Honda completa dois milhões de automóveis comercializados no Brasil


Em 1992, a Honda deu início à comercialização de automóveis no Brasil. O primeiro modelo oferecido aos clientes brasileiros foi importado, o Honda Accord. A novidade apresentou ao exigente mercado brasileiro diversas inovações e tecnologia de ponta, com um design elegante, amplo espaço interno e itens de conforto.

Cinco anos depois, em 1997, com o objetivo de acelerar o processo de desenvolvimento, produção e comercialização de produtos cada vez mais alinhados às expectativas do consumidor brasileiro, a marca passou à condição de fabricante nacional de automóveis, com a produção do icônico modelo Honda Civic.

Há 28 anos, sempre com foco na satisfação total de seus clientes, uma sólida rede de concessionárias com 213 pontos de venda e uma estrutura de fornecedores locais com 163 empresas, a Honda Automóveis vem agregando diferenciais ao mercado por meio da qualidade superior de seus produtos e serviços. É assim que a empresa chega ao importante marco de 2.000.000 de unidades entregues para os consumidores brasileiros.

“Nossa empresa tem a missão de facilitar a mobilidade humana e expandir o potencial da vida das pessoas por meio de produtos inovadores, com excelência em qualidade, segurança e tecnologia. Cada automóvel Honda concretiza as aspirações do cliente por um produto que satisfaça plenamente suas expectativas. Nesse sentido, estamos comemorando dois milhões de sonhos realizados, um marco muito importante para a trajetória da Honda no país”, comenta Roberto Akiyama, Vice-Presidente Comercial da Honda Automóveis do Brasil.

Atualmente a Honda Automóveis do Brasil possui duas fábricas instaladas no país, nas cidades de Sumaré e Itirapina, ambas no interior de São Paulo. A empresa produz os modelos Civic, Fit, City, HR-V e WR-V, e oferece ainda os importados Accord, Civic Si e CR-V.


Sobre a Honda no Brasil: Em 1971, a Honda iniciava no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, de onde saiu a primeira CG, até hoje o veículo mais vendido do Brasil. De lá para cá, a unidade produziu mais de 25 milhões de motos, além de quadriciclos e de motores estacionários que formam a linha de Produtos de Força da Honda no País, também composta por motobombas, roçadeiras, geradores, entre outros. Para facilitar o acesso aos produtos da marca, em 1981 nasceu o Consórcio Honda, administradora de consórcios referência no mercado nacional, que faz parte da estrutura da Honda Serviços Financeiros, também composta pela Seguros Honda e o Banco Honda. Dando continuidade à trajetória de crescimento, em 1992 chegavam ao Brasil os primeiros automóveis Honda importados e, pouco tempo depois, em 1997 a Honda Automóveis do Brasil iniciava a produção do Civic, em Sumaré (SP). A segunda planta de automóveis da marca, construída na cidade de Itirapina (SP), foi inaugurada em 2019 e concentrará, a partir de 2021, toda produção dos modelos locais, enquanto a unidade de Sumaré se consolidará como centro de produção de motores e componentes, desenvolvimento de produtos, estratégia e gestão dos negócios do grupo Honda. Atualmente, 2 milhões de automóveis da marca já foram produzidos em solo nacional. Durante esses anos, a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias hoje composta por aproximadamente 1.300 endereços. Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de automóveis e dos escritórios das cidades de Sumaré e São Paulo, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa. Em 2015, a Honda Aircraft Company anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para o Brasil. Saiba mais em www.honda.com.br e www.facebook.com/HondaBR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.