto de outros setores, especialmente pelo momento da safra da soja”, comenta o Head de Mercado Rodoviário da Edenred Brasil, Thomas Gautier.

No recorte semanal da variação da demanda por frete em diferentes setores de atividade, na comparação com a primeira semana de março, as análises apontam que o número de operações cresceu 2,4% entre os dias 15 e 21; já na semana seguinte, recuou 20,8% (de 22 a 28 de março), momento que marcou o início das medidas de isolamento no País. O mês abril também começou com baixa de 15,4% (de 29 de março a 4 de abril); e chegou ao pico de baixa de 28,8% na segunda semana (de 5 a 11 de abril), seguidos por recuos de 11,2% (de 12 a 18 de abril) e 17,8% (de 19 a 25 de abril).

Na comparação com o ano passado, o levantamento também indica reflexos da pandemia nas operações de transporte de carga. Quando as operações são comparadas com as do mesmo período de 2019 (01/03 a 25/04), apresentam alta de 10,7% na demanda dos pedidos de frete ligados a diversas atividades econômicas, que poderia ser ainda maior, se não fosse o contexto atual, que impactou o cenário de retomada da economia brasileira, especialmente pelo bom momento de setores como o da construção civil, enquanto o agronegócio registrou 9,6% de crescimento.

O mapeamento realizado pela Repom também destaca outros recortes das operações de frete nos últimos dias, entre eles o comportamento no feriado de Páscoa e do escoamento de cargas para regiões portuárias. Quando analisado uma semana anterior, como também os dias da semana que antecederam o último feriado de Páscoa, as operações de frete apresentaram um recuo de 6,7%, quando comparado com o mesmo período de 2019. O que demonstra um eventual reflexo da redução da movimentação de cargas relacionadas a atividades do varejo.

Já considerando as operações de fretes para regiões portuárias, as transações de todos os setores de atividade, entre eles o agronegócio, cresceram 4% em abril em relação ao mesmo período de março. Já no comparativo do período de atual, com o ano de 2019, houve crescimento de 22,3%.

Só na região de Miritituba, no Pará, que se consolida como um importante polo para o escoamento dos grãos para a exportação, o crescimento foi de 41%, quando comparada as operações entre 1º de março e 25 de abril deste ano, com o mesmo período de 2019. Enquanto isso, outras cidades portuárias cresceram apenas 6%.

Soja aquece demanda por frete no agronegócio

O agronegócio se destaca com crescimento de 10,1% nas operações de frete, quando são comparados os dados de março, com os de abril, apesar do atual contexto de crise. As análises relacionam também o período do escoamento da soja, que ocorre em março, abril e maio, ao aquecimento da demanda pelo frete no setor.

“Ao analisar os mesmos períodos no comparativo com o ano anterior, percebemos que o frete para transporte de grãos de soja teve um crescimento de 9,6%. Essa curva ascendente justifica-se porque abril é o pico do escoamento da safra da soja, que impacta de forma especial as operações do setor até o final de abril. E, a partir de maio, o mercado já começa a se preparar para a safra do milho que acontece entre julho e agosto”, explica Gautier.

No recorte semanal da variação da demanda por frete no setor, na comparação com a primeira semana de março, as análises apontam que, entre os dias 15 e 21, o número de operações cresceu 13,5%; registrando alta de 6,5% na semana seguinte. O mês abril começou com alta de 14% (de 29 de março a 4 de abril); e seguiu assim com avanços de 6% (de 5 a 11 de abril), 23,8% (de 12 a 18 de abril), e 16,2% (de 19 a 25 de abril), que mostram fortes picos nas últimas semanas.

Atuando como LogFintech na intermediação de mais de 25 milhões de transações por ano, com mais de 1 milhão de caminhoneiros utilizando suas soluções, a marca disponibiliza ao mercado rodoviário um leque completo de soluções logísticas e financeiras com alta tecnologia, que suprem as necessidades e ineficiências da cadeia logística de ponta a ponta, ou seja, da pré à pós-viagem. Com uma expertise de mais de 25 anos, a Repom conta com um forte DNA financeiro e de inovação por meio de suas plataformas, usando metodologia ágil, para que seus públicos atinjam altos níveis de eficiência nas operações.

Sobre a Repom

A Repom compõe a divisão de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, juntamente com Ticket Log e Edenred Soluções Pré-Pagas. A marca, que conta com 26 anos de experiência no mercado rodoviário, reúne um portfólio completo de soluções para toda a cadeia logística com foco em frota pesada, seja ela própria ou terceirizada, resultando em ganho de tempo para a indústria, o transportador e o caminhoneiro. Suas soluções incluem gestão e meios de pagamento de despesas de transporte rodoviário de cargas.A cada ano, são realizadas mais de 25 milhões de transações. Todos os dias, a marca se relaciona com mais de 2.000 empresas-clientes, 2,2 milhões de comerciantes da rede Mastercard e 19.000 postos credenciados pela Repom, que atendem mais de 600 mil caminhoneiros.A marca também conta com o Clube de Benefícios, que tem como propósito ser o companheiro dos caminhoneiros na estrada, os conectando a produtos e serviços para sua vida e trabalho. O Clube foca em cinco pilares prioritários: bem-estar e saúde, educação, finanças, negócios e lazer. Um exemplo de iniciativa é o Clube da Estrada Repom, que oferece comodidade, conforto e informações aos motoristas em postos de combustíveis instalados nas principais rodovias do País. São 18 unidades em operação, que já receberam mais de 290 mil visitas. O companheirismo também está presente na jornada dos caminhoneiros pelos meios digitais, como no Aplicativo Repom e na página do Clube da Estrada no Facebook.

Saiba mais
Site: http://www1.repom.com.br/
Facebook Repom: http://www.facebook.com/repom.oficial
Facebook Clube da Estrada: http://www.facebook.com/clubedaestrada/
Youtube: http://www.youtube.com/channel/UC0_lMCHln6cClw4wJoUCwUw
LinkedIn: http://www.linkedin.com/company/repomsa/

Sobre a Edenred

We connect, you win. A Edenred é uma marca global, que há 50 anos faz a diferença na vida das pessoas ao criar uma rede única e positiva entre empresas, comerciantes e empregados. Francesa, é líder mundial em soluções transacionais para estes públicos e administrou cerca de € 28,1 bilhões em transações, das quais 80% foram feitas via cartões, dispositivos móveis ou internet, em 2018. A Edenred está presente em 47 países e conta com uma rede 8.500 colaboradores focados na constante inovação e satisfação dos clientes.No Brasil, a oferta de produtos Edenred é baseada em três linhas de negócio: Benefícios ao Trabalhador (Ticket); Frota e Soluções de Mobilidade (Ticket Log, Repom e Edenred Soluções Pré-Pagas); e Soluções Complementares (Accentiv’). São mais de 130 mil empresas-clientes, 7 milhões de empregados beneficiados e 330 mil comerciantes credenciados.Em 2018, figurou na lista, com destaque, de As 100+ Inovadoras no Uso de TI, da IT Mídia na categoria Serviços, pelo terceiro ano consecutivo; além de ser um dos destaques em Serviços Financeiros no ranking Valor Inovação, promovido pelo jornal Valor Econômico. Também foi destaque no Prêmio Maturidade Digital, na categoria Meios de Pagamentos, promovido pelo jornal Valor Econômico e pela consultoria McKinsey & Company e vencedora do Prêmio Excelência e Inovação em PR – Troféu Jatobá 2018, na categoria Projetos Especiais, com o case “Serviço de Utilidade Pública”.

Saiba mais
Site: www.edenred.com.br
LinkedIn: www.linkedin.com/company/22311673/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.