Lua de mel no Japão? Seis razões para escolher o país para a viagem dos sonhos a dois

Para complementar o álbum de casamento, vale fazer um ensaio fotográfico com trajes típicos japoneses em um cenário romântico
No inverno, a neve toma conta das montanhas japonesas e cria um clima perfeito para os recém-casados
O Japão oferece aos recém-casados vistas incríveis
Na primavera, as flores de cerejeira tomam conta do Japão e dão o clima romântico
Praias paradisíacas em Okinawa são destinos para os casais que gostam de sombra e água fresca à beira mar
As folhas vermelhas e douradas de Quioto encantam no outono japonês

Arquipélago tem opções para aproveitar o romance em todas as estações do ano. Organização Nacional do Turismo Japonês dá dicas para casais programarem a viagem

Com belezas naturais espalhadas por todos os cantos, cidades que contrastam modernidade e tradição, história e cultura fascinantes, o Japão promete ser um destino perfeito para os recém-casados. Com atrações para todos os gostos, o arquipélago reserva uma infinidade de surpresas para os que buscam romance, aventura, experiências gastronômicas, conforto, hospitalidade e passeios culturais. 

A Organização Nacional do Turismo Japonês (JNTO) lista razões para escolher o Japão para viagem dos sonhos de lua de mel e dá dicas para aproveitar ao máximo o que o país tem a oferecer.

1. Tecnologia e tradição

O Japão é um país de contrastes entre o novo e o antigo, com opções para todos os tipos de casais. Para os que gostam de modernidade, grandes cidades como Tóquio e Osaka oferecem muitas atrações, contato com a tecnologia, muitas lojas, bairros modernos e opções de entretenimento como museus de arte, parques, aquários e restaurantes. Já Quioto e Nara são boas alternativas para casais que desejam experimentar o Japão tradicional, pois são as capitais culturais do país. Nelas, há muitos templos budistas, jardins, palácios imperiais, santuários xintoístas e ostentam a arquitetura antiga japonesa. 

2. Aventura e natureza

Para os recém-casados em busca de aventura e natureza, o país tem mais de 30 parques nacionais e é lar de quatro Patrimônios Naturais da UNESCO, que guardam paisagens de tirar o fôlego, ilhas paradisíacas, florestas, cachoeiras e montanhas com muitas atividades, como trekking, escalada, trilhas e estações de esqui. Um passeio que leva ao topo do Monte Fuji, um dos principais cartões postais do Japão, em Shizuoka, para ver o nascer do sol é uma boa dica. São quatro trilhas até o cume, que abrem em julho, e o espetáculo nas primeiras horas da manhã é uma experiência de tirar o fôlego.

3. Belíssimas paisagens em qualquer estação do ano 

Primavera, verão, outono e inverno. Não importa a estação, o Japão oferece aos recém-casados vistas incríveis em uma viagem de lua de mel perfeita. O clima e as estações bem definidas em cada região garantem paisagens deslumbrantes e experiências únicas.

Primavera

Na estação mais colorida do ano, o grande destaque são as flores que colorem as ruas, os parques e as montanhas em todo o país. As mais famosas são as cerejeiras (sakuras) e um tradicional piquenique de hanami (tradição japonesa de contemplar as flores) sob as árvores é uma boa opção para celebrar a vida nova juntos. Em Tóquio, um dos melhores lugares é o Parque das Cerejeiras em Flor de Inokashira, com cerca de 500 árvores da sakura e onde é possível passear de barco no lago decorado com as pétalas das flores.

Verão

Os dias quentes e ensolarados do verão japonês são ideais para visitar as praias do arquipélago e aproveitar os shows de fogos de artifício nos festivais que acontecem no país todo. O Japão tem milhares de opções para os amantes curtirem a lua de mel com sombra e água fresca com uma paisagem paradisíaca. As ilhas de Okinawa oferecem excelentes opções de praias, algumas bastante remotas, com longos trechos de areia branca e mar turquesa. Há muitas opções de resorts de luxo, que oferecem spa, restaurantes e opções de esportes aquáticos.

Outono

A paisagem fica realmente encantadora durante o outono. À medida que o tempo esfria, as folhas das árvores se transformam e colorem o país de tons vibrantes de vermelho, laranja e dourado, garantindo belas fotos românticas. Quioto é um dos lugares mais famosos para apreciar a folhagem. As árvores de bordo japonesas (momiji) estão presentes nos jardins de vários templos. O Templo Kozanji, no vale montanhoso de Takao, é uma boa dica.

Inverno

A neve toma conta das montanhas japonesas e cria um clima perfeito para os recém-casados que podem desfrutar das atrações das estações de esqui e das vistas maravilhosas dos alpes. Niseko, em Hokkaido, e Hakuba, em Nagano, são destinos muito procurados, pois, durante o inverno, se transformam em um centro de atividades na neve, e são regiões com grande variedade de hospedagens.

4. Hospitalidade

O Japão é referência mundial quando se trata de hospitalidade. No país, a arte de receber, tratar e servir bem, o omotenashi, é uma filosofia enraizada na cultura e sociedade que pode ser  vivenciada em todos os tipos de acomodações que o arquipélago oferece, como hotéis ocidentais, resorts, ryokans, hotéis cápsula, além estadias exclusivas em templos e em castelos. 

Durante a viagem, vale reservar pelo menos uma noite para experimentar a hospitalidade de um ryokan. As tradicionais pousadas japonesas estão por todos os cantos do país e se destacam, pois proporcionam, além de muito conforto, contato próximo com a cultura milenar japonesa. Os estabelecimentos têm piso de tatame, cama de futon, quimonos e oferecem banhos quentes relaxantes e refeições com o melhor da gastronomia local. 

5. Gastronomia

A culinária japonesa é Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade e não é à toa que o Japão figura entre os países com maior número de restaurantes estrelados do mundo. Tóquio, Quioto e Osaka possuem muitas opções desses locais, que valem a reserva para um jantar romântico depois de um dia explorando as cidades.

A gastronomia japonesa é minimalista e está intimamente ligada à terra, ao mar e às estações do ano. Isso garante uma grande variedade de pratos, com ingredientes sazonais e típicos de cada mês e região. Para aprender um pouco mais sobre e levar o conhecimento para casa para relembrar a lua de mel no futuro, o casal pode reservar jantar em um restaurante em que é possível fazer a própria comida, como o macarrão udon, lámen e também o okonomiyaki (panqueca japonesa), ou, ainda, programar uma aula exclusiva com um chef japonês. Em Gifu, no Ozeki Japanese Cooking Class, o mestre da gastronomia tradicional Chef Shuji Ozeki dá aulas para visitantes de todo o mundo. 

6. Experiências únicas

Casamento em um santuário xintoísta

Para relembrar e celebrar a união, é possível participar de uma procissão de casamento em um santuário xintoísta. O xintoímo é uma das vertentes religiosas do país e um filosofia de vida que contempla a harmonia entre o homem e a natureza. Em Tóquio, é possível ter esta experiência no Santuário Meiji-jingu.

Fotos de casal com trajes típicos

Para complementar o álbum de casamento, vale fazer um ensaio fotográfico com trajes típicos japoneses em um cenário romântico. Quioto proporciona o plano de fundo ideal para isso. É possível adquirir ou alugar quimonos e contratar um profissional para registrar a lua de mel perfeita nas pequenas ruas de paralelepípedo cercada por construções históricas. 

Banhos relaxantes em onsens privativos

Graças à geografia e à atividade vulcânica do Japão, águas mornas e ricas em minerais são abundantes em todo o país. Os onsens são mundialmente conhecidos e uma tradição local. Muitos oferecem banho privativo, uma excelente oportunidade para os recém-casados aproveitarem o momento a dois e relaxarem ao mesmo tempo que vivenciam a cultura japonesa. Existem onsens em todas as regiões do país, mas as províncias de Hakone, Gunma, Hokkaido e Kyushu são as mais famosas.

Viagens de trem 

Mais do que um meio de transporte, viajar de trem é uma experiência no Japão. Há diversas rotas pelo país com serviços tradicionais e de luxo para os casais aproveitarem o tempo de locomoção entre um destino e outro curtindo a paisagem externa com conforto. Os grandes destaques das linhas ferroviárias do Japão são o trem-bala (Shinkansen) e o Seven Stars in Kyushu. O primeiro dispensa apresentações, ele parte de Tóquio e liga as principais cidades do país. Uma boa dica é reservar assentos de primeira classe na rota JR Tokaido, sentido Tóquio-Kyoto, do lado direito do trem, para apreciar uma vista única do Monte Fuji da janela. Já o segundo, é um trem de cruzeiro que conecta as sete prefeituras da ilha de Kyushu e é praticamente um hotel de luxo sob os trilhos com restaurante, piano-bar e suítes privadas. 

Mais dicas para lua de mel no Japão

https://www.japan.travel/pt/guide/honeymoon/

Informações sobre viagens

Devido à pandemia, as restrições de viagem estão mudando continuamente e se adaptarão conforme a situação evolui globalmente. A JNTO recomenda visitar seu site para obter as últimas notícias sobre o Japão e as restrições de viagens relacionadas à Covid-19. Acesse: https://www.japan.travel/en/coronavirus/

Sobre a JNTO

A Organização Nacional do Turismo Japonês (JNTO) é um órgão governamental japonês com escritórios em 22 cidades ao redor do mundo. A organização está envolvida em uma ampla variedade de atividades para incentivar turistas internacionais de todo o mundo a visitar o Japão. A JNTO presta consultoria em vendas de pacotes turísticos, sugestões e assistência na criação de itinerários para o Japão, e incentiva associações acadêmicas e industriais a realizar congressos no Japão, além de promovê-lo para as pessoas interessadas. Além disso, publica regularmente estatísticas de turismo e relatórios de mercado.

Imagens relacionadas
Para complementar o álbum de casamento, vale fazer um ensaio fotográfico com trajes típicos japoneses em um cenário romântico
Dr. Gilad Fiskus/Shutterstock.com
baixar em alta resolução

No inverno, a neve toma conta das montanhas japonesas e cria um clima perfeito para os recém-casados
Tetyana Dotsenko/Shutterstock.com
baixar em alta resolução

O Japão oferece aos recém-casados vistas incríveis
Rung818/Shutterstock.com
baixar em alta resolução

Na primavera, as flores de cerejeira tomam conta do Japão e dão o clima romântico
picture cells/Shutterstock.com
baixar em alta resolução

Praias paradisíacas em Okinawa são destinos para os casais que gostam de sombra e água fresca à beira mar
©Okinawa Convention&Visitors Bureau ou ©OCVB
baixar em alta resolução

As folhas vermelhas e douradas de Quioto encantam no outono japonês
Image provided by Town of Kasagi
baixar em alta resolução

Aoki Media

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.