Brazilian Gate adquire participação na maior rede de churrascarias da China

Investimento do grupo Latina nas novas casas
chegará a cinco milhões de dólares até 2015

O Brazilian Gate anuncia sua participação na Latina, a maior rede de churrascarias da China. Portal de entrada para a comercialização de produtos brasileiros no país, o BG adquiriu participação e passou a ser fornecedor preferencial desta empresa através de sua importadora Shanghai Trends no fornecimento de bebidas Premium – alcoólicas e não alcoólicas – assim como cafés gourmet.  Funcionando como um showroom para estes produtos, o Brazilian Gate ao mesmo tempo os testa frente ao consumidor final. Sua primeira loja foi inaugurada recentemente no coração de Xangai – http://www.youtube.com/watch?v=zsfgCLLZ-GQ  – justamente em cooperação com o grupo Latina. Novas lojas serão colocadas junto aos restaurantes a serem instalados em breve pela Latina em seu plano de expansão para todo o território chinês. 
O primeiro restaurante da cadeia de churrascarias Latina foi inaugurado em 1998 em Xangai e hoje já conta com mais seis restaurantes na cidade.  A Latina foi a precursora da onda de churrascarias na China há 16 anos e hoje tem dezenas de imitadoras pelo país. O Grupo Latina possui também uma rede de pizzarias e um restaurante italiano.  E o ano de 2013 marca o início de sua atuação fora de Xangai inaugurando unidades em Wuxi, Chengdu e Shenzhen. Para 2014 outras unidades estão programadas para Xangai, Quingdao ,Chengdu, Shenzhen e Beijing. Todas as operações citadas estão com contrato de locação firmados e em obras. As cidades têm população superior a 10 milhões de habitantes – Xangai possui 23 milhões, Beijing 19,6 milhões, Shenzhen 10 milhões e ChengDu 14 milhões –  com exceção de Wuxi com 6,4 milhões de habitantes, mas que ostenta um dos maiores PIB da China. 
A previsão de faturamento do grupo Latina para 2013 deve atingir 11 milhões de dólares. Nas novas casas o investimento deve chegar aos cinco milhões de dólares até 2015.

Sobre o Brazilian Gate
Portal de entrada para a comercialização de produtos brasileiros na China, o Brazilian Gate é um showroom localizado no Xintiandi, o bairro mais sofisticado de Xangai – a maior cidade chinesa. Atua como um privilegiado espaço de relacionamento comercial em formato ‘café-bar-lounge’ com produtos ‘Made in Brazil’ diretamente ao consumidor final, mostrando no dia-a-dia o potencial de negócios para futuros distribuidores chineses.
Desenvolvido pelos sócios Tânia Caleffi, Antônio João Freire, Thiago Madalozzo  – residentes na China – e Sérgio Madalozzo, o projeto Brazilian Gate é uma ferramenta que complementa a Shanghai Trends, empresa que busca e identifica parceiros comerciais brasileiros para atuar na China, a segunda maior potência econômica mundial.
Mais informações: www.braziliangate.net