Novas descobertas em Israel proporcionam uma visão fascinante sobre os milhares de anos de desenvolvimento humano


Entre os achados arqueológicos na região da Judeia estão um templo de 6000 anos e o primeira construção com cerca de 10000 anos

Uma prolongada escavação arqueológica está produzindo descobertas surpreendentes, que proporcionam um quadro amplo que abrange milhares de anos de desenvolvimento da sociedade humana. Restos de uma colônia foram desenterrados no local, sendo o mais antigo datando do início do oitavo milênio aC e o mais recente para o final do quarto milênio aC.

Os achados descobertos no local são datados desde o período em que o homem começou a domesticar plantas e animais ao invés procurá-los na natureza, até o período em que vemos os primórdios de um reconhecido planejamento urbano.

Os artefatos mais antigos encontrados no local são atribuídos ao período Neolítico Pré-Cerâmica (10.000 anos atrás). Segundo o Dr. Amir Golani, Dr. Yaakov Vardi , Benyamin Storchan e Dr. Ron Be’eri , os diretores da escavação, em nome da Autoridade de Antiguidades de Israel, “Esta é a primeira vez que uma estrutura tão antiga foi descoberta na região da Judeia”.

5

Um jarro típico do início da Idade do Bronze foi descoberto enterrado sob o piso de um edifício. Fotografia: Dr. Ron Be’eri, cortesia da Autoridade de Antiguidades de Israel

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.