Boa Viagem

Informativo digital do mundo do turismo

Notícias

World Cheese Awards 2024 terão lugar em Portugal e Viseu é a região escolhida para receber o evento

World Cheese Awards 2024 terão lugar em Portugal e Viseu é a região escolhida para receber o evento

Portugal sucede a países como o Reino Unido, Itália, Espanha ou Noruega e vai ser palco, pela primeira vez, daquela que é a maior competição mundial de queijos

O evento, conhecido como os Óscares do Queijo, contará com um júri de 250 especialistas para avaliar mais de 4.500 queijos de mais de 40 nacionalidades



Viseu será a cidade anfitriã dos World Cheese Awards 2024. O evento, que no próximo mês de novembro trará a Portugal, pela primeira vez, aquela que é a maior competição de queijos a nível mundial, foi apresentado à imprensa esta terça-feira, na Casa da Ribeira, espaço evocativo das memórias da capital da Beira Alta, região onde são produzidos alguns dos mais reconhecidos e apreciados queijos portugueses.

O evento, conhecido como os Óscares do Queijo, é organizado há mais de três décadas pela britânica Guild of Fine Food e promete reunir em Viseu, entre os dias 15 e 17 de novembro, os maiores produtores e afinadores mundiais, com mais de 4.500 queijos oriundos de mais de 40 países, em competição pelo paladar exigente de um júri composto por 250 especialistas de cerca de 40 nacionalidades. Neste júri, destaque para o maior contingente de jurados portugueses na história da competição, com 35 profissionais, abrangendo especialistas em queijo, críticos gastronómicos, chefs, entre outros profissionais da indústria.

A iniciativa irá também trazer a Portugal mais de uma centena de jornalistas de publicações especializadas, influencers e apreciadores dos quatro cantos do mundo, contando com um Summit de Queijos e um Festival Gastronómico abertos ao grande público.

“Estamos entusiasmados por levar os World Cheese Awards a um novo país e região anfitriã, organizando o evento com a cidade de Viseu na 36ª edição dos prémios”, afirma John Farrand, managing director da Guild of Fine Food, organizadora da competição. “Localizada no coração da região vinícola do Dão, Viseu tem uma cultura rica em gastronomia e produção de vinho, o que a torna um local adequado para a primeira edição dos World Cheese Awards em Portugal”, conclui Farrand.

“Viseu é a capital da região da Beira, uma região com uma forte herança queijeira”, justifica Bruno Filipe Costa, food expert e impulsionador da vinda do evento para Portugal, num esforço conjunto com o jornalista gastronómico Paulo Salvador. A escolha da cidade para receber esta primeira edição do evento em território nacional acabou por surgir de forma natural já que a região “possui uma cultura gastronómica invejável, que combina tradição e excelência”, a par de um rico legado histórico na produção de queijo, “ilustrado pelo nosso queijo mais famoso, o Queijo Serra da Estrela”, acrescenta. 

Ainda sobre a escolha da região centro, nas palavras de Bruno Filipe Costa, “sonhar ter o evento em Portugal, especialmente em Viseu, representa uma aposta de potenciar a imagem internacional do melhor que temos em Portugal, as suas gentes, e descentralizar a escolha dos locais para os grandes eventos mundiais a ocorrer no nosso país, num evento que pretendemos verdadeiramente inclusivo, envolvendo a região e as comunidades, e capaz de elevar o nome dos nossos queijos mundialmente”, justifica ainda Bruno Filipe Costa para a escolha da região centro.

“Portugal e a região da Serra da Estrela escondem verdadeiras joias gastronómicas que vão surpreender produtores, comerciantes e apreciadores de queijo”, acrescenta o jornalista gastronómico Paulo Salvador, que integra a equipa responsável por trazer os World Cheese Awards para Portugal. “Estamos ansiosos por receber a comunidade internacional do queijo em Viseu”, remata. 

“É com muita satisfação que o território de Viseu Dão Lafões recebe este ano os World Cheese Awards. A nossa região, conhecida por ser o território por excelência do queijo em Portugal, pela gastronomia e vinhos, mas também pelas magníficas paisagens e pela qualidade dos seus produtos, está preparada para acolher produtores, especialistas e entusiastas do queijo com a hospitalidade que nos caracteriza”, assegura Fernando Ruas, Presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões. “Agradecemos à Guild of Fine Food pela escolha, que ajudará a posicionar Viseu Dão Lafões como um destino de referência para os amantes da gastronomia. Estamos ansiosos para contribuir para o sucesso dos World Cheese Awards 2024”, conclui.

Além dos representantes dos World Cheese Awards em Portugal, Bruno Filipe Costa e Paulo Salvador, e do Presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, Fernando Ruas, a sessão pública de apresentação dos World Cheese Awards – Viseu 2024 contou ainda com a presença dos Senhores Presidentes das Comunidades Intermunicipais das Beiras e Serra da Estrela, Beira Baixa, Região de Coimbra, da Entidade Regional da Turismo Centro de Portugal, da Agência Regional de Promoção Turística do Centro de Portugal, da InovCluster e da empresa Urban Natur.
 
Viseu surge em destaque como cidade anfitriã, mas o objetivo é envolver toda a região através de visitas de jornalistas, passeios culturais, atividades de promoção do território e visitas a promotores e profissionais do setor agrícola. O evento procurará, ainda, o envolvimento de toda a comunidade, posicionando-se, não só como uma oportunidade ímpar para celebrar a tradição, inovação e excelência dos queijos de toda a região da Beira, mas também para proporcionar um intenso momento de dinamização e intercâmbio de know how e experiência num evento onde profissionais e consumidores de uma vasta diversidade de mercados e culturas estarão unidos na degustação dos melhores queijos do mundo.

“O evento reúne o trade mundial do queijo e é único na promoção das relações internacionais na indústria dos laticínios. Irá, mais uma vez, reunir os mais importantes especialistas internacionais em queijo e os melhores queijos do mundo”, salienta John Farrand.

Esta será a 36ª edição daquele que é o maior evento dedicado exclusivamente ao queijo a nível mundial. A cidade de Trondheim, na Noruega, foi a anfitriã da edição do último ano, recebendo um número recorde de 4.502 queijos, avaliados por um júri de 264 especialistas, classificadores, compradores, retalhistas e críticos gastronómicos. Para este ano, em Portugal, a organização espera bater o recorde do número de queijos a concurso, sendo ainda um dos grandes objetivos alcançar a maior representação de sempre de produtos e profissionais nacionais.

Presidente da CIM Região de Coimbra, Emílio Torrão: “Acreditamos que a realização
dos World Cheese Awards em Viseu será um grande impulso para o desenvolvimento
do setor agroalimentar na nossa região e para a promoção do turismo. A presença de
milhares de produtores de queijo, especialistas e jornalistas de todo o mundo permitirá
dar a conhecer os nossos produtos a um público global, o que poderá gerar novas
oportunidades de negócio e contribuir para o crescimento da nossa economia.”
Secretário Executivo da CIM Beira Baixa, João Carvalhinho: “Como região
produtora de queijo, com três Queijos DOP (Queijo Picante da Beira Baixa, Queijo
Amarelo da Beira Baixa e Queijo de Castelo Branco), a Beira Baixa não podia deixar de
se associar a esta iniciativa. Trata-se de um produto muito importante na dinamização
da economia de setor primário, no turismo e na preservação da paisagem do nosso
território.”
Raul Almeida, Presidente do Turismo Centro de Portugal e da Agência Regional
de Promoção Turística Centro de Portugal: “O turismo gastronómico é uma das
apostas do Turismo Centro de Portugal para promover o território dentro e fora de
fronteiras. A fileira dos queijos, em particular, tem a capacidade de valorizar a cultura
local, atraindo visitantes que procuram as experiências mais genuínas. Desta forma,
contribui de forma decisiva para a economia regional e para a melhoria das condições
de vida das populações, objetivo que todos ambicionamos. Um evento com a dimensão
dos World Cheese Awards pode impulsionar ainda mais a excelência dos produtos do
Centro de Portugal, pelo que é com grande agrado que apoiamos este evento”.
Diretora Executiva da Inovcluster, Chirstelle Domingos: “A fileira do queijo assumese
como estratégica para o desenvolvimento económico do território, sendo que todos
os meios direcionados para a valorização do recurso endógeno Queijo são
fundamentais para cimentar e acrescentar valor a esta atividade, tornando-a mais
competitiva e uma peça chave para a preservação da nossa identidade histórica,
cultural, gastronómica e paisagística. É por isso que congratulamos a dinamização do
World Cheese Awards, em Viseu, enquanto iniciativa que permitirá catapultar a
relevância estratégica que a Fileira do Queijo representa para a Região Centro de
Portugal.”
Luís Tadeu, Presidente da CIMBSE: “Este evento oferece uma oportunidade
inigualável para destacar a qualidade e a excelência dos queijos das Beiras e da Serra
da Estrela, um reflexo da rica herança cultural e das nossas tradições centenárias. A
articulação entre as Comunidades Intermunicipais envolvidas (CIM Viseu Dão Lafões,
CIM Beiras e Serra da Estrela, CIM Beira Baixa e CIM Região de Coimbra) e o Turismo
do Centro de Portugal vem reforçar o compromisso com a promoção de um produto
endógeno reconhecido mundialmente, como é o Queijo Serra da Estrela, permitindo que seja internacionalmente conhecido e apreciado. Estamos confiantes de que esta
participação não só homenageará os nossos produtores, mas também contribuirá para
o desenvolvimento económico e turístico do nosso território.”
Sobre os World Cheese Awards
Criado em 1988 pela Guild of Fine Food, os World Cheese Awards representam o maior evento
do mundo para o setor de produção de queijos artesanal, tendo-se tornado na maior competição
de queijos do planeta. Unindo uma comunidade de profissionais e amantes do melhor que se
produz em termos de queijo, os World Cheese Awards unem produtores, agricultores, chefs,
afinadores, críticos gastronómicos, influencers, compradores, importadores e distribuidores de
queijos, criando um evento onde o setor apresenta os seus melhores, marcas são potenciadas
e se reforçam laços comerciais e culturais.
Ao longo de mais de 30 anos, o evento ultrapassou fronteiras e saiu do Reino Unido tendo sido
recebido em cidades como Bergamo (Itália), San Sebastian (Espanha) ou Bergen (Noruega).
Foram mais de três décadas e milhões de queijos a concurso e apresentados ao mundo, até
que, finalmente, chega a Portugal e a Viseu.

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar varios serviços no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!
Boa Viagem