Programas de fidelidade diversificam opções de resgate para atender às novas demandas dos consumidores

O que fazer com pontos/milhas durante a pandemia?

Programas de fidelidade diversificam opções de resgate para atender às novas demandas dos consumidores

Neste momento em que o mundo enfrenta tantas dificuldades, empresas de diversos setores têm de se movimentar para oferecer opções e comodidades a seus clientes que tiveram suas rotinas alteradas. E o mercado de fidelização não está imune a essas mudanças. Dados da Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF) apontaram que, no primeiro trimestre do ano, os participantes dos programas de suas associadas ampliaram o resgate de produtos do varejo, chegando a 30,9% dos pontos/milhas resgatados. Foi a primeira vez, no histórico da entidade, que esse indicador ultrapassou os 30%, impactado pelo menor movimento no mercado aéreo durante a pandemia.

Diante dessas novas necessidades e com as viagens em pausa, as empresas do setor têm investido ainda mais em novas estratégias e na expansão do mix de produtos e serviços para possibilitar que seus consumidores continuem aproveitando os benefícios dos programas mesmo com a recomendação de isolamento social. “Esse é um movimento que já assistimos há bastante tempo. Os programas de fidelidade têm apostado na diversificação do catálogo e na negociação constante com parceiros para oferecer oportunidades cada vez melhores aos participantes. Agora, diante desse novo cenário, eles estão preparados para ofertar boas oportunidade para os mais variados perfis de consumidores”, explica o diretor executivo da ABEMF, Paulo Curro.

Conheça algumas opções de resgate:

Crédito combustível – Mesmo com medidas de isolamento social, as pessoas continuam utilizando veículos para serviços essenciais, como compras em supermercados, ou para se deslocar até o trabalho, no caso de quem não está em regime de home office. A troca dos pontos/milhas por combustível pode significar uma oportunidade para economizar e dar aquela ajuda na hora de fechar as contas do mês.

Produtos para casa – A maior permanência em casa tem levado muitas pessoas a mudar a rotina e assumir os afazeres domésticos, investindo mais tempo na cozinha, na organização ou decoração dos ambientes. Por isso, os pontos/milhas podem se transformar em um eletrodoméstico, eletroeletrônico ou um item de decoração para tornar as horas em casa ainda melhores e mais confortáveis.

Para o home office – Nem todos que estão trabalhando em casa têm o espaço adequado para isso. Uma cadeira mais confortável, uma mesa de escritório, itens de papelaria ou produtos de tecnologia que facilitem à conexão com os colegas de trabalho fazem a diferença nesse momento. E esta também pode ser uma opção para a troca de pontos/milhas, uma vez que as empresas possuem os itens mais variados em seus catálogos.

Doações – Fazer uma boa ação é sempre bem-vindo. Durante esse período difícil, há ainda mais pessoas que precisam de ajuda. Por isso, aproveitar os programas de fidelidade para fazer doações pode ser uma excelente opção. Basta acessar o site do seu programa e seguir alguns passos para que seus pontos/milhas se transformem em algo bom para outra pessoa também.

Viagens futuras – Apesar da diminuição dos voos durante a pandemia, ainda é possível resgatar passagens aéreas nos programas de fidelidade. A flexibilização das regras pelas companhias aéreas tem permitido até que clientes comprem bilhetes e programem posteriormente a data de embarque, em alguns casos. A orientação é que o participante busque informações junto ao seu programa sobre as novidades de cada um.

Para aproveitar os benefícios da melhor forma, a orientação dos especialistas da ABEMF é que os participantes busquem sempre as informações nos canais oficiais dos programas e fiquem atentos aos comunicados enviados por eles com promoções. “Hoje, em muitos casos, o participante tem a facilidade de fazer o seu resgate sem sair de casa, por meio das páginas na internet ou de apps“, conclui Paulo Currro.

Sobre ABEMF

A Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização nasceu em 2014 com o objetivo de debater questões institucionais e regulatórias do setor, representar os interesses de empresas e profissionais, além de fomentar ações para o fortalecimento e aperfeiçoamento contínuo do mercado brasileiro de fidelização.

Fazem parte da entidade onze das maiores companhias do segmento no país: Dotz, Elo, GPA, Juntos Somos Mais, Latam Pass, LTM, Mastercard, Orbia, Smiles, TudoAzul e Visa. Entre as atividades desenvolvidas pela ABEMF estão a divulgação de dados do setor, obtidos por meio de estudos e pesquisas, e a busca por incentivos que beneficiem o mercado e seus associados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.