GOL mantém posição de Liderança e Protagonismo em Iniciativas ESG

Acionistas da GOL e Smiles aprovam reorganização societária, que proporcionará sinergias operacionais e financeiras significativas e favorecerá a competitividade do Grupo;
Forte disciplina na gestão da capacidade mantém rentabilidade das operações; Neutralidade de consumo de caixa em março em meio ao arrefecimento da demanda por transporte aéreo no Brasil durante a transição para a baixa temporada.

– A GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (“GOL” ou “Companhia”) (B3: GOLL4 e NYSE: GOL), a maior Companhia aérea doméstica do Brasil, anunciou hoje o resultado consolidado do primeiro trimestre de 2021 (1T21), detalhando também suas iniciativas contínuas em resposta à pandemia de Covid-19.

Todas as informações são apresentadas em Reais (R$), de acordo com as normas internacionais de contabilidade (IFRS) e com métricas ajustadas e estão disponibilizadas para possibilitar a comparabilidade neste trimestre de queda na demanda com o mesmo período do ano anterior. Tais indicadores ajustados excluem os gastos relacionados ao percentual da frota não operacional que a GOL manteve em solo no período, e estão detalhados na tabela da seção “despesas operacionais”. As comparações são em relação ao primeiro trimestre de 2020 (1T20), exceto quando especificadas de outra forma.

O primeiro trimestre deste ano foi marcado pela transição entre uma sólida recuperação na atividade do mercado de transporte aéreo doméstico, observado durante o período de alta temporada, para uma rápida deterioração nos níveis de demanda em função dos impactos da segunda onda da pandemia de Covid-19 que resultaram no arrefecimento da curva de vendas futuras. Desta forma, a GOL adotou a mesma disciplina na gestão de sua capacidade, que tem sido seu principal diferencial perante os concorrentes desde o início do enfrentamento desta crise, e reduziu sua oferta ao final de março/21 com o objetivo de proteger sua liquidez durante este período mais curto de desaceleração na demanda. “Temos demonstrado a agilidade necessária para ajustar nossa oferta de acordo com as oscilações nos níveis de demanda e felizmente, observamos que esta segunda onda já mostra uma tendência de queda no número de casos e que se reflete, ao longo das últimas semanas, na retomada da recuperação dos patamares de vendas. Da mesma maneira, a GOL irá emergir mais forte com o início da normalização dos mercados, utilizando de sua disciplina de capacidade associada à progressão do Programa Nacional de Imunização”, disse Paulo Kakinoff, Diretor-Presidente.

Ao final de março, os acionistas da GOL e maioria dos acionistas minoritários da Smiles, aprovaram a proposta de reorganização societária para combinar as duas subsidiárias operacionais GLA (“GOL Linhas Aéreas”), a maior empresa aérea doméstica do Brasil, e Smiles, o programa de milhagem líder brasileiro. “A aprovação desta operação por parte dos acionistas GOL e Smiles sinaliza a confiança na gestão da Companhia e ocorre no momento mais propício para permitir a maximização da criação de valor futuro do grupo. Esta transação é autofinanciável, ou seja, acontece através da própria geração de caixa operacional da Smiles e muito superior quando consideradas as potenciais sinergias operacionais, financeiras e fiscais que não estavam disponíveis enquanto as empresas eram apartadas.

A GOL segue pioneira no alinhamento quanto às tendências globais de ESG, e implementou uma Política de Sustentabilidade para orientar o estabelecimento de programas e estratégias ambientais, sociais e de governança em linha com o padrão do Sustainability Accounting Standards Board (“SASB”) para o setor de aviação civil. Em março/21, a Companhia completou 10 anos de Padrão Ouro no Programa Brasileiro GHG Protocol, pelos esforços voluntários em medir, entender, buscar soluções e dar transparência ao impacto ambiental das operações.

Adicionalmente, a GOL inaugurou uma seção específica sobre ESG em seu site de Relações com Investidores (https://ri.voegol.com.br) com informações detalhadas sobre suas políticas, dados estatísticos e metas futuras que proporcionam uma visão clara sobre o engajamento da Companhia e um guideline de como a Administração conduzirá seus negócios de forma consistente e cada vez mais alinhada a este relevante tema para a sociedade.

“Neste ambiente operacional desafiador para as empresas aéreas, o compromisso dessa indústria com as iniciativas ESG é fundamental. A Companhia visa incentivar a indústria aérea a enfrentar as mudanças climáticas, a desigualdade social e as questões de governança, tornando-se mais sustentável, inclusiva e transparente.”, disse Celso Ferrer, Diretor Vice-presidente de Operações.

