Sistema Fecomercio promove encontro da Orquestra Sinfônica da UFRN e Camila Masiso no show de encerramento da Cientec 2011

Que tal misturar clássicos da MPB com arranjos de música clássica? Essa é a tônica do encontro da Orquestra Sinfônica da UFRN e da cantora potiguar Camila Masiso, que mostram mais uma vez toda a versatilidade no show de encerramento da Cientec 2011. A apresentação acontecerá no próximo dia 21, às 20h30, no Anfiteatro da UFRN, com entrada gratuita. O primeiro show aconteceu em setembro, no encerramento do Liquida Natal, e resultou na gravação de um cd e um DVD.

O evento conta com o apoio do Sistema Fecomercio, que através do SESC, fechou uma parceria inédita com a Orquestra Sinfônica da UFRN, reforçando o apoio da instituição à cultura local. “Seguindo a sua nobre missão de contribuir para a melhoria da qualidade de vida do trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo, o SESC RN, oferece este verdadeiro presente à cidade”, enfatiza o presidente do Sistema Fecomercio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz.

Até o final do ano, outras apresentações da Sinfônica da UFRN e Camila Masiso estão agendadas em Mossoró, Caicó e em Natal, no Teatro Riachuelo, com a participação do músico e instrumentista Diogo Guanabara.

Orquestra Sinfônica da UFRN

Formada por 75 músicos, alunos dos cursos técnico-profissionalizante, bacharelado e de pós-graduação da Escola de Música da UFRN, a Orquestra Sinfônica vem se afirmando pela qualidade artística do grupo, sendo reconhecida não só no Rio Grande do Norte, mas também em estados vizinhos onde tem se apresentado. Em 2010, a OSUFRN realizou com grande sucesso um concerto na “Mostra Internacional de Música de Olinda” (MIMO), que contou com a presença ilustre do escritor Ariano Suassuna, autor do libreto da Sinfonia de Danilo Guanais.

A comissão que preside a Orquestra é formada por professores que atuaram em corpos orquestrais como OSESP, OSB e OSPB, além do Diretor Artístico, Maestro André Muniz.

Camila Masiso
O Tricor foi o primeiro contato profissional da cantora com a música. Em 2009, após o término do grupo, Camila investiu na carreira solo e deu uma pausa na carreira jurídica, pois queria se dedicar integralmente à música.
As pessoas se surpreendiam com a desenvoltura da cantora no ramo da música popular brasileira, sendo inevitável a necessidade de dar início a uma empreitada autoral. Após um contato com o músico potiguar Diogo Guanabara, a dupla consagrou a parceria. Camila gravou três composições do músico e enviaram o material para o primeiro festival MPBeco. Foram para a final com a música “Na Quina” (Diogo Guanabara/Rodrigo Levino). Em Outubro de 2010, a cantora lançou o álbum “Boas Novas”, no Teatro Alberto Maranhão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.