Linkle conecta empregadores e profissionais vizinhos

App desenvolvido por brasileira nos EUA e agora lançado no Brasil encurta 
deslocamentos e impacta em economia e, o principal, em qualidade de vida Depois de consolidar uma carreira de executiva especializada em desenvolvimento web e mobile, Rosane Prado mudou o rumo de sua vida ao despertar para um problema prático de mobilidade. Ao selecionar pessoal para uma empresa instalada em Alphaville, angustiava-se com o fato de que boa parte dos candidatos mais preparados residia até duas horas dali, o que impactaria na motivação e no desempenho deles caso contratados. Ela própria já estava cansada das três horas diárias consumidas entre Barueri e a Chácara Santo Antônio, na capital paulista, onde morava. Inconformada, decidiu desenvolver uma ferramenta para facilitar a seleção de profissionais perto dos locais de trabalho e melhorar a vida de quem busca emprego, de quem emprega e da população como um todo, ao poupar o trânsito, o meio ambiente e a saúde. Assim começou a nascer o Linkle. Em vez de optar pelo caminho mais fácil de desenvolvimento do aplicativo, Rosane decidiu se mudar para os Estados Unidos, para ter mais chance de alcance global para sua inovação. Três anos e meio depois, o aplicativo está sendo lançado no Brasil. O Linkle, no ar nos EUA desde outubro, foi liberado para a terra natal de sua idealizadora em 13 de março, dois dias depois de declarada a pandemia do COVID-19. A data não é por acaso: o app se apresenta como uma contribuição para reduzir deslocamentos, o que é bem-vindo em época de restrições sanitárias, além de abater custos em transporte, efeito ainda mais valorizado quando se desenha uma recessão econômica. Em paralelo, o Linkle adotou uma funcionalidade para estimular a ajuda neste momento. “Para quem trabalha, menos tempo de deslocamento significa mais tempo livre e dinheiro. E, para quem emprega, menor custo e maior produtividade”, resume Rosane. O app pode ser baixado gratuitamente em dispositivos de iOS e Android. O primeiro passo para consolidar o Linkle no Brasil é atrair empresas interessadas em oferecer vagas para trabalhadores residentes em suas proximidades. Elas podem se cadastrar pelo site oficial do app: https://www.linkle.io. E é gratuito.Como baixarO app está disponível para download na Apple Store e no Google PlayApple Store: https://apps.apple.com/us/app/linkle/id1464440022?ls=1Google Play: https://play.google.com/store/apps/details?id=io.linkle.linkleappComo cadastrar vagasAs empresas interessadas em oferecer vagas pelo Linkle precisam se cadastrar pela internet, pelo site https://www.linkle.ioA fundadoraFormada em Ciência da Computação, Rosane Prado dirigiu empresas de TI no Brasil por mais de uma década. Nascida em Maringá (PR), e tendo trabalhado em Santa Catarina e em São Paulo, reside nos Estados Unidos desde outubro de 2016. Nos primeiros nove meses, morou em Boston, no Norte do país, onde vivenciou o drama de as pessoas irem para o trabalho durante o inverno. “Na estação fria, a troca de emprego é alta, porque, quando cai uma nevasca, as pessoas não conseguem chegar ao trabalho”, lembra. Ao se transferir para Fort Lauderdale, na Flórida, no Sul, onde ainda vive, passou a acompanhar a falta de transporte público para dar conta da demanda. As experiências diversas em território norte-americano foram úteis para aprimorar o aplicativo agora lançado para uso no Brasil.Os cofundadoresEm fevereiro de 2019, na fase de maturação do projeto, na Flórida, Rosane convidou três executivos para se tornarem cofundadores e participarem do Board da empresa:Antonio Moreira – Com formação em tecnologia, é um executivo global com mais de 20 anos de experiência na criação, na gestão e na expansão global de empresas de TI, organicamente e por meio de M&A (Fusões e Aquisições).Murilo Cardoso – Executivo de finanças global há mais de 15 anos trabalhando para uma empresa de gás Norte-Americana multinacional.Marcelo Ramos – Acumula mais de 20 anos desenhando e implementando soluções, em cargos de liderança em empresas como SAP, IBM e Atos. Lidera o time de desenvolvedores do Linkle.Nas redes sociais:Linkedlin: https://www.linkedin.com/company/linkleioFacebook: https://www.facebook.com/LinkleAppBRInstagram: @linkleapp
 Navegação prática Rosane Prado, a idealizadora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.