PRESIDENTE DA ABAV-RN VOLTA DE FAMTOUR A CUBA E RECOMENDA PARA NATALENSES O DESTINO





Um pool formado por 11 operadoras brasileiras está apostando em Cuba como novo destino de interesse do público no Brasil: Visual, AIT, Ancoradouro, JSC, Monark, Sanchat, Soft Travel, Marsans, BRT, Orinter e Intercontinental. O pacote oferecido por todas elas, de uma semana, é operacionalizado pela Club Vip e com voos semanais da companhia aérea Whitejet. Representantes das operadoras e agências de viagens convidadas participaram de um famtour por Varadero, Cayo Santa Maria e Havana que aconteceu de 14 a 22 de agosto.De Natal foram convidados Murillo Felinto da JSC. Ana Carolina Costa diretora da Sunline turismo e Presidente da ABAV RN e Michelle Silva diretora da Michelle Tour.
Os principais emissores para Cuba são Canadá, Grã-Bretanha, Itália, Espanha e França. Já o Brasil está longe dos demais. Em 2009 Cuba recebeu apenas 15.308 turistas brasileiros e a intenção agora é aumentar esse número. “Em Novembro partira de Natal um fretamento direto para CUBA Será uma nova proposta de pacote e algo novo, diferenciado. Uma oportunidade ímpar para que os Natalenses possam conhecer melhor Cuba. Apostamos nesse produto pela facilidade do fretamento”, explica Ana Carolina Costa , Presidente da ABAV RN.

Cuba desperta interesse pela curiosidade. “Existe um ar de mistério por ser uma cultura completamente diferente. Além disso, o país possui as águas azuis e a areia branca do Caribe. É um sonho para muitos”, e em breve as agências de turismo começarão as vendas que já despertam uma boa procura, disse ela.

Ministro de Cuba – Um jantar realizado para os operadores na cidade de Havana contou com a presença do ministro do Turismo de Cuba, Manuel Marrero, que com extrema simpatia conversou e tirou fotos com a maioria dos brasileiros. “O povo do Brasil transmite energia para os Cubanos e a cooperação entre ambos os países tem crescido. Existem vários motivos para o Brasileiro visitar Cuba e prometemos recebe-los com atenção, confiança e alegria. Esse trabalho de divulgação do turismo é importante para que Cuba possa receber mais visitantes do Brasil. Aqui, os brasileiros não são tratados como turistas, mas como irmãos e nosso objetivo é estreitar ainda mais os laços de amizade”, finalizou.

Rolar para cima