Sumário dos Resultados do 1T21

• O número de Passageiro-Quilômetro Transportado Pago (RPK) reduziu 44% comparativamente ao 1T20, totalizando 5,6 bilhões;

• O Assento Quilômetro Ofertado (ASK) diminuiu 44% em relação ao 1T20;

• A GOL transportou 4,5 milhões de Clientes no trimestre, uma redução de 46% versus o 1T20;

• A receita líquida foi de R$1,6 bilhão, uma queda de 50% em relação ao 1T20. As outras receitas (principalmente cargas e fidelidade) totalizaram R$151 milhões, equivalente a 9,7% das receitas totais;

• A Receita Líquida por Assento Quilômetro Ofertado (RASK) foi de 22,40 centavos (R$), redução de 11,3% em relação ao 1T20. A Receita de Passageiros Líquida por Assento Quilômetro Ofertado (PRASK) foi 20,24 centavos (R$), queda de 14,2% em relação ao 1T20;

• O EBITDA e o EBIT ajustados foram de R$354 milhões (margem de 23%) e R$208 milhões (margem de 13%), respectivamente, e refletem o resultado do nosso gerenciamento racional e responsável da oferta em relação à demanda; e

• O prejuízo líquido após participação de minoritários foi de R$892 milhões, excluindo variações cambiais e monetárias, despesas líquidas não recorrentes, ganhos relacionados a Exchangeable Notes e resultados não realizados de capped calls.

Resposta à “Segunda Onda” da Pandemia de Covid-19

Desde o início desta crise, a GOL tem administrado seus negócios de maneira ágil e conservadora, de forma a garantir, além da segurança de Clientes e Colaboradores, a sustentabilidade financeira para o momento de retomada da demanda. Nessa nova fase da pandemia, a Companhia tem preservado seu balanço patrimonial a partir das seguintes iniciativas:

(i) Controle dos patamares de custos variáveis da operação, por meio da gestão prudente da capacidade, adequando-se aos atuais patamares de demanda reduzida e maximizando a utilização das aeronaves 737 MAX no mercado doméstico de longa etapa média;

(ii) Ajustes nos custos relacionados à folha de pagamento, através de novas renegociações sindicais, que compreendem a extensão da redução de jornada e salários, além de novas suspensões de contratos de trabalho;

(iii) Renegociações com os principais fornecedores essenciais para a obtenção de novas extensões de passivos operacionais e de pagamentos correntes;

(iv) Renegociação com os lessores para extensões de prazo nos diferimentos de pagamentos e manutenção em seus contratos de arrendamentos, dos componentes de custo variável em parte da frota (Power-by-the-hour);

(v) Redução dos investimentos em Capex de manutenção de motores por meio da redução da capacidade durante o período, de forma a reduzir a utilização de caixa para a frota corrente;

(vi) Manutenção da exposição de crédito e obtenção de rolagens nas dívidas de capital de giro (debêntures e Finimps) com os principais bancos parceiros brasileiros para reduzir o fluxo de caixa financeiro; e

(vii) Cortes de investimentos não essenciais e priorização somente de projetos que gerem rentabilidade no curto prazo.

Comentários da Administração sobre os Resultados

Em 15/01/21, a GOL completou 20 anos de história na aviação nacional, caracterizada pela inovação e, principalmente, pela democratização do transporte aéreo no Brasil. Apesar das silenciosas comemorações devido à pandemia de Covid-19, não poderíamos deixar de registrar novamente os nossos sinceros agradecimentos aos Clientes, Parceiros, Investidores e, em especial, ao nosso Time de Águias.

“Nesses 20 anos de atuação, a GOL seguiu se reinventando e mudou o panorama do transporte aéreo. Nosso papel nesse mercado foi desde o primeiro momento de grande impacto social, encurtando distâncias à medida que mais brasileiros ganharam acesso ao transporte aéreo. Hoje, afirmamos que nossa liderança de mercado pelo quinto ano consecutivo e nosso modelo de negócios de Baixo Custo e flexibilidade irreplicável, com sólido histórico de Segurança e Serviço, são sem dúvidas o resultado do trabalho do nosso Time de Águias, com alto nível de conhecimento e atenção, convertidos em execução. Sabemos que os desafios sempre existirão, mas seguiremos prestando esse serviço essencial aos brasileiros com Protagonismo, seja para viagens a lazer, negócios, ou mais recentemente, com o transporte de profissionais da saúde e distribuição de vacinas”, adicionou Kakinoff.

