Álava: cultura, natureza e vinhos num País Basco ainda por descobrir
 

Álava: cultura, natureza e vinhos num País Basco ainda por descobrir
 
Província basca apostou na promoção turística em Portugal, o segundo principal mercado emissor, com a campanha “Vem Viajar”. Até ao fim de 2023, Álava prevê receber 15 mil turistas portugueses.
 

– Álava é uma das três províncias que compõem o País Basco, no norte de Espanha, e constitui uma verdadeira embaixadora do melhor que a comunidade autónoma tem para oferecer, com experiências diversificadas e paisagens sem igual.
 
Em 2022 e, previsivelmente, em 2023, Portugal foi o segundo maior mercado estrangeiro emissor de turistas para Álava. Temos registado um aumento no interesse por parte dos turistas portugueses, mas estamos convictos de que há potencial para crescer ainda mais. Álava é um destino próximo e com uma oferta turística ampla, que oferece aos portugueses experiências e paisagens diferentes a poucas horas de distância”, refere Dira Cristina González Calvar, deputada do Turismo de Álava.

Esse potencial foi o cerne da campanha de promoção “Vem Viajar” que a província direcionou para Portugal em 2023. Numa altura em que os portugueses tendem a procurar experiências novas e destinos que desconhecem, Álava apostou na atratividade de um País Basco ainda por descobrir. Em setembro, no contexto da campanha, o destino apresentou-se no Porto aos agentes de viagens e outros players do turismo português.
 
Agora, prepara-se para fechar o ano turístico e a campanha com um balanço positivo e boas perspetivas para o ano que se avizinha. Até dezembro de 2023, a província basca prevê receber 15 mil visitantes portugueses e registar 25 mil dormidas de turistas oriundos de Portugal, ultrapassando pelo segundo ano consecutivo os números de 2019. O pico de entradas e dormidas de turistas portugueses teve lugar em julho e agosto de 2023.
 
Álava dispõe de uma oferta turística para todos os gostos. A província do País Basco é dotada de uma longa história e um entorno natural diverso, oferecendo experiências autênticas para diferentes tipos de turistas.

Uma cultura centenária e uma história intacta
 
Os apaixonados por cultura encontram na província um centro vivo de história e património. Álava reúne a mais notável coleção de arte românica do País Basco, com mais de 240 igrejas e ermidas que servem de testemunho da história medieval da província. Por bosques, penhascos e vilas históricas, são inúmeros os templos dessa Álava Medieval que se podem descobrir, como o Santuário de Nossa Senhora de Estíbaliz ou a Basílica de São Prudêncio, ambos edificados no século XII. Pela província também abundam os castelos e fortificações defensivas, resultantes das disputas seculares entre os reinos de Navarra e Castela. Remontando até ao século XI, monumentos como o Castelo de Portilla, o Castelo de Lanos e Torre dos Varona constituem exemplares únicos do património histórico basco.
 
Já para explorar a capital, Vitoria-Gasteiz, existem várias rotas temáticas, não fosse a cidade protagonista no bestseller “O Silêncio da Cidade Branca”. Mas nesta altura do ano, Vitoria ganha uma beleza especial com a iluminação, os mercados, as pistas de gelo e os desfiles que dão vida à quadra natalícia até janeiro.
 
Ao longo do ano, há muitas outras festividades a descobrir em Álava, desde eventos gastronómicos (como o festival dos famosos pintxos) até às festas tradicionais da província, passando por festivais de música e de arte.
 
Paisagens naturais para descobrir a caminhar ou a pedalar
 
Álava concentra uma diversidade de paisagens sem par no território espanhol. De vales verdes e montanhas escarpadas a florestas, vinhedos e praias fluviais, a província oferece uma experiência revitalizante de contacto com a natureza, tanto em locais mais isolados como na imediação da capital. Vitoria-Gasteiz é rodeada por quase 32 quilómetros de parques, o famoso “Anel Verde” da cidade, que formam um pulmão natural repleto de árvores, lagoas e trilhos que podem ser percorridos a pé ou de bicicleta, sem ter de ir muito longe.
 
Mas para os visitantes que procuram desligar e conhecer lugares distantes, Álava acolhe um conjunto notável de parques. O Parque Natural de Izki, no Sudeste a província, e o Parque Natural de Valderejo, situado no interior de um vale, permitem o contacto direto com a natureza mais pura e com uma fauna exuberante. Já paisagens como a Serra de Entzia e o Salto del Nervión (as maiores cascatas da Península Ibérica) prometem vistas de cortar a respiração e convidam a passeios demorados por caminhos onde as pedras são tão antigas quanto o tempo.
 
Produção vitivinícola centenária
 
Álava é terra de vinhas, adegas e gastronomia. Como um bom destino ibérico, os visitantes podem mergulhar na história vitivinícola desta província pela mão de uma oferta enoturística extremamente desenvolvida e com experiências diversas.
 
Em Álava, existem duas comarcas vitivinícolas. Rioja Alavesa, cujas adegas multipremiadas são responsáveis pela produção dos vinhos DOC Rioja. Várias casas vinícolas desta comarca têm histórias centenárias, mas a inovação é uma constante e está bem presente em adegas com designs inovadores assinados por grandes nomes da arquitetura contemporânea como Santiago Calatrava e Frank Ghery. E Ayala, comarca onde se produz o célebre txakoli, vinho branco e com grande personalidade, chancelado pela Denominação de Origem Txakoli de Álava.
 
A descoberta da cultura vitivinícola de Álava entrelaça-se com a experiência da paisagem natural e cultural da província, com vinhedos a estender-se entre muralhas, vilas medievais e assentamentos pré-romanos. Na região, é possível mergulhar no mundo dos vinhos através de visitas guiadas, provas, refeições vínicas, spa com vinoterapia e, claro, das vindimas.
 
Também o queijo é um dos protagonistas da produção artesanal local. Álava destaca-se pela produção de um dos melhores queijos do mundo, o queijo Idiazábal, feito com leite puro de ovelha Latxa ou Carranzana, que os visitantes podem adquirir ou aprender a fazer nas queijarias típicas da província.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar varios serviços no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!