Rock in Rio deve atrair 10 mil turistas estrangeiros de 21 países

Organização do evento estima um impacto econômico de R$ 1,7 bilhão, com 28 mil empregos gerados, o que contribui para o crescimento de turismo de negócios no BrasilQuase 700 artistas, 250 shows e 500 horas de experiência. O Rock in Rio 2022 começa nesta sexta-feira (02/09) com a expectativa de ser a maior edição de todos os tempos. Um cenário animador não só para o público e para os idealizadores do evento, como também para movimentação do turismo. De acordo com a organização da festa, estima-se que 10 mil turistas estrangeiros curtam os sete dias, chegando ao Brasil de 21 países diferentes.
 

“Isso demonstra a força que grandes eventos, como o Rock in Rio, têm para fomentar o turismo internacional. Para se ter uma ideia, em apenas seis meses, o faturamento do segmento de negócios, que abarca grandes eventos, congressos, seminários, entre outros, já superou todo o ano de 2021, com R$ 4,8 bilhões”, afirma o presidente da Embratur, Silvio Nascimento.
 

Para esta edição do festival, a organização calcula a geração de empregos de 28 mil postos de trabalho, da produção do espetáculo até a estruturação do parque, como montagem, limpeza e muitos outros setores. O impacto econômico estimado para esta edição, conforme dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV), gira em torno R$ 1,7 bilhão na cidade do Rio de Janeiro, por meio da rede hoteleira, comércio e pontos turísticos. Ao todo, mais de 60% do público é de fora da cidade.
 

Turismo de negócios
 

A realização do Rock in Rio, certamente, ampliará os números do turismo de negócios, que já demonstra sinais positivos de retomada. Conforme a Associação Brasileira das Agências de Viagens Corporativas (Abracorp), o faturamento do segmento mais que triplicou nos primeiros meses deste ano, quando comparado ao mesmo período de 2021. Ao todo, foram contabilizados cerca de R$ 4,8 bilhões, com destaque para os serviços aéreos (R$ 3,1 bilhões).
 

Em 2021, o faturamento total alcançou R$ 4,370 bilhões, que representaram cerca de 40% do faturamento em 2019 (R$ 11,388 bilhões), mas também um crescimento de 18% em comparação aos números de 2020 (R$ 3,705 bilhões).
 

Conforme a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua — PNAD Contínua, o turismo de negócios foi responsável por 14,6% das viagens realizadas dentro do país em 2021. Já no Estudo da demanda turística internacional do Ministério do Turismo, o segmento foi o segundo principal motivo da vinda de estrangeiros ao Brasil em 2019. Ao todo, 15,4% dos estrangeiros que chegaram ao Brasil foram motivados por esta finalidade, com gastos diários per capita de US$ 77,39.
 

Sobre o Rock in Rio
 

O Rock in Rio foi criado em 1985 e foi responsável por colocar o Brasil na rota de shows internacionais. Batendo recordes de público a cada edição e gerando impactos positivos nos países onde é realizado, se consagrou como o maior festival de música e entretenimento do mundo.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar varios serviços no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!