Ministro do Turismo participa de audiência pública sobre padronização da cachaça


 

Durante participação, Gilson Machado Neto destacou as ações do Ministério do Turismo para a promoção turística do produto
 

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, participou nesta quinta-feira (03.03) de audiência pública que busca padronizar e regulamentar a identidade e a qualidade da aguardente de cana e da cachaça brasileira. Promovida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a reunião discutiu, junto com os participantes (produtores, consumidores e representantes do setor regulado e sociedade), a definição de nomenclaturas e de um formato padrão de rótulos e embalagens, além da classificação dos produtos.
 

Em sua fala, o ministro Gilson Machado Neto ressaltou a relevância do tema para a agricultura e para a promoção do turismo de experiência no Brasil. “Regulamentar e padronizar estes dois símbolos brasileiros é de suma importância para quem faz turismo e para os que produzem estas bebidas, que são fonte de renda de tantos brasileiros. Além disso, eles fazem sucesso nas nossas feiras internacionais, sendo, inclusive, um dos momentos em que registramos a maior procura, com filas nos nossos estandes”, destacou.
 

Ainda durante a sua participação, Machado Neto destacou o trabalho do Ministério do Turismo para a promoção de produtos agroalimentares, através do programa Experiências do Brasil Rural. “Desde o ano passado, trabalhamos ações em parceria com o Ministério da Agricultura para promover o turismo em áreas rurais, respeitando a singularidade de cada canto do nosso país. E, neste ano, no âmbito do Experiências do Brasil Rural, vamos apoiar o desenvolvimento de roteiros que têm a cachaça como matéria-prima”, pontuou.
 

O projeto Experiências do Brasil Rural, iniciado em 2021, objetiva impulsionar produtos e serviços da agricultura familiar associados ao turismo, de forma a proporcionar vivências inovadoras a visitantes, diversificar a oferta turística nacional e gerar alternativas de renda no campo, a partir da formatação e do posicionamento de roteiros. A partir da próxima semana, a Pasta selecionará oito roteiros turísticos pertencentes às cadeias agroalimentares do café, cachaça, farinha de mandioca e mel.
 

ROTEIROS TURÍSTICOS — Além de patrimônio histórico e cultural do Brasil, a cachaça também é a peça-chave de diversos roteiros turísticos no país. O Nordeste e alguns estados do Sudeste são fortes produtores da bebida. E diferente do que alguns pensam, a cachaça pode ser branca ou amarelada e passar ou não por barril de madeira. Em Cidades como Paraty (RJ) e Salinas (MG) há vários alambiques onde é feita a produção artesanal da bebida.
 

Em Minas Gerais, a bebida inspirou a criação do Circuito Turístico da Cachaça, lançado há apenas três meses, e reúne cinco municípios – Salinas, Taiobeiras, Rubelita, Fruta de Leite e Indaiabira – responsáveis pela produção de cerca de 70 rótulos da bebida.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.