Rede Tierra prepara reabertura de seus hotéis no segundo semestre

O Chile tem registrado os melhores níveis de imunização da América do Sul

O Chile já vacinou mais de 3 milhões de pessoas (até 23/2), de acordo com o Ministério de Saúde (MINSAL), e com isso garantiu os melhores índices de imunização da América do Sul, que podem ser comparados aos dos Estados Unidos e da União Europeia.

O cenário se deve às negociações antecipadas para a aquisição de doses e é bastante positivo para hotéis como os da Rede Tierra, que preparam a reabertura para o 2º semestre deste ano.

A decisão de postergar o reinício das atividades se deve à filosofia do Tierra Atacama, Tierra Patagonia e Tierra Chiloé, que buscam sempre proporcionar as melhores experiências para seus hóspedes.

A operação dos três empreendimentos preza pela saúde dos colaboradores e moradores dos entornos e depende da locomoção para destinos remotos, já que todos ficam distantes da capital Santiago. As datas previstas de retomada do funcionamento são: 3 de setembro para o Tierra Atacama, 1º de outubro para o Tierra Patagonia e 30 de outubro para o Tierra Chiloé. Todas dependem das indicações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das autoridades chilenas.

No momento as fronteiras do Chile estão abertas para turistas brasileiros, mas com uma série de exigências. Para começar é necessário apresentar na chegada um exame de PCR negativo que tenha sido realizado no máximo 72 horas antes do embarque e também preencher de forma eletrônica uma declaração juramentada com informações de contato, saúde e histórico de viagem.

Além disso, deve-se ter um seguro-saúde que cubra benefícios associados à Covid-19 durante a permanência no Chile, com uma cobertura mínima de US$ 30.000.

Nos 14 dias após a entrada no país devem ser preenchidos formulários diários de acompanhamento. Vale lembrar que desde 31 de dezembro a quarentena de 10 dias é obrigatória e só pode ser suspensa mediante um resultado negativo de PCR obtido a partir do sétimo dia. Os brasileiros também não podem ter passado pelo Reino Unido 14 dias antes da chegada ao país.

As restrições também valem paras viagens domésticas. Após a chegada a Santiago somente se tem 24 horas para seguir até o destino final em outra região do país, onde as medidas sanitárias deverão ser cumpridas. Para o deslocamento é necessário apresentar o cartão de embarque da companhia aérea e só é possível viajar para as comunas que estejam na fase 2 ou superior da pandemia.

A licença para viajar entre regiões deve ser obtida no site www.comisariavirtual.cl. Se a viagem começar em uma comuna que estiver na fase 3 e for para uma comuna nas mesmas condições não é necessário completar a licença de férias, uma espécie de passaporte sanitário.

A situação das comunas deve ser verificada no site www.gob.cl/pasoapaso#situacioncomunal

Mais informações sobre a rede Tierra podem ser obtidas no site www.tierrahotels.com ou com os principais operadores e agentes de turismo do Brasil.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.