BRASIL SUPERA A EXPECTATIVA DE TURISTAS ESTRANGEIROS

Pesquisa encomendada pelo Ministério do Turismo revela aumento de 18,4% no principal indicador de satisfação do estrangeiro

Estudo revela que viajar para o Brasil supera a expectativa de um em cada três estrangeiros. Pela primeira vez na série histórica do levantamento, o percentual dos entrevistados que dão a nota máxima para o Brasil atinge os 31,5%. É o que mostra o resultado da pesquisa Estudo da Demanda Internacional no Brasil, encomendada pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Embratur, à Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE).

Mais de 300 pesquisadores percorreram por dez meses 15 aeroportos brasileiros e 12 fronteiras terrestres para coletar 39 mil entrevistas que caracterizam e identificam consumidores de turismo internacional no Brasil.

O número de estrangeiros que atribuíram ao turismo no Brasil o nível máximo de excelência cresceu 18,4%: passou de 26,6%, em 2009, para 31,5% em 2010. Para o ministro do Turismo, Gastão Vieira, a conquista cria “novos ‘garotos-propaganda’ do Brasil no exterior, na medida em que as redes sociais são um termômetro das opiniões, interesses e escolhas dos viajantes, apontando, inclusive, tendências de comportamento e ganhando importância na hora de decidir qual será o próximo destino de viagem”.

Segundo a pesquisa, a internet é a principal fonte de informações sobre turismo para 30,9% dos viajantes pesquisados. “Os principais itens para que a viagem do turista seja bem sucedida, como transporte e hospedagem são feitos pela internet”, afirmou o presidente da Embratur, Flávio Dino. Para ele, devido à representatividade da internet, as novas mídias e as redes sociais tem sido o foco da promoção turística do Brasil no exterior. O boca-a-boca também continua sendo importante: 28,4% afirmaram consultar a opinião de parentes e amigos na hora de escolher para onde ir.

Para Flávio Dino, é interessante notar que o nível de satisfação do turista internacional com itens como segurança pública, foi bem avaliado e vem melhorando nos últimos anos. Em 2004 foi de 75% e em 2010, chegou a 82%. “Somos sim um destino de lazer, conhecido pelo sol e pelas praias, porém os próximos eventos esportivos irão nos fortalecer em outros aspectos junto ao turista internacional. Iremos qualificar mais ainda nossos pontos positivos e melhorar as avaliações que não obtiveram boas qualificações”, destacou.

SEGMENTOS E DESTINOS
O mapeamento do MTur revelou a descentralização do turismo no Brasil, ampliando o leque de municípios beneficiados pelo setor. Enquanto expoentes do turismo no Brasil mantiveram suas posições, novos destinos subiram no ranking de destinos mais procurados para lazer. Parati (RJ) e Cairu (BA) apresentaram crescimento de 37% e 64%, respectivamente, na movimentação de turistas estrangeiros em comparação com 2004.

Lazer é o principal motivo de viagem para 46,1% dos entrevistados, enquanto para 23,3% a motivação está relacionada a negócios, eventos e convenções. Entre os que entram no país por transporte terrestre, 84,3% vêm para descansar e curtir o Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.