Com a Copa, imóvel em Ponta Negra deverá registrar alto índice de valorização

Para o vice-presidente do SECOVI, Renato Gomes, adquirir imóveis no bairro passa ser excelente opção de investimento

Passada a fase do chamado ‘turismo de segunda residência’ na Zona Sul de Natal, o bairro de Ponta Negra, um dos principais cartões postais do turismo potiguar, volta a ser opção de moradia privilegiada para os natalenses, com a redução do valor do metro quadrado antes proibitivo. Segundo o vice-presidente do Sindicato das Empresas Imobiliárias do RN (Secovi/RN), empresário Renato Gomes, em função da Copa de 2014 e das obras de mobilidade que vão ser implantadas, a aquisição de imóveis em Ponta Negra passa a ser uma excelente opção de investimento para o consumidor local.
Para Gomes, um imóvel comprado na planta poderá registrar, em médio prazo, um índice de valorização de 30% a 40%.
Diante dessa realidade atual, um grupo de construtoras formado pelas empresas Colmeia, Montana, Tecnart e Ata Engenharia estão direcionando seus investimentos para o bairro, com a construção de empreendimentos imobiliários cujo valor do metro quadrado oscila entre R$ 3.000 a 4.000,00 – o que equivalente ao que é praticado em bairros tradicionais como Petrópolis, Tirol, Alto da Candelária e Lagoa Nova.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.