Monte Verde (MG) volta à onda vermelha e turismo retoma com 50% da capacidade


Novas regras passam a valer a partir deste sábado (17/04)


– Após permanecer 31 dias com comércio e turismo fechados, Monte Verde (MG) volta, a partir deste sábado (16), à onda vermelha do plano Minas Consciente e retoma o funcionamento dos setores com 50% da capacidade de atendimento. A decisão foi anunciada pelo Governo do Estado de Minas Gerais hoje (15). Em conjunto com 17 associações comerciais de destinos turísticos mineiros, a MOVE (Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e Região) elaborou uma carta-manifesto defendendo o turismo consciente, que foi entregue ao Estado na última segunda-feira (12). “Com base no que vivemos no nosso distrito nos últimos meses, entendemos que é possível retomar de forma responsável, consciente e com segurança, sem uma radicalização prejudicial aos meios de sobrevivência da população. Em reunião com o secretário estadual de Cultura e Turismo, Leônidas de Oliveira, ele afirmou que o modelo adotado por Monte Verde durante a pandemia deverá ser utilizado como referência às demais localizações”, afirma a presidente da agência, Rebecca Wagner.

A estimativa é que o período de portas fechadas tenha causado um prejuízo de cerca de R$ 15 milhões ao distrito, que conta com, aproximadamente, 740 empresários, sendo 80% deles de pequeno porte. Para minimizar as perdas, que se acumulam desde o ano passado, a MOVE desenvolveu um pacote de ações que auxiliam na sobrevivência dos negócios locais.

“Criamos protocolos diferenciados de atendimento em todos os nossos estabelecimentos, seguindo regras e decretos elaborados pelos poderes executivo, legislativo e judiciário, das esferas municipal, estadual e federal, no que tange à salvaguarda das vidas dos nossos moradores, trabalhadores e visitantes. A higienização e o distanciamento, principalmente, foram amplamente respeitados, e continuaremos seguindo as orientações das autoridades de saúde para manter o funcionamento do setor em plena segurança”, ressalta.

Onda vermelha
Nesta fase do Minas Consciente, a onda vermelha permite o funcionamento de todas as atividades, porém, com as seguintes regras:

• Funcionamento dos estabelecimentos com 50% da capacidade de ocupação;
• Máximo de 30 pessoas por evento;
• Capacidade de 10m² por pessoa;
• Distância linear de três metros entre as pessoas.

Sobre a MOVE
Entidade associativa, apartidária e sem fins lucrativos, a MOVE (Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e Região) foi criada no início de 2020 para promover o desenvolvimento econômico sustentável e ético do distrito de Monte Verde, polo turístico que pertence ao município de Camanducaia (MG). A agência atua com o objetivo de fortalecer e dar voz ao empresariado, a fim de potencializar a vocação turística local sob os seguintes escopos: hotelaria, comércio, receptivos, alimentação, ambiental, social, industrial, esportivo, artístico e cultural. Tem, ainda, como valores a participação da sociedade na tomada das decisões e o cuidado e valorização da paisagem e da cultura local. Atualmente, com 140 associados, a MOVE apoia e oferece auxílio estratégico a empresas, poder público e comunidade para o enfrentamento de desafios comuns; identifica, fomenta e divulga oportunidades de investimentos; promove novos negócios e parcerias; apoia, produz e viabiliza eventos turísticos na região; e promove turismo diversificado e economia de alternativas para negócios sustentáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.