Bahia confirma liderança na atração de turistas no NE, informa MTur

Um estudo elaborado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), divulgado nesta quarta-feira (17), pelo Ministério do Turismo, aponta que a atração de visitantes internacionais na Bahia cresceu 0,4% em 2011. O desempenho do Estado, responsável por 6,4% dos 5,4 milhões de turistas internacionais que chegam ao país, foi o melhor do Nordeste, o que ratifica a posição da Bahia como o principal destino turístico da região.
Se considerados apenas os turistas que chegam ao Brasil por transporte aéreo, o Estado ocupa a terceira posição no ranking nacional de atração de estrangeiros, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro. O secretário Domingos Leonelli disse que o resultado converge com os números divulgados pela própria Fipe, que apontam na Bahia um fluxo total de 11 milhões de visitantes em 2011, com 5,3 milhões de turistas de outros estados, 5,3 milhões de baianos de outras cidades e 558 mil estrangeiros.
Perfil– O levantamento aponta ainda que mais 70% dos visitantes estrangeiros que vêm ao Brasil têm nível superior, com renda média individual superior a US$ 3 mil. Dentre os fatores que mais pesaram na decisão de escolher o país como destino de viagem, o principal foi a internet que saiu de 19% em 2005 para 32,6% em 2011.
Os principais mercados emissores para o Brasil, de acordo com a Fipe, são Argentina, Estados Unidos e Itália, enquanto que na Bahia são Argentina, Espanha e Itália. As principais motivações são lazer (46%) e negócios (25,6%).
Já os meios de hospedagem mais utilizados pelos estrangeiros que vêm ao Brasil são hotéis, pousadas e flats (53,8%) e casa de parentes e amigos (26,8%).

Rolar para cima