Experiência do Cliente e Segurança pessoal: O Net Promoter Score (NPS) da GOL foi de 38 no trimestre, uma sólida métrica indicativa da combinação vencedora do produto best-in-market e do elevado engajamento da equipe de atendimento ao Cliente da Companhia. Pela quarta vez e pelo terceiro ano consecutivo, a GOL foi eleita pelo prêmio Top of Mind como a companhia aérea mais lembrada do país. Sem dúvidas esse prêmio é um motivo de orgulho para todo o nosso Time de Águias.

Os investimentos feitos ao longo dos anos em inovações tecnológicas, voltadas à simplificação do processo para viajar com a GOL, nossas parcerias estratégicas e nosso Time de Águias são os pilares do futuro da Companhia na indústria da aviação.

Em março, o Conselho Brasileiro de Defesa Econômica (Cade) liberou os termos e condições estabelecidos pela parceria comercial entre a GOL e a American Airlines, um importante passo para a recuperação internacional, trazendo mais produtos, serviços e inovação para o corredor aéreo EUA-Brasil, além da melhor conectividade e experiência do Cliente em nossos principais hubs .

Sustentabilidade como direcionador estratégico: A GOL está comprometida em zerar suas emissões líquidas de carbono até 2050 com a utilização de alternativas sustentáveis de combustível de aviação, ou SAFs (Sustainable Aviation Fuels) e impulsionar melhorias operacionais e técnicas que reduzem as emissões de GEE (Gases de Efeito Estufa), alinhado às diretrizes da IATA e do Esquema de Compensação e Redução de Carbono para Aviação Internacional (CORSIA).

A GOL já tem sido há quase 10 anos, pioneira na utilização, desenvolvimento e contribuição com a cadeia de biocombustíveis no Brasil, através da co-fundação da Plataforma de Bioquerosene e Renováveis da Zona da Mata em Minas Gerais e da importante parceria com a União Brasileira de Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabrio), entidade sem fins lucrativos que lidera o segmento e atua como interlocutora entre sociedade e governo para mobilizar e unir esforços, recursos e conhecimentos na busca pelo desenvolvimento dessa indústria. Entendemos o Brasil como uma oportunidade de desenvolvimento de SAF, fazendo um paralelo das políticas nacionais de etanol e biodiesel, fomentando a estruturação de um marco regulatório Brasileiro para a produção de SAF, gerando um ambiente propício para investimentos e sem gerar distorções mercadológicas para nossa indústria.

A ordem de aeronaves Boeing 737 MAX que substituirá o 737 NG bem como o ritmo de renovação de frota ao longo dos próximos anos, também permitirá a busca contínua da melhoria na eficiência operacional. As aeronaves MAX 737 promovem uma redução de 16% nas emissões de carbono e consomem 15% menos combustível em relação ao 737 NG, além de possibilitar que a Companhia gerencie com mais eficiência sua malha aérea e voe distâncias mais longas. A GOL foi avaliada pela MSCI, em seu ESG Rating Scorecard, como uma das empresas aéreas mais sustentáveis e eficientes em carbono globalmente, atingindo índices de emissões de carbono até 20% menores que seus pares da indústriaA GOL espera encerrar o ano com aproximadamente 15% da frota de NGs substituída pelo MAX, o que irá acelerar a retomada do CASK aos patamares comparáveis ao período pré-pandemia.

Paralelamente, estamos trabalhando na construção de uma política sustentável mais robusta para nossa indústria, além da colaboração em avanços tecnológicos e de infraestrutura, necessários para permitir a transição para a aviação de baixo carbono.

Vendas: No primeiro trimestre, as vendas brutas consolidadas atingiram aproximadamente R$1,6 bilhão. As vendas médias diárias da GOL foram de R$18 milhões, que representam cerca de 54% dos níveis de venda pré-pandemia. O início do trimestre foi bastante positivo para a Companhia, que capturou a retomada após a “primeira onda” de Covid-19. Inclusive, no mês de janeiro, a GOL atingiu um novo recorde de passageiros transportados desde o início da pandemia, com mais de 93 mil Clientes atendidos em um único dia. No entanto, devido ao declínio na demanda por viagens decorrente do aumento de casos de Covid-19 no Brasil, combinado com a transição para o período de baixa temporada, foi registrada queda de 25% na busca por passagens aéreas da Companhia, em relação ao 4T20, com uma redução de 53% no volume de vendas diárias no período.

Cargas: A GOLLOG lançou o Super Expresso em janeiro/21, serviço que permite a entrega de encomendas no mesmo dia, utilizando inteligentemente a capilaridade e o alcance nacional da malha aérea eficiente da Companhia. Em fevereiro/21, a GOLLOG firmou parceria com o grupo Comporte, formado pelas empresas Tex, União, Itamarati, Cruz e Elux, para incrementar serviços de entrega multimodal e fortalecer o conceito de “última milha”, unindo a eficiência do transporte rodoviário com a capilaridade da malha da Companhia.

Capacidade: A Companhia mantém posição relevante nos principais aeroportos brasileiros por meio de sua malha consolidada e com principais hubs em GRU, GIG, BSB e FOR. A GOL está bem posicionada e monitorando as tendências de demanda e novos mercados potenciais para crescer tanto nos mercados principais como nos regionais quando a demanda por transporte aéreo retomar. Além disso, a GOL segue capturando novas oportunidades de demanda através de seu hub em Salvador, por meio do qual a Companhia poderá explorar novos mercados regionais em conjunto com seus parceiros estratégicos.

Em março, a GOL foi a primeira empresa brasileira a receber a certificação com crédito de performance de atrito no pavimento novo da pista de CGH, pela ANAC. Com isso, a Companhia pode operar com menos restrições em CGH em dias de chuva.

Ajustes de malha e frotaComparativamente ao 4T20, a GOL reduziu as operações diárias em 10%, oferecendo, em média, 364 voos por dia no 1T21, para servir 159 mercados, representando 53% da frequência diária do 1T20, sendo que 144 desses mercados são operados pela Companhia e 15 via parceiros, que incluem as bases Passo Fundo (PFB), Joinville (JOI), Juiz de Fora (IZA), Presidente Prudente (PPB) e Cabo Frio (CFB), operadas na alta temporada pela GOL. A Companhia permanece atenta às determinações dos governos de outros países e ao comportamento da demanda para atuar novamente com sua malha internacional. A Companhia concluiu seu plano de ajuste de frota do ano de 2020 e encerrou o 1T21 com uma frota total de 127 B737s, sendo 8 MAX, e com 77 aeronaves em operação, uma redução de 13 aeronaves comparativamente ao final de dezembro/20 .

“A adequação da capacidade à demanda sempre foi um diferencial competitivo da gestão de frota da Companhia. A GOL foi a aérea que mais devolveu aeronaves nos últimos anos entre os pares da indústria, o que evidencia nossa flexibilidade de atender quase instantaneamente as condições mercadológicas da demanda”, acrescentou Celso Ferrer. “Grande parte dessas devoluções ocorreram de forma orgânica, visto que seguiram nosso cronograma de renovação, que já previa o retorno de aeronaves NGs e recebimento de 737 MAXs. Com isso, conseguimos equilibrar melhor nossa oferta sem a necessidade de pressionar as tarifas unitárias para poder diluir a pressão de custos caso tivéssemos excesso de aeronaves em nossa frota. Também não enfrentamos as mesmas preocupações de nossos competidores com complexidade de frota ou exposição de aeronaves de grande porte exclusivamente destinadas para mercados específicos, como por exemplo o internacional. Durante a pandemia, continuamos na liderança da indústria na gestão da capacidade, mantendo alto níveis de taxa de ocupação, consistentes com o período pré-pandemia”.

Liquidez e obrigações financeiras: Durante o 1T21, a Companhia encerrou seu endividamento de curto prazo em um total de R$2,3 bilhões, sendo que aproximadamente R$1,2 bilhão correspondem a dívidas de capital de giro com bancos locais, com os quais a GOL mantém bom relacionamento, que representam baixa pressão de amortização. Ainda, a Companhia tem preservado a capacidade de seu programa de garantias reais (collateral pool), parte utilizada para a emissão das Secured Senior Notes 2026 ao final de dezembro/2020 e com potencial de geração adicional de liquidez. Com a finalização da incorporação societária da Smiles e quitação de seus principais passivos financeiros, aumentará ainda mais a sua capacidade creditícia com a utilização do programa de milhagem como um ativo não onerado. Considerando os valores financiáveis de depósitos e ativos não onerados, as fontes potenciais de liquidez da Companhia superam R$5 bilhões. O prazo médio de vencimento da dívