Vindima é época de novas descobertas no Vale dos Vinhedos

Entre janeiro e março, região concentra atrações que só podem ser aproveitadas neste período do ano

A vindima é a época mais aguardada pelos vitivinicultores da Serra Gaúcha. Essa especial temporada, quando a uva madura perfuma toda a região, sinalizando que está pronta para ser colhida, também representa a estação mais prazerosa para quem visita lugares como o Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves.

O principal destino enoturístico brasileiro guarda, na mesma equivalência do posto que ocupa, programações que enriquecem a passagem daqueles que querem, além de fazer parte da vindima, entender o que significa a colheita da uva na região.

Há uma clara associação com a alegria nesse trabalho que ocorre entre janeiro e março. A vindima é o ápice de um ciclo que levou um ano de cuidado nas videiras para que elas, agora, entreguem a matéria-prima para a elaboração dos famosos rótulos do Vale dos Vinhedos – primeira região do país a ser reconhecida como Indicação Geográfica. A atividade, assim, representa grande relevância econômica para a região, e ainda reforça os laços históricos com a imigração italiana, responsável pela introdução da vitivinicultura na Serra a partir de fins do século 19.

Por isso, para quem visita o Vale durante a vindima tudo é diferente e repleto de experiências disponíveis somente nessa época do ano. Entre elas, estão, por exemplo, a própria colheita da uva. Várias das quase 30 vinícolas associadas à Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale) disponibilizam roteiros em meio aos vinhedos, a fim de que o visitante possa se sentir um verdadeiro produtor rural. E não apenas durante o dia. Alguns estabelecimentos promovem, inclusive, colheita noturna. Em adição às vinícolas, também há hotéis com programação temática.

Outra característica que os milhares de turistas podem encontrar no Vale é a famosa pisa de uvas. Geralmente numa mastela, uma espécie de grande recipiente de madeira, o visitante pisa sobre a uva para extrair o sumo do fruto, revivendo uma antiga tradição dos imigrantes para elaborar o vinho.

Muitos estabelecimentos oferecem atrações combinadas, como colheita com almoço ou jantar. Outras oferecem o “merendim”, um lanche com produtos coloniais. A música com grupos folclóricos também é uma atração em muito dos encontros, envolvendo os turistas numa imersão cultural.

As atrações preparadas pelos associados à Aprovale para a vindima podem ser encontradas no endereço aqui Como muitas das programações são realizadas sob agendamento e atualizadas constantemente, é prudente consultar os estabelecimentos para reservar sua participação. Além de concentrar dezenas de vinícolas familiares e algumas das principais do país, o lugar, reúne quase 60 estabelecimentos setoriais, entre pousadas, restaurantes, agroindústrias, parques, entre outros. Uma oportunidade extra para fazer da vindima uma época de novas descobertas.

Vale dos Vinhedos tem intensa programação na vindima. Crédito: Gilmar Gomes

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar varios serviços no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!