Mais saudáveis, peixes ampliam competitividade com carne e frango e despertam interesse do mercado interno

Você sabia? O consumo regular de peixe traz vários benefícios para a saúde, como melhorar a memória, prevenir doenças cardiovasculares e fortalecer os ossos e dentes. Isto acontece porque é rico em gorduras boas, proteínas, vitaminas e tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Diante dos altos preços da carne, e mais recentemente do frango, os pescados estão voltando às mesas dos brasileiros. Tanto que, pouco a pouco, o cidadão está botando mais o peixe no prato. O consumo per capita cresce modestamente e hoje chegamos a 10,6 quilos por ano – porém índice ainda abaixo do preconizado pela Organização Mundial da Saúde, que é 12 quilos. Para se ter ideia, a média global é de cerca de 20 quilos anuais por pessoa.

Diante disso, defensores enfatizam as benesses do alimento. A Associação Americana do Coração recomenda o consumo de peixes pelo menos duas vezes por semana. Segundo Marcelo Martini, da Martuna Pescados, que vem se destacando nas exportações do atum e meca (RN lidera ranking brasileiro de exportações), revela que dentro dessa perspectiva e do compromisso social da empresa, estão destinando parte da produção dos pescados capturados para o mercado interno, comercializando ao potiguar com preço extremamente acessível. “Queremos incentivar o consumo desse pescado na nossa região. Nos países ocidentais, ainda há tímida ingestão desses alimentos ricos em ômega 3, como os peixes de águas profundas, como o atum. Precisamos consumir mais esse alimento”, disse.

Segundo Martini, o ômega 3 é rico em antioxidante e importante para redução de radicais livres; um potente anti-inflamatório que reduz o risco de aterosclerose e de complicações cardíacas como o infarto; vasodilatador; que previne agregação plaquetária; anti-cancerígeno e que reduz sintomas da TPM; melhora concentração, memória e performance cerebral, sendo indicado no tratamento da depressão, demência e Alzheimer. “O peixe é um alimento muito nutritivo, independentemente do tipo. É rico em proteínas, iodo, fósforo, cálcio e possui quatro vezes mais este nutriente que os outros tipos de carne – vitaminas A, E, do complexo B e D. E seu principal nutriente é o ômega 3”, explica.

DETALHANDO

1. Fortalecer o sistema imune

O peixe é fonte de proteínas e gorduras boas, como o ômega 3, que aumentam a produção das células de defesa do organismo, fortalecendo o sistema imune. É rico em vitamina C e vitamina E, que contêm propriedades anti-inflamatórias, protegendo o sistema de possíveis inflamações.

 2. Prevenir o aparecimento de osteoporose

O peixe é uma excelente forma de prevenir o aparecimento de osteoporose, pois é rico em vitamina D, que permite aumentar a absorção de cálcio no intestino e prevenir o desgaste dos ossos. Essa vitamina D também é muito importante pois ajuda a prevenir diabetes, infertilidade, câncer e problemas cardíacos.

3. Fortalecer os ossos e os dentes

Excelente forma de fortalecer ossos e dentes, porque é rico em cálcio, o que torna ossos e dentes mais fortes, prevenindo problemas como cáries. Os peixes gordos ricos em ômega 3 também ajudam a diminuir a perda óssea.

4. Prevenir o envelhecimento precoce da pele

Devido às propriedades antioxidantes, alguns peixes magros ajudam a retardar o envelhecimento precoce da pele e prevenir câncer da pele. Ricos em ômega 3, peixes gordos promovem renovação das células da pele.

5. Reduzir o risco de aterosclerose

Os peixes gordos reduzem risco de aterosclerose porque são ricos em ômega-3 e antioxidantes, que diminuem colesterol ruim e triglicerídeos, que formam placas de gordura nos vasos, melhorando circulação do sangue e prevenindo coágulos que podem resultar em infarto.

6. Melhorar a memória

O consumo regular de peixe melhora a memória porque é rico em ômega-3, antioxidantes e minerais, como o cálcio e o fósforo, que protegem as células do cérebro e garantem o seu correto funcionamento.

7.  Aliviar os sintomas de artrite

Os peixes gordos são boas fontes de ômega 3, que alivia sintomas da artrite por ter forte propriedade anti-inflamatória. Isso significa que, ao aumentar níveis de ômega-3, inflamação nas articulações reduz e dor também.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.