Turismo do Rio Grande do Norte apresenta balanço de 2019

          2019 foi um ano marcante para o turismo do Rio Grande do Norte, à frente da Secretaria Estadual de Turismo, Ana Maria da Costa, e o diretor-presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (EMPROTUR), Bruno Reis, fizeram um balanço com os resultados do primeiro ano de gestão da governadora Fátima Bezerra.
                “Esse ano foi extremamente produtivo e com grandes esforços para conseguirmos destravar situações e rever a maré baixa que estávamos vivendo. Um importante resultado aconteceu em junho, com a assinatura do novo regime especial do querosene de aviação (QAV) o reflexo positivo será percebido na temporada 2019/2020,que está começando“, pontuou a titular da pasta, Aninha Costa.
                Em consequência do novo regime especial de QAV, a Inframerica apresentou um balanço que prevê um aumento de 22,3% de assentos para a alta temporada da aviação, que vai de novembro de 2019 a abril de 2020, com mais de 680 novos voos no período. Outro resultado significativo, foi o trecho Buenos Aires – Natal, via Guarulhos, considerado a principal rota de conexão do grupo Latam Airlines a nível global, que transportou, de setembro de 2018 a setembro de 2019, quase 90 mil passageiros.
                No âmbito da promoção do destino, além da participação de diversos eventos nacionais e internacionais, a Emprotur começou a segmentar os tipos de turismo os quais o RN possui potencial, além do sol e mar. São eles: turismo histórico-cultural, de aventura, religioso, de responsabilidade social e eventos. Criou-se o produto denominado “Caçadores de pôr-do-sol” e foi realizado em novembro um famtour, trazendo nove dos principais operadores de turismo internacional do país para conhecerem as belas paisagens do litoral Norte, finalizando os oito dias com uma rodada de negócios entre os operadores e diversas empresas de turismo do Rio Grande do Norte.
                A Setur em parceria com o IFRN e o Senac (através do Programa Senac de Gratuidade) ministrou nos municípios de Natal, São Miguel do Gostoso, Tibau do Sul e Serra de São Bento, cursos de qualificação e capacitação para trabalhadores do setor turístico  voltados para idiomas, atendimento ao público, estratégias de venda, receptividade, entre outros.  
                Ao longo do ano, foram realizados 23 eventos municipais, alguns com repercussão nacional, que geraram fluxo turístico e criaram potencial para atrair mais viajantes para o estado. Tais como: Fest Bossa e Jazz (Pipa e São Miguel do Gostoso), Caju AgroFest (Portoalegre), Mostra de Cinema de São Miguel do Gostoso, Festival do Atum (Areia Branca), etc.
                A obra de ampliação do novo espaço do Centro de Convenções de Natal foi concluída e este importante equipamento de realização de eventos, durante todo o ano, recebeu 56 eventos gerando uma renda de mais de três milhões de reais aos cofres públicos.
                No segundo semestre, foi instituído o novo mapa do turismo brasileiro, obedecendo aos critérios do Ministério do Turismo. Com o remapeamento, o RN que possui 167 municípios, passou a ter 79 municípios turísticos, cerca de 48% das cidades potiguares. A Setur realizou ainda o Seminário de Fortalecimento e Formalização das Instâncias de Governança Regional (IGR’s), reunindo membros e representantes dos conselhos regionais dos cinco polos turísticos do estado, entidades privadas e gestores públicos. O Cadastur, setor responsável pelo cadastramento de empresas do setor, realizou quase o dobro de registros: em 2018 foram 608 e até meados de dezembro de 2019 foram 1.070 empresas do segmento catalogadas.
                Em outubro, pela primeira vez, o trade turístico e a Secretaria de Turismo se uniram para sensibilizar a bancada federal e foram apresentar pleitos importantes da categoria para destinação de emendas individuais. A ação resultou em cerca de um milhão e cem mil reais destinados apenas para a promoção e divulgação do destino com a rubrica dos senadores Jean-Paul Prates, Zenaide Maia e os deputados Betinho Rosado e Walter Alves.
                A estratégia de divulgação, além da segmentação, ganhou um direcionamento digital. O governo do Rio Grande do Norte, via Setur/RN e Emprotur, realizou uma campanha digital inédita de promoção com agências de vendas e portais de divulgação para aqueles que buscam visitar o estado.  Entre alguns dos parceiros digitais estão: Decolar, a 6ª maior empresa de turismo do mundo, com 30 milhões de usuários; Melhores Destinos, o blog de turismo mais acessado do Brasil; Kayak, o metabuscador de viagens; Amadeus, uma plataforma internacional de busca de viagem. Foi também criado um conteúdo com um roteiro exclusivo do Rio Grande do Norte para a revista do grupo Abril: Viagem & Turismo. Em novembro, os sites promocionais do RN: “Tudo Começa Aqui RN” e do Centro de Convenções de Natal foram lançados para o público final.
                “2019 foi um ano que obtivemos muitas conquistas, e a nossa expectativa é que o ano de 2020 seja ainda melhor. Desenhamos a promoção do destino para atender as demandas de forma segmentada e assim trazer ainda mais turistas para o Rio Grande do Norte. A tendência que vai perdurar para o próximo ano é o foco em engajamento digital, voltado aos resultados de vendas”, finalizou o presidente da Emprotur, Bruno Reis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.