Soccerex tem fornecedora exclusiva de vinhos brasileiros

Apesar de menos conhecida do que a nossa capacidade de produzir craques, a elaboração de vinhos no Brasil é ampla e talentosa, reconhecida por mais de 2,4 mil medalhas internacionais. Hoje, a produção de uva e a elaboração de vinho estão distribuídas por mais de 10 estados e regiões do Brasil, de Norte a Sul, com clima tropical, temperado e frio. Os melhores exemplares desta produção pujante de vinhos e espumantes brasileiros estão escalados para a Soccerex Global Convention, maior feira de negócios do futebol do mundo, que se realiza de 26 a 30 de novembro, no Rio de Janeiro.

Por meio do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), oito empresas verde-amarelas abastecerão com mais de 2.400 rótulos a Soccerex, maior plataforma de negócios do futebol em todo o mundo, que terá mais de 4 mil participantes do mundo todo. Aurora, Família Valduga, Miolo, Salton, Dunamis, Lidio Carraro, Villa Francioni e Cooperativa Nova Aliança são as vinícolas oficias do evento. “Nos orgulha muito termos sido escolhidos pela Soccerex para fornecermos os vinhos deste que é o evento mais representativo dos negócios do futebol do mundo”, afirma o gerente de Marketing do Ibravin, Diego Bertolini. “Nossa participação no evento tem o objetivo de prospectar as oportunidades para os vinhos brasileiros com a realização da Copa do Mundo no País”, explica Bertolini.

A visibilidade do Brasil no mundo com a realização da Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas em 2016, no Rio de Janeiro, abrirá novos espaços de mercado para os vinhos brasileiros no exterior. “Pretendemos fazer contatos com as dez grandes representações comerciais enviadas por governos estrangeiros para a Soccerex”, observa Andreia Gentilini Milan, gerente do projeto Wines of Brasil, realizado em parceria entre o Ibravin e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). O Wines of Brasil reúne 37 empresas com o objetivo de posicionar o produto brasileiro no mercado internacional através da promoção do vinho fino engarrafado. A expectativa para este ano é exportar US$ 3 milhões – 30% a mais do que no ano passado.

Vinho e futebol

Andreia lembra que a diversidade climática e a criatividade do brasileiro, que tem uma capacidade singular de reinventar tudo, levou o País a ter uma vitivinicultura original. “Assim como no futebol, que chegou aqui pelos pés dos ingleses e logo se transformou no nosso principal esporte, a tradição europeia trazida ao Brasil por milhares de imigrantes italianos no século 19, aliada ao investimento em novas técnicas e inovação, resultou em algo inusitado no mundo do vinho”, lembra. “Em um só País, temos vários sabores e aromas com a marca da diversidade brasileira, mas com um estilo único – vinhos jovens, frescos, frutados e com presença moderada de álcool”, comenta Andreia.

Para ela, o vinho brasileiro pode ser resumido em uma palavra: autenticidade. Assim como no futebol. “É por isso que os vinhos brasileiros têm a cara do Brasil”, conclui, acrescentando que, hoje, o Brasil é o 5º maior produtor de vinhos do Hemisfério Sul. “Queremos pegar carona no reconhecimento que o futebol brasileiro tem no mundo para mostrar o valor dos nossos vinhos”, revela. Os rótulos verde-amarelos são sempre recebidos com curiosidade e atenção pelo mundo afora, justamente pela boa imagem que o Brasil possui no exterior. “Além de ser famoso pelo futebol, nosso país é sempre lembrado como um lugar de festa e diversão. Agora, ainda está sendo reconhecido pelo bom momento econômico e isso atrai muitos olhares para os nossos setores produtivos”, destaca a gerente do Wines of Brasil.

Estreia

A presença dos Vinhos do Brasil na Soccerex começou já na coletiva oficial de imprensa, realizada na última terça-feira (22), quando as personalidades receberam presentes que incluíam vinhos brasileiros. Garrafas com os rótulos verde-amarelos das oito vinícolas presentes no evento, foram entregue em cerimônia oficial ao inglês Duncan Revie, CEO da Soccerex; Márcia Lins, Secretária Estadual de Esportes e Lazer do Estado do Rio de Janeiro; Sergio Waib, Vice-Presidente da Unidade de Conhecimento e Relacionamento da XYZ Live, parceira da Soccerex no Brasil; Dennis Brueggemann, Presidente e Diretor Administrativo da Special Olympics na América Latina, e Mário Jorge Lobo Zagallo, ex-técnico e jogador da Seleção Brasileira. Agora, em todos os espaços da Soccerex, será possível experimentar o talento e ousadia dos vinhos brasileiros.

Para mais informações, acesse www.vinhosdobrasil.com.br ou www.winesofbrasil.com. Ou acesse os endereços dos vinhos brasileiros nas redes sociais: facebook.com/vinhosdobr; facebook.com/brazilianwines; @vinhosdobrasil; @winesofbrasil; youtube.com/vinhosdobrasil; e youtube.com/winesofbrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.