Marco Brotto: Caçador de Aurora Boreal

O empresário Marco Brotto, de Curitiba (PR), pode ser considerado um caçador de Aurora Boreal, o fenômeno natural que deixa o céu colorido e é causado pela interação de partículas carregadas de energia provenientes do vento solar com a camada magnética da terra.

Ele embarcou dia 26 de janeiro, rumo à Lapônia, na região da tríplice fronteira (Noruega, Suécia e Finlândia), onde várias notícias mostraram a atividade solar acima da média este ano, o que promoveu um belo espetáculo.

Brotto já viu de perto o fenômeno em abril de 2011, na Noruega. “Nunca senti emoção semelhante na minha vida. Já li várias lendas, inclusive que as crianças não podem apontar o dedo para não virarem pedras. O espetáculo é indescritível”, conta o empresário.

Ele não pára por aí. Já tem outra expedição marcada para o segundo semestre de 2012, para a Islândia e Groelândia. “A sensação de estar no meio do nada, com metros de neve ao seu redor e sozinho quando, de repente, o céu começa a se iluminar com luzes verde/violeta e o som da aurora suavemente se inicia é única. Admiração e medo se confundem!”, acrescenta.

Ele conta que chegou a pegar 24 graus negativos e que fotografar nessa temperatura requer alguns cuidados, pois as baterias acabam mais rápido e a máquina pode sofrer danos. Na expedição em que ele esteve agora, estavam protegidos por um motor home. “É importante se manter aquecido e acordado, porque nunca se sabe a hora que o espetáculo inicia”, complementa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.