Mais de 11 milhões já assistiram ao vídeo da campanha nos EUA

Coordenadora de Marketing da Agência, Veridiana Pinto detalha o conceito e o objetivo da campanha, além de antecipar as próximas ações de divulgação de destinos turísticos brasileiros em outros paísesA coordenadora de Marketing da Embratur, Veridiana Pinto, detalha as principais ideias e o conceito da campanha nos EUA, lançada em julho de 2023 (Foto: Renato Vaz/Embratur)

– Em menos de um mês, mais de 11 milhões de pessoas já assistiram ao vídeo principal da campanha publicitária digital da Embratur para o mercado dos EUA. No ar desde julho, a campanha retoma a escrita do Brasil com S, mesmo que, em inglês, o nome do nosso país seja grafado com a letra Z. As peças publicitárias fazem um jogo de palavras que começam com a letra S e melhor representam o Brasil, e destacam os destinos turísticos de nosso país mais procurados por estadunidenses.

A veiculação da campanha foi prorrogada até o dia 18 de setembro, de acordo com a coordenadora de Marketing da Embratur, Veridiana Pinto. Em entrevista, Veridiana detalha as principais ideias e o conceito da campanha nos EUA e como as ações publicitárias desse porte ajudam a promover o Brasil no exterior. A coordenadora da Agência também dá um spoiler sobre as próximas campanhas que serão colocadas no ar até o fim de 2023.

Confira abaixo:

Como surgiu a ideia da campanha?
A campanha dos Estados Unidos é um dos produtos da parceria entre a Embratur e o Sebrae. Nós executamos alguns produtos de marketing, como é o caso das campanhas publicitárias. São três campanhas por ano: a campanha nos Estados Unidos, a campanha na Europa e a campanha na América Latina. A dos Estados Unidos foi a primeira do semestre e, agora, já estamos nos preparando para as próximas.

Por que a campanha começou pelos Estados Unidos?
Os Estados Unidos é o segundo maior emissor de turistas para o Brasil. E a campanha vem como uma ferramenta para a gente divulgar o nosso destino, os produtos turísticos que os estadunidenses consomem no Brasil, os locais que eles mais gostam de viajar no nosso país. A divulgação que a gente faz do Brasil lá fora é focada em atrair mais turistas internacionais para cá, nesse caso, os estadunidenses.


Qual é o ponto central da campanha?
O conceito é: “It’s Spectacular. It’s Brasil”. A gente faz uma brincadeira com palavras com ‘S’ que descrevem o Brasil e os principais atributos do nosso país. Então, a gente fala que o Brasil é espetacular, que o Brasil é ‘sunny’, que é do sol e praia; que o Brasil é ‘scrumptious’, que remete à nossa deliciosa gastronomia; que o Brasil é ‘sambalicious’, que é uma licença poética para a gente falar da cultura e das nossas festas culturais, e que o Brasil é ‘sustainable’, voltado à preservação ambiental.

Na campanha, a gente vê alguns destinos turísticos brasileiros em destaque. Quais são esses destinos e por que eles foram escolhidos?
Estamos divulgando 10 destinos turísticos na campanha, sendo cinco prioritários, que aparecem no filme principal da campanha. São eles: Fernando de Noronha (PE), Salvador (BA), Manaus (AM), Rio de Janeiro (RJ) e Foz do Iguaçu (PR). Fizemos um cruzamento dos dados para fazer essa escolha, como, por exemplo, quais são os destinos que os estadunidenses mais buscam quando pesquisam o Brasil, quais são os destinos que eles mais visitam quando vem para cá, os segmentos mais procurados e como está a nossa malha aérea com o país, entre outros pontos. No caso dos estadunidenses, identificamos que os destinos mais procurados são ligados ao sol, às praias e à natureza. Então, a gente fez um cruzamento desses dados e chegamos aos destinos prioritários que a gente está divulgando nesta campanha.

A campanha da Embratur já está no ar desde julho. Quais ações já foram colocadas no ar? Como a campanha está sendo trabalhada nos Estados Unidos?
Nós estamos trabalhando com o meio on-line. É uma campanha digital. Então, na internet, a gente trabalha com portais de notícias, redes sociais programáticas, agências de viagem on-line e as companhias aéreas. Além disso, tivemos a exibição de dois filmes da campanha em um painel na Times Square, em Nova York. Agora, apresentamos a parceria com o perfil Beautiful Destinations no Instagram. Influenciadores na área de turismo fizeram uma viagem para o Rio de Janeiro e eles vão começar a postar sobre o Rio no perfil de viagens. A veiculação da campanha dos Estados Unidos foi prorrogada, então ela agora vai ficar no ar até o dia 18 de setembro.

O que a Embratur busca com essa campanha? Que tipo de retorno é esperado?
O nosso objetivo principal é atrair mais turistas internacionais para o Brasil. Então, com a campanha nos Estados Unidos, buscamos trazer mais estadunidenses para cá e aumentar o número de divisas. Como a gente está fechando várias parcerias com as companhias aéreas e com as agências de viagens online, a gente consegue seguir com uma campanha de conversão onde, de fato, serão efetuadas vendas de viagens organizadas, de passagens, de hospedagens e a gente consegue medir qual foi o resultado da campanha, o ROI, no final da veiculação dela.

Já temos resultados preliminares sobre o impacto da campanha no ar?
Os números de visualizações já estão bem altos. As peças da campanha já foram vistas mais de 50 milhões de vezes, o vídeo principal, até o momento, já foi assistido por mais de 11 milhões de usuários, e tivemos mais de 200 mil cliques nos anúncios que estão sendo veiculados. Se comparado ao mesmo período do ano passado, os acessos ao site do Visit Brasil cresceram 47%. Ainda não temos os números de vendas, porque isso a gente só vai saber no final, quando a gente terminar a veiculação da campanha.

Como a Embratur está planejando as outras campanhas para a Europa e a América Latina? O que a gente pode esperar delas?
As duas campanhas, América Latina e Europa, vão ser lançadas em outubro, então, já estamos trabalhando na produção delas. Na América Latina, a gente vai veicular na Argentina, no Chile, no Peru, no México, na Colômbia e no Paraguai. E na Europa, será na França, Alemanha, Reino Unido, Suíça, Holanda, Itália, Espanha e Portugal. As duas campanhas são criações distintas, cada uma segue o perfil de cada turista. O turista europeu e o turista latino são diferentes entre si e diferentes dos estadunidenses, então, provavelmente, teremos linhas criativas diferentes. O lançamento da campanha da América Latina será na Feria Internacional de Turismo de América Latina (FIT Argentina), no dia 2 de outubro, em Buenos Aires. Já na Europa será na IFTM Top Resa, no dia 3 de outubro, em Paris. As feiras são ótimos instrumentos para divulgação das campanhas, elas dão muita força para a divulgação do destino Brasil no exterior, por isso estamos aproveitando essas feiras, importantes para o setor, para fazer a divulgação das próximas campanhas.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!