Novas regras de cartões de crédito aumentam custo-benefício de viajar para Argentina

custo-benefício de viajar para a Argentina aumentou ainda mais

Novas regras para cartões de crédito se somaram ao câmbio favorável e aos preços menores do país vizinho
 Avenida 9 de Julio, Buenos Aires / Divulgação Inprotur

Paisagens incríveis, experiências inesquecíveis, destinos de aventura? Relaxar em um spa, aproveitar massagens e águas termais? Ou viver a vida noturna, a cultura, a gastronomia e as compras? Quem viaja pode estar em busca de diversos tipos de atrações, mas uma coisa é comum a todos os perfis: todos esperam conseguir mais pelo seu dinheiro. É justamente essa equação que está fazendo com que os brasileiros busquem cada vez mais destinos na Argentina.

Há algum tempo os turistas perceberam que uma passagem de São Paulo para Buenos Aires podia ser mais barata que uma passagem para o Rio de Janeiro. O câmbio, que é uma das grandes preocupações de quem vai viajar, está extremamente favorável aos brazucas na Argentina. E, para unir o útil e o agradável, os cartões de crédito Visa e Mastercard agora fazem a conversão das compras e despesas no país vizinho utilizando uma taxa de câmbio muito mais favorável — o “dólar MEP”, chamado popularmente de “dólar tarjeta”, que é muito próximo do câmbio paralelo. Com isso, ao fazer compras e pagar despesas na Argentina, o turista se beneficia de uma taxa muito melhor, não precisa mais ficar trocando dinheiro vivo por dólares — e ainda ganha alguns dias para pagar, até a data do vencimento da fatura. Outra vantagem extra é que, na Argentina, quem paga o hotel com cartão de outro país está isento do imposto sobre valor agregado (IVA), que em tantos outros países acaba inflando o preço da hospedagem.

Quando as fronteiras dos países reabriram após a pandemia, a revista inglesa Time Out publicou um ranking de preços de viagem nos 75 principais destinos turísticos do mundo, e Buenos Aires foi considerada a melhor relação custo-benefício. Para os brasileiros essa proporção só melhorou desde então. Segundo um estudo feito pela consultoria econômica Austin Rating, o Real foi uma das moedas que mais se valorizaram em 2022, subindo 6,9% em relação ao Dólar, ao mesmo tempo em que o peso evoluiu para um câmbio ainda mais favorável.

Segundo o site Numbeo, que tem a maior base de dados mundial sobre custo de vida, os preços ao consumidor em Buenos Aires são em média 26% menores do que em São Paulo. Uma refeição para um casal em um restaurante médio custa 28,7% menos e uma garrafa de vinho custa em média 55,4% menos. Números interessantes para quem está planejando a viagem de férias, ou para quem quer programar as viagens nos 7 feriados prolongados que os brasileiros terão em 2023.
 

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.