Uruguaios: vizinhos visitam cada vez mais o Brasil

País é o quarto maior emissor de turistas para o país
 A seleção brasileira enfrenta nesta quarta-feira, dia 26, em Belo Horizonte, uma das seleções mais tradicionais da América: o Uruguai. Quem ganhar a partida enfrenta na final o campeão da disputa entre Itália e Espanha, pela Copa das Confederações.
O Uruguai envia um número crescente de turistas ao Brasil. No ano passado, 253.864 turistas uruguaios vieram para cá, o que o coloca como o quarto  maior emissor de turistas para o país, de acordo com o MTur. Como boa parte dos turistas estrangeiros, o uruguaio visita, além de Florianópolis, a lazer, e São Paulo, a negócios, o Rio de Janeiro e as principais praias do Nordeste brasileiro.
Os uruguaios que desembarcarem no país por ocasião da Copa das Confederações têm outras atrações bem próximas ao estádio. Entre elas, destacam-se a Lagoa da Pampulha e seus arredores, como a Igrejinha, o Museu de Arte e a Praça da Liberdade, pontos turisticos de Belo Horizonte. Para comprar uma lembrança típica, vale uma visita ao Mercado Municipal e, a 60 km da capital, no município de Brumadinho, a cidade de Inhotim, um parque com obras de arte a céu aberto.
O Uruguai é admirado não só pelo futebol, mas também pela sua estrutura turística: são cassinos, praias e hotéis de luxo em Punta del este, um dos balneários mais famosos do mundo, e segurança, em um país geograficamente bem próximo ao nosso. O turismo representa 7% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, a segunda maior força econômica da economia, atrás apenas do agronegócio. 
Nos últimos anos, o Uruguai se tornou um dos destinos preferidos dos brasileiros. O número de brasileiros no Uruguai cresceu 13% entre 2010 e 2011, quase o dobro da alta registrada pela Argentina, que foi de 7%, de acordo com o Ministério de Turismo (MTur). Os brasileiros já viajam mais para o Uruguai que para a França.

Brasil e Uruguai mantêm boas relações diplomáticas. Em 2010, representantes dos países assinaram acordos de cooperação em áreas como defesa, ciência, tecnologia, energia, transporte fluvial e pesca. Mais recentemente, a presidente Dilma Rousseff ressaltou que o Brasil vê com prioridade os investimentos em infraestrutura, especialmente na finalização de uma rodovia que liga as cidades de Cacequi a Santana do Livramento, na fronteira Brasil-Uruguai.


Assessoria de Imprensa – Ministério do Turismo