A REGIÃO VINÍCOLA TOKAJ E SEUS VINHOS ARTESANAIS

1

 

 
 No norte da Hungria encontra-se o pico mais alto do país, diversas trilhas para caminhadas, cavernas, lagos, cachoeiras e pontos turísticos. É lá também onde se localiza um Patrimônio Mundial da Humanidade, desde 2002. A região de Tokaj – Hegylja é a mais famosa entre as 22 regiões vinícolas húngaras. Nesta região, foi encontrado o fóssil da folha de um antigo tipo de videira, considerada o ancestral comum das atuais variedades da planta. A região de Tokaj é uma área protegida desde 1737, quando foi declarado, por um decreto real, uma área exclusiva de vinhos. A mistura da paisagem, do ecossistema e das tradições locais criou uma integração tão distinta que preservá-la  virou uma questão de interesse universal.
Os vinhos provenientes do lugar detém um aroma e texturas extraordinários. Isto ocorre devido ao microclima excepcional, das condições do solo, resultados de atividades vulcânicas e pós-vulcânica, das encostas e da convergência dos rios Bodrog and Tisza. Além disso, os barris onde são armazenados o vinho são feitos a partir da madeira de árvores de carvalho que ali crescem. Acreditou-se até recentemente que o produto final continha propriedades medicinais.
      
Para se ter um ideia da excelência com que são produzidos, um deles, chamado de Tokaji Aszú, leva o título de “rei dos vinhos, vinho dos reis”. Ele é um dos melhores vinhos de sobremesa do mundo, por ser doce e com um sabor muito rico.