Secretários de Turismo do Nordeste discutem região como produto único para impulsionar setor


As Secretarias de Turismo do Nordeste criaram movimento que visa unificar esforços na defesa e fomento da atividade turística nos nove estados. Os “DESTINOS DO NORDESTE – UNIDOS PELO TURISMO” lançou marca e documento durante encontro, nesta quarta-feira (13), no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza.

Além de discutir pontos como a aviação regional e os subsídios para fortalecer o setor, os gestores de Pernambuco, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas, Sergipe e Bahia planejam ações promocionais conjuntas e a criação de um produto turístico unificado.

“A ideia de nos unirmos surgiu na última reunião do Fornatur, em São Paulo. Queremos divulgar o Nordeste de forma única, temos muitas semelhantes, mas também nossas peculiaridades. Queremos que os turistas que visitam os Estados estiquem suas estadas e visitem mais de um destino. Para isso estamos preparando campanhas publicitárias em conjunto e em contato com o Ministério do Turismo e Embratur vamos captar verbas para melhoria da infraestrutura dos nossos cartões-postais”, comenta o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco e vice-presidente Regional Nordeste do Fornatur, Rodrigo Novaes. 

“Temos muito potencial isoladamente, se nos unirmos, podemos dar um salto grande e concorrer com destinos como o Caribe, por exemplo. Somos fortes e, juntos, podemos ter mais força para pleitear verbas e ações junto ao Governo Federal, por exemplo”, destaca o secretário do Turismo do Ceará, Arialdo Pinho.

Na esteira do recém-criado Consórcio dos Estados do Nordeste, e balizados no Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais do Turismo, firma-se esse movimento em que “os Estados se uniram de forma assertiva para trabalhar conjuntamente e proativamente na potencialização de resultados para toda a região” afirmou o secretário adjunto Hugo Paiva Veiga, que representou o gestor da pasta no Maranhão, Catulé Júnior.

Outro tópico discutido foi a participação dos Estados em conjunto nas principais feiras de turismo do mundo.  “Vamos tentar fechar um calendário unificado e participarmos juntos de alguns eventos do setor”, detalha o secretário baiano Fausto Franco.

Inicialmente, o movimento buscará recursos no Ministério do Turismo para investir em publicidade, destacando a recuperação das praias após o desastre ambiental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.