LATAM Brasil retoma 77% da oferta de assentos da sua malha aérea doméstica em agosto  

     Comparação é feita com agosto de 2019; na prática, a oferta (em ASK) já é quase 3 vezes maior (277%) do que a de agosto de 2020
Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste impulsionam a retomada com aumento de voos; Nordeste, haverá crescimento no Ceará, Maranhão e Bahia
      Do Brasil ao exterior, empresa continua operando 20% da sua oferta de assentos, para 13 destinos já restabelecidos
      Ao todo, Grupo LATAM retomará 49% da sua oferta total (em ASK) e espera superar a marca de 50% até o final do terceiro trimestre deste ano
A LATAM vai retomar em agosto no Brasil 77% da sua oferta doméstica de assentos (ASK) em relação a agosto de 2019 (período anterior à pandemia), com 418 voos nacionais diários. Na prática, a oferta da empresa no País em agosto de 2021 será quase três vezes maior (277%) do que em agosto de 2020. As regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste impulsionam a retomada com aumento de voos; no Nordeste, haverá crescimento no Ceará, Maranhão e Bahia.
Em julho de 2021 (em comparação com julho de 2019), a LATAM registrou no mercado doméstico brasileiro uma demanda de passageiros (medida em RPK) de 75% e uma oferta de assentos (medida em ASK) de 76,2%, resultando em uma taxa de ocupação de 81,8%.
Seguimos confiantes na medida em que avança o processo de vacinação contra a Covid-19 no Brasil e as pessoas retomam os seus planos de viagem. Vamos permanecer atentos a todas as oportunidades de ampliar a nossa operação para atender a todos que pretendem voar a lazer ou a trabalho”, afirma Diogo Elias, diretor de Vendas e Marketing da LATAM Brasil.
Ao todo, a LATAM voa para 44 destinos no Brasil, o mesmo número antes da pandemia. Os 44 destinos são: São Paulo (Congonhas), São Paulo (Guarulhos), Brasília, Fortaleza, Florianópolis, Belo Horizonte (Confins), Curitiba, Rio de Janeiro (Galeão), Rio de Janeiro (Santos Dumont), Campo Grande, Cuiabá, Belém, Porto Alegre, Aracaju, Salvador, Ilhéus, Porto Seguro, Recife, Maceió, Vitória, Natal, Foz do Iguaçu, Navegantes, Manaus, Goiânia, Londrina, João Pessoa, Teresina, São Luís, Uberlândia, Rio Branco, Imperatriz, Palmas, Maringá, Porto Velho, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Boa Vista, Marabá, Macapá, Joinville, Santarém, Jaguaruna e Chapecó.
Conforme anunciado recentemente, a LATAM vai abrir novos destinos no Brasil a partir de novembro deste ano e, assim, superar o número de cidades atendidas no Brasil antes da pandemia, chegando a 49 aeroportos no País.
Voos internacionais a partir do BrasilDo Brasil para o exterior, a LATAM permanece operando 20% da sua oferta de assentos (medida em ASK) em relação a agosto de 2019, com voos restabelecidos para 13 destinos (Santiago, Madri, Frankfurt, Lisboa, Assunção, Montevidéu, Cidade do México, Miami, Nova York, Buenos Aires, Cancún, Paris e Bogotá). Para mais detalhes desses novos voos, acesse aqui.
Toda essa operação está sujeita à evolução da pandemia, bem como às restrições de viagens estabelecidas pelos países.
Operação global do Grupo LATAMSomadas todas as suas filiais, o Grupo LATAM prevê retomar até 49% da sua oferta total de assentos (em ASK) em agosto de 2021, em comparação com agosto de 2019, e espera superar a marca de 50% até o final do terceiro trimestre deste ano. Em julho deste ano, o Grupo LATAM havia retomado 45,6% do ASK.
Ainda, o Grupo LATAM deve operar neste mês 891 voos diários (domésticos e internacionais) para 116 destinos em 16 países. Na divisão de cargas, a companhia prevê 1.020 voos em aeronaves cargueiras, o que representa 19% a mais do que no mesmo mês de 2019.
Em julho de 2021 (em comparação com julho de 2019), o Grupo LATAM registrou uma demanda de passageiros (medida em RPK) de 39,8% e uma oferta de assentos (medida em ASK) de 45,6%, resultando em uma taxa de ocupação de 73,8% (redução de 10,6 pontos percentuais). No transporte de cargas, também em comparação com julho de 2019, registrou uma ocupação de 62% (aumento de 9,2 pontos percentuais).
Sobre a LATAM
LATAM Airlines Group é o principal grupo de companhias aéreas da América Latina, com presença em cinco mercados domésticos da região: Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru, além de operações internacionais na América Latina e para a Europa, Estados Unidos e Caribe. O Grupo possui uma frota de aeronaves Boeing 767, 777, 787, Airbus A321 A320, A320neo e A319. LATAM Cargo Chile, LATAM Cargo Colômbia e LATAM Cargo Brasil são as afiliadas de carga do grupo LATAM, que além de terem acesso aos porões de aeronaves de passageiros do grupo, contam com uma frota conjunta de 11 aeronaves cargueiras, que será ampliada gradualmente até totalizar 21 aeronaves cargueiras em 2023. Operam na malha aérea do grupo LATAM, bem como em rotas internacionais exclusivas para o transporte de cargas; oferecem uma infraestrutura moderna, uma ampla variedade de serviços e opções de atendimento para atender as necessidades dos seus clientes. Para mais informações financeiras, consulte www.latamairlinesgroup.net.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.