Demanda por carga aérea cresce 3,8% em outubro

Demanda por carga aérea cresce 3,8% em outubro


– A Associação do Transporte Aéreo Internacional (IATA) divulgou os resultados dos mercados globais de transporte aéreo de carga de outubro de 2023, que foi o terceiro mês consecutivo de demanda mais forte em relação ao ano anterior.
 

A demanda global, medida em toneladas de carga por quilômetro (CTKs*), aumentou 3,8% em relação aos níveis de outubro de 2022. Nas operações internacionais, o aumento da demanda foi de 3,5%.
 

A capacidade, medida em toneladas de carga disponível por quilômetro (ACTKs), aumentou 13,1% em relação a outubro de 2022 (11,1% nas operações internacionais). Essa melhoria está relacionada ao aumento da capacidade de carga em voos de passageiros. A capacidade internacional aumentou 30,5% em relação ao ano anterior, impulsionada pelo fortalecimento dos mercados de passageiros.
 

Vários fatores no ambiente operacional devem ser destacados:

  • As atividades econômicas desaceleraram em outubro. Os índices PMI de manufatura e PMI de novos pedidos de exportação das principais economias (excluindo os Estados Unidos) ficaram abaixo da marca crítica de 50, indicando desafios econômicos no futuro.
  • A inflação nas principais economias avançadas continuou diminuindo desde o seu pico no que diz respeito ao Índice de Preços no Consumidor (IPC), atingindo em outubro entre 3% e 4% nos Estados Unidos e na União Europeia, respectivamente. O IPC da China, no entanto, indicou deflação pela segunda vez neste ano, gerando preocupações de uma desaceleração econômica.
  • O comércio global inverteu a sua trajetória descendente e estabilizou em setembro. Embora abaixo do seu pico de 2022, o comércio internacional global está mais de 5% acima dos níveis pré-pandemia.
  • Após o declínio contínuo de 17 meses, os rendimentos de carga aumentaram em setembro e continuaram em outubro com um ganho mensal de 2,6%, permanecendo bem acima dos níveis pré-pandemia.

“A demanda por carga aérea cresceu 3,8% em outubro. São três meses consecutivos de crescimento em relação ao ano passado, colocando a carga aérea no rumo certo na reta final de 2023, numa posição muito mais forte do que no início do ano. A recuperação da demanda, os rendimentos ligeiramente mais fortes e o aumento do comércio são boas notícias. Mas com a demanda ainda 2,4% abaixo dos níveis pré-pandemia, e as incertezas sobre a trajetória da economia global, o otimismo deve ser acompanhado com cautela. No entanto, uma forte temporada no final do ano certamente ajudará o setor a gerenciar as mudanças que a economia global possa ter em 2024”, disse Willie Walsh, diretor geral da IATA.

 Mercados globais de transporte aéreo de carga – outubro de 2023


Desempenho por região em outubro de 2023


As companhias aéreas da região Ásia-Pacífico relataram aumento de 7,6% nos volumes de carga aérea em outubro de 2023 em comparação com o mesmo mês de 2022. Este desempenho foi próximo do mês anterior (+7,7%). As transportadoras da região se beneficiaram do crescimento contínuo de CTKs internacionais em três principais rotas comerciais: África-Ásia (+16,7%, o maior crescimento anual desde maio), Oriente Médio-Ásia (+10,3%) e Europa-Ásia (+8,5%). A capacidade disponível para as companhias aéreas da região aumentou 30,0% em relação a outubro de 2022 com a disponibilização da capacidade de carga em voos de passageiros (há um ano, os principais mercados da Ásia – Japão e China – ainda estavam com severas restrições de viagem devido à COVID-19).

As transportadoras da América do Norte apresentaram o pior desempenho de outubro, com queda de 1,8% nos volumes de carga em relação ao mesmo período do ano anterior. Este resultado foi uma pequena melhoria no desempenho em relação a setembro (-2,2%). Embora a rota comercial entre América do Norte e Ásia tenha registrado aumento nos CTK internacionais (de -1,8% em setembro para -0,9% em outubro) e o mercado América do Norte-Europa tenha registrado uma pequena melhoria nos CTKs internacionais (de -2,7% em setembro para -2,1% em outubro), não houve muitos benefícios para as transportadoras da região. A capacidade aumentou 2,4% em relação a outubro de 2022.
 

As transportadoras da Europa registraram aumento de 1,0% nos volumes de carga aérea em outubro em relação ao mesmo mês de 2022. Este desempenho foi melhor do que aquele registrado em setembro (-1,5%). As transportadoras da região se beneficiaram do primeiro aumento de CTKs internacionais no mercado europeu desde janeiro de 2022 (-4,2% em setembro versus +3,4% em outubro). Os ganhos obtidos com a expansão da rota comercial Oriente Médio-Europa (+17,1% em outubro) também beneficiaram as transportadoras da região. A capacidade aumentou 7,0% em outubro de 2023 em comparação com outubro de 2022.
 

As transportadoras do Oriente Médio apresentaram o melhor desempenho em outubro de 2023, com aumento anual de 10,9% nos volumes de carga. Este resultado representou uma melhoria significativa em relação ao desempenho do mês anterior (+2,5%). As transportadoras da região se beneficiaram do crescimento nos mercados Oriente Médio-Ásia (+10,3%) e Oriente Médio-Europa (+17,1%). A capacidade aumentou 15% em relação a outubro de 2022.
 

As transportadoras da América Latina registraram aumento de 4,0% nos volumes de carga em outubro de 2023 versus outubro de 2022, um aumento importante em comparação com o ganho do mês anterior (+2,3%). A capacidade em outubro aumentou 8,3% em relação ao mesmo mês de 2022.
 

As companhias aéreas da África apresentaram aumento de 2,9% nos volumes de carga em outubro de 2023, resultado muito melhor em comparação com o desempenho de setembro (-0,1%). O crescimento anual mais forte desde maio (+16,7%) beneficiou as transportadoras da região. A capacidade ficou 9,8% acima dos níveis de outubro de 2022.
 

Análise dos mercados de transporte aéreo de carga de outubro de 2023

  • *Em janeiro de 2020, alteramos alguns termos: “frete” mudou para “carga”, com alteração nas métricas FTK (agora CTK), AFTK (agora ACTK) e FLF (agora CLF), para mostrar que os dados consistem de carga (produtos e correspondências), e não somente produtos. As séries de dados não foram alteradas.
  • A Associação do Transporte Aéreo Internacional (IATA) representa cerca de 320 companhias aéreas, que correspondem a 83% do tráfego aéreo global.
  • Siga a IATA no Twitter e veja anúncios, posicionamentos e outras informações sobre o setor.
  • Significados dos termos de medição:
  • CTK: toneladas de carga por quilômetro, que mede o transporte de carga real.
  • ACTK: toneladas de carga disponível por quilômetro, que mede a capacidade de carga total disponível.
  • CLF: taxa de ocupação de carga, porcentagem do valor de ACTK utilizado.
  • Os dados estatísticos da IATA se referem ao transporte aéreo programado de carga doméstica e internacional das companhias aéreas associadas ou não associadas à IATA.
  • Participações no mercado de transporte de carga por região em termos de CTK: Ásia-Pacífico 32,4%, Europa 21,8%, América do Norte 28,1%, Oriente Médio 13,0%, América Latina 2,7% e África 2,0%.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar varios serviços no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!