Boa Viagem por Cristina Lira

Informativo digital do mundo do turismo

Notícias

Terminal de Passageiros do Porto de Natal foi tema da reunião entre Prefeitura e Codern


        Os acessos ao novo terminal de passageiros do Porto de Natal e o trânsito na área pautaram a reunião entre o prefeito Carlos Eduardo, secretários municipais e a diretoria da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern). Sensível às reivindicações, o chefe do executivo municipal designou uma equipe composta pelos secretários Elequicina dos Santos (Semob), Fernando Bezerril (Seturde), Rogério Mariz (Semopi) e um representante da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), para conhecerem de perto o projeto. O grupo visitará a área na próxima quarta-feira, 23, às 8h30.
        Na oportunidade, Carlos Eduardo disse que a Prefeitura reformará a praça do Pôr do sol, no Canto do Mangue, e o Mercado Modelo das Rocas. Há também a possibilidade de revitalizar a praça ao lado da Feira das Rocas, caso haja recursos. Outra preocupação do prefeito é em relação à Marina de Natal. O projeto está aprovado, faltando a regulamentação da Zona de Proteção Ambiental (ZPA-7), na qual a marina está inserida. Ele informou que toda embarcação que vem da Europa e da África passa pela costa do Rio Grande do Norte. Pediu prioridade para a regulamentação da ZPE: “A construção da marina é inadiável”.
        O gestor também anunciou para, no máximo, três meses a urbanização das praias centrais (Artistas, do Meio e do Forte), com a instalação de banheiros públicos e luminárias, por exemplo. Ele também demonstrou preocupação com o fechamento do antigo Hotel dos Reis Magos. “Quero o hotel funcionando”, observou.
Terminal de passageiros
         As benfeitorias nos acessos ao terminal de passageiros do Porto de Natal passam pela revitalização da rua Chile, avenida Hildebrando de Góis e Esplanada Silva Jardim. Conforme o diretor presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte, Pedro Terceiro de Melo, o terminal está com 50% das obras concluídas e a inauguração prevista para agosto de 2013. A execução da obra prevê orçamento de R$ 55 milhões. No local, será construído um quiosque para venda de artesanatos.
        Ainda de acordo com Terceiro de Melo, a Codern vai capacitar e empregar pessoas do bairro no complexo. Irá também construir uma nova sede para as associações de remo que serão deslocadas para as imediações do terminal pesqueiro, de comum acordo com os clubes e a Federação de Remo do Rio Grande do Norte. Outra ideia é a construção de um anfiteatro na Pedra do Rosário. O total da expansão do Porto de Natal será de 246 metros, sendo 30 metros no sentido norte e 220 metros para o sentido sul.
        Participaram, ainda, da reunião os secretários municipais Elequicina dos Santos (Mobilidade Urbana), Fernando Bezerril (Turismo e Desenvolvimento Econômico), Heverton Freitas (Comunicação Social) e Rogério Mariz (Obras Públicas e Infraestrutura), além dos diretores da Codern Hanna Safieh e Othon Militão Junior, entre outros convidados.
Boa Viagem por Cristina Lira