IBERO CRUZEIROS: UMA COMPANHIA JOVEM PARA JOVENS DE TODAS AS IDADES

A maior novidade do Grupo Costa para a temporada 2009/2010 é a vinda de toda a frota da Iberocruceros para os nossos mares

Em 2007, a Carnival Corporation adquiriu a espanhola Iberojet Cruceros e a transformou em Iberocruceros – e passou sua gestão à Costa Crociere, empresa líder no setor na Europa. A aposta da Costa no mercado brasileiro é tão alta e otimista que na próxima temporada essa nova companhia, com a marca Ibero Cuzeiros, já estará no Brasil. Todos os três navios da frota Ibero deslizarão sobre nossas águas no verão 2009/2010, trazendo uma nova proposta: ambientes mais despojados e uma programação mais voltada para o público jovem – ou para o público de alma jovem.

Os três navios Ibero – Grand Mistral, Grand Celebration e Grand Voyager – são de porte médio, com capacidade entre mil a quase 2.000 hóspedes. Todos eles operam com a bandeira italiana, o que assegura um padrão de qualidade e de serviços. A marca registrada do Ibero é justamente aliar a alta qualidade de serviço de bordo e a excelência na gastronomia e no entretenimento a uma alma mais jovial, latina, descontraída. O slogan da campanha de lançamento, “Embarque no clima Ibero”, dá o tom exato dessa proposta de férias a bordo mais descontraída. O despojamento dos navios Ibero deve agradar em cheio os jovens, e conquistar uma fatia maior desse público para cruzeiros – e a proposta para a primeira temporada se adequou a esse público criando roteiros mais curtos, de três a oito noites.

O capital da empresa pertence 75% ao Grupo Costa (que também controla a AIDA Cruises, companhia marítima com atuação no mercado alemão) e 25% ao Grupo Orizonia, importante grupo turístico espanhol. Para reforçar a estrutura executiva da nova linha de cruzeiros do Grupo Costa, Mario Martini foi promovido no dia 13 de outubro de 2008 a presidente da Iberocruceros. Martini, genovês de 62 anos, está na Costa Crociere desde 1969 e tem desempenhado um papel vital no sucesso extraordinário da número 1 em cruzeiros marítimos na Europa. Sua especialização na indústria de cruzeiros e sua vasta experiência o habilitam ao cargo com méritos. Martini é fluente em cinco idiomas, inclusive espanhol e português. Alfredo Serrano, diretor geral da Iberocruceros, veio ao Brasil representando Martini e acompanhando o Chairman e CEO da Costa, Pier Luigi Foschi, no anúncio da novidade.

A direção geral da operação da Ibero Cruzeiros no Brasil estará a cargo de Renê Hermann, diretor geral da Costa Cruzeiros na América do Sul, que contará com o suporte de sua equipe nesse novo desafio. Para Renê Hermann, a chegada da Ibero Cruzeiros ao Brasil só confirma o vigor do mercado brasileiro de cruzeiros, que continua em franco crescimento. “Acredito que esta seja a melhor notícia do ano para os agentes de viagens, que terão um novo foco para direcionar os seus negócios no verão 2009/2010”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.