Turismo de luxo: o céu não é mais o limite

Demanda represada e novo comportamento do consumidor impulsionam ofertas de roteiros personalizados envolvendo desde viagens espaciais a experiência com monges – Com o arrefecimento da pandemia, o turismo voltou a crescer no mundo, principalmente quando se fala em turismo de luxo. Segundo dados da edição 2021 do anuário da Associação Brasileira de Viagens de Luxo, o segmento faturou R$ 1,8 bilhão no período, alta de 50% se comparado a 2019. 

Entre os fatores estão a demanda represada, com turistas com recursos disponíveis para investir em viagens, além da própria mudança do comportamento do consumidor que passa a exigir roteiros diferenciados, e aí está o desafio.

Muitas agências consideram que oferecer a viagem é simplesmente equilibrar dias e passeios dentro de um orçamento e está pronta a melhor oferta de roteiro. Mas não é assim que funciona. O desafio para quem cuida de turismo de luxo é proporcionar a melhor experiência e isso acontece, a partir do momento que a pessoa entra na agência para escolher um destino. 

“O cliente precisa se sentir abraçado quando decide fechar uma viagem. Ele não quer comprar um pacote de turismo simplesmente. Ele quer receber o máximo por aquilo que ele pode pagar. Isso é turismo de luxo, ou seja, entender a necessidade do cliente e oferecer sempre a experiência de qualidade e inesperada”, explica Ilan Wallach, um dos sócios da GSP Atlanta Travel – empresa originária da recente fusão entre a GSP Travel e Atlanta Tour, cinquentenárias no mercado de turismo de luxo.

A nova agência já é referendada com o selo Virtuoso, que garante uma curadoria e a garantia de serviços exclusivos concedidos em roteiros no mundo inteiro. Com a fusão, a GSP Atlanta Travel, preferred partner, das mais importantes redes hoteleiras do mundo, oferece o que há de melhor do turismo e disponibiliza roteiros exclusivos que contam com a participação de profissionais que ajudam a enriquecer a experiência. 

Da natureza ao espaço

Quando GSP Atlanta Travel, através de seus sócios, Ilan Wallach, Rogê David e Marcelo Auada, fala de promover experiências inesquecíveis, ela não brinca. Wallach cita um passeio na França que pode envolver qualquer turista e mostra isso ao lembrar da recente inauguração do Le Grand Contrôle, um hotel dentro do Palácio de Versalhes em que o hóspede é levado a viver nos tempos do Rei Luís XV e, durante sua estada, ser tratado como um verdadeiro monarca. 

Roteiros cuidadosos que envolvem desde uma expedição pela Antártica ou pelo Ártico, ou uma viagem inesquecível para o Butão, considerado o país mais feliz do mundo, onde o viajante conhece templos, conversa com monges, fica maravilhado com uma ponte de ferro feita de correntes há cerca de 700 anos e vislumbra as cadeias montanhosas do Himalaia em uma visão panorâmica de tirar o fôlego.

Segundo Rogê David, um dos gestores da agência GSP Atlanta, o conceito do turismo de luxo passou por grandes transformações nos últimos tempos. “O turismo de luxo deixou de ser visto como um produto, mas sim um serviço personalizado, com base na experiência cada vez mais hiper personalizada, atendendo os anseios do viajante em todos os sentidos, seja físico, emocional, cultural ou intelectual”, analisa o executivo.

Em se tratando de promover experiências, a agência foi pioneira ao vender, aqui no Brasil, uma viagem para o espaço com a Virgin Galactic, empresa de turismo espacial de Richard Branson. A aposta da GSP Atlanta Travel, agora, é que a parceria possa proporcionar o acesso de mais brasileiros a esse tipo de experiência.

Mas se a vontade é explorar as belezas da natureza, a companhia oferece um roteiro que faz uma “jornada animal” pela Tanzânia, onde é possível ver de perto animais como zebras e gnus em época de migração no parque Tarangire, maior fonte de água doce da região. O viajante ainda pode participar de um tradicional jantar Masai, feito pela tribo da região, cujos integrantes ainda fazem uma apresentação de dança. Para completar a experiência, é possível desfrutar de um piquenique ao redor da cratera Ngorongoro, considerada a oitava maravilha do mundo.

Consolidação dos negócios

A nova formação da agência apenas potencializou a vontade dos sócios em promover, a partir da fusão, a consolidação do propósito de entender a ansiedade do cliente. Juntos, eles somam mais de 120 países viajados. 

Marcelo Auada destaca também a importância de investir em treinamento em todos os elos que compõem as experiências de luxo. “O atendimento é parte fundamental da experiência turística que queremos ofertar. Por isso, investimentos muitas horas de treinamento com colaboradores de companhias aéreas, de cadeias hoteleiras, equipes marítimas, entre tantas outras. A viagem precisa ser perfeita do começo ao fim”, explica.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.