Importante apoio da Abrajet para o sucesso do Festival do Camarão

Com o apoio da Abrajet/Ceará realizou-se durante três dias, de 11 a 13 de novembro, na presença de cerca de 12 mil pessoas, que participaram das diversas manifestações – técnicas, científicas gastronômicas e musicais – o III Festival Internacional do Camarão da Costa Negra (“Grand Shrimp Festival”) e o III Encontro do Arranjo Produtivo Local da Carcinicultura do Litoral Oeste, na Fazenda Cacimbas, em Acaraú/Ceará, numa realização da Associação dos Criadores de Camarão da Costa Negra, presidida pelo empresário Livino Sales, com organização estrutural da Prática Eventos.
Como disse na solenidade de abertura Livino Sales, “esse é um sonho que se realizou, não apenas pelo sucesso do empreendimento, mas também por provar que é possível trabalhar pelo desenvolvimento turístico, gastronômico e cultural de nossa região, longe da capital do estado, com respeito ao meio ambiente e trazendo importantes empresários do setor, conceituados chefs estrangeiros, nacionais e locais e personalidades da vida política estadual.”

Visão e respeito ao meio ambiente

Homenageado com o Troféu Costa Negra 2011, na categoria Grande Entusiasta do Setor, o vice-governador Domingos de Aguiar Filho afirmou que a láurea o deixava muito feliz “pela ousadia, a visão empreendedora e a coragem de Livino Sales de implantar na Fazenda Cacimbas uma área produtiva de camarão em cativeiro reconhecida na Europa e Estados Unidos como o melhor camarão do mundo, obtendo agora o certificado nacional de Domínio Controlado, o que só foi possível pelo cuidado que o empreendimento dedica ao meio ambiente”.
Visitando pela primeira vez a Fazenda Cacimbas, o governador Cid Gomes percorreu diversas áreas de produção, acompanhado do empresário Livino Sales e de seu filho Rubens Sales e disse ser grande a dívida do Estado para com o empreendedor Livino Sales “por ter ele continuado e ampliado o trabalho de seu pai, criado esse grande empreendimento, que gera empregos e divisas para o Estado com respeito ao meio ambiente”.
Na ocasião Cid Gomes recebeu das mãos do jovem empresário Rubens Sales, Diretor da Nutrimar, uma garrafa de espumante “Côte Noire”, criado e engarrafado na França para comemorar a certificação e o Selo da Costa Negra. O Secretário Bismarck Maia, que não pode comparecer à solenidade de abertura, recebeu na oportunidade o Troféu Costa Negra, categoria Política e Administração Pública, pelo apoio que vem dando à região da Costa Negra, composta pelos municípios de Acaraú, Itarema, Cruz e Jijoca de Jericoacoara.
A coordenadora estrutural do festival, executiva da Prática Eventos Enid Câmara, que também é presidente do Skal Internacional de Fortaleza, considerou da maior valia o apoio da Abrajet cearense e das suas congêneres nacionais, que ajudaram na divulgação nacional do evento.

Campeã de 2011

Todas as noites uma programação artístico, cultural e gastronômica foi desenvolvida na Praça de Alimentação da Fazenda Cacimbas com o julgamento de pratos preparados pelos “chefs” convidados – Bia Leitão, Camila Câmara, Estênio Machado, Liliane Pereira, Valdenir Segundo e Thássia Godoy, que obtiveram medalhas. A grande vencedora do Festival, domingo à noite, obtendo o maior número de pontos, foi Liliane Pereira, que recebeu o troféu das mãos de Livino Sales e do jornalista Idelfonso (Dudu) Rodrigues. Shows com a Banda Dona Zefa, Sidney Magal, Luciano Bruno, Banda Rubber Soul e Os Águias de Barbalha foram realizados durante o evento.

Chefs estrangeiros

Participaram do Festival os “chefs” Paolo Caldana, presidente mundial da Federazione Italiana Cuochi, de Roma, que fez elogiosas referências ao evento; Patrick Martin, vice-presidente internacional do Le Cordon Bleu, Paris, mas dirigindo a unidade do México; Bruno Stieppe e Carlos Soares, respectivamente presidente e secretário-geral da Federazione Italiana Cuochi no Brasil; Fábio Barbaglini, uma estrela Michelin e melhor chefe da Itália em 2003; Emmanuel Ruz, uma estrela Michelin e chef do restaurante Lou Fassun, em Grasse, na França, e Bernard Twardy, chef corporativo do Beach Park, em Fortaleza. Todos eles deram palestras e prepararam pratos à base de camarão durante os diversos “workshops” realizados.
Os restaurantes cearenses que estiveram presentes com a sua culinária servida ao público foram o “Medit”, com o chef Valdemir Segundo; “Fashion Gourmet”, da chef Camila Câmara; “Lautrec”, da chef Bia Leitão; “Villa Mango”, da chef premiada Liliane Pereira; “De Tommaso”, da chef Thessia Godoy e “Maee”, do chef Estênio Machado. Também mantiveram serviços gastronômicos e de bar os “chefs” Eduardo Sisi e Charles Alexandrini, a Expand e o bar Boteco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.