Recomendações da Infraero garantem uma boa viagem

A alta estação está aí e com ela a aceleração no ritmo das cidades também se altera. Os ônibus e vans escolares são substituídos pelo ir e vir de taxista à caminho ou voltando do aeroporto. É alta temporada, mas seguindo as dicas da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), os passageiros podem evitar uma série de transtornos comuns nesta época, não apenas no Brasil como em qualquer parte do mundo, seguindo dicas rápidas e práticas que podem assegurar o sucesso da viagem.
Os aeroportos se prepararam para o período fazendo um check-list do roteiro que o passageiro cumpre até chegar a hora de entregar sua mala à empresa aérea. Reuniões com todos os órgãos públicos que têm atuação no aeroporto afinaram o discurso e cravaram o foco na agilidade para que os procedimentos legais tomem o mínimo de tempo possível, mas o passageiro também deve dar sua cota de contribuição.
Considerar o trânsito da sua cidade e as possibilidades de itinerário é uma boa dica para driblar possíveis congestionamentos provocados por acidentes ou recuperação das vias públicas. Os voos domésticos demandam uma hora de antecedência para as providências de despacho de bagagens e as inspeções de segurança. Portanto, é recomendável chegar pelo menos com essa antecedência e imediatamente procurar a empresa escolhida para a viagem.
Não leve em sua bagagem de mão objetos pontiagudos ou cortantes que possam oferecer perigo para uma pessoa. Evite colocar na valise de mão, recipientes contendo mais de 500 ml de qualquer líquido. A legislação de segurança é regida por normas internacionais e estar com esses objetos certamente causará retardo ao seu proprietário e atrasará o processo de embarque.
A Infraero treinou e reforçou a equipe de funcionários para agilizar o atendimento dentro do terminal de passageiros. Além das empresas aéreas, a Infraero mantém um balcão de informações com recepcionistas bilíngües, aptos a atender com eficiência, inclusive portadores de deficiência ou mobilidade reduzida. Além desses funcionários, uma equipe está identificada com coletes amarelos, “Posso ajudar?”. Caso precise de informações, procure alguém credenciado pelo aeroporto.
Na fila para o check-in ou na pausa do cafezinho, o passageiros não deve perder a atenção com sua bagagem. Uma sugestão é identificar com uma pequena etiqueta os objetos pequenos, mas fáceis de serem esquecidos, como celulares, máquinas fotográficas, etc. O aeroporto conta com um serviço de perdidos e achados e quando o objeto é entregue, profissionais da empresa buscam pistas para devolvê-los aos legítimos donos.
Quem desembarcar no aeroporto e for para a cidade de táxi, dê preferência aos credenciados pela administração aeroportuária. Não negligencie da sua segurança aceitando propostas de corridas aparentemente mais econômicas.
O terminal de passageiros disponibiliza táxis especiais, pré-pagos ou comuns.
Com essas orientações, a Superintendência do Aeroporto Internacional Augusto Severo confia numa viagem segura e tranqüila para todos os que escolherem Natal como portão de entrada do Nordeste ou os que usarem o aeroporto para outros destinos do país.

Balcão de Informações: (84) 3087-1200

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.