Natal de Gravatá atraiu 120 mil pessoas para o Agreste de Pernambuco

Um marco para o Natal e para o Estado. Assim pode ser considerado o espetáculo “Sonhos da Pastorinha Diana” que, ao longo de sete apresentações realizadas dos dias 16 a 18 e de 22 a 25 de dezembro, atraiu 120 mil pessoas para o Pátio de Eventos Chucre Mussa Zarzar em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. A mistura de luzes, cores, dança, música e efeitos cênicos, recebeu do público muitos aplausos. Em retribuição a calorosa receptividade, os artistas deram a plateia muita emoção!

O espetáculo foi uma ação do Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur) e da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), e contou com o apoio da Prefeitura de Gravatá. Para o secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa, essa foi uma aposta que deu muito certo. “Com o sucesso desse ano, o Natal de Gravatá passa a fazer parte do calendário estadual. Pernambuco precisava de um evento como esse e temos certeza que a partir do espetáculo “Sonhos da Pastorinha Diana”, o Natal de Gravatá já é uma referência para o Nordeste. O resultado desse investimento está sendo sentido em toda a cadeia produtiva da cidade”.
O setor hoteleiro é um bom exemplo do sucesso do espetáculo. Segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Pernambuco (ABIH-PE), Eduardo Cavalcanti, durante os dois fins de semana de apresentações, a rede hoteleira da cidade, composta por cerca de três mil leitos, ficou completamente lotada. “O Natal de Gravatá foi excepcional. Nós podemos comparar esse momento ao São João, quando a cidade em faturamento atinge uma média de R$ 8 milhões”.
Além do aspecto financeiro, o evento também foi um sucesso na organização. Para quem foi a Gravatá de carro, a prefeitura disponibilizou dois estacionamentos com mais de 2000 vagas. Desses locais saiam vans gratuitas até o Memorial de Gravatá.
As dúvidas quanto ao destino e ao próprio espetáculo puderam ser tiradas no posto de informações turísticas da Empetur, montado no Pátio de Eventos.
A segurança foi outro aspecto importante. Cerca de 250 agentes das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal estiveram de prontidão nos principais pontos da cidade, já o Corpo de Bombeiros disponibilizou oito ambulâncias em Gravatá e nas cidades vizinhas de Bezerros, Vitória de Santo Antão e Moreno. Um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal também ficou à disposição em caso de emergência que não precisou ser utilizado, pois não houve nenhuma ocorrência.
O espetáculo gratuito está com contrato previsto para vigorar até 2014 sempre levando em conta as especificidades culturais de Pernambuco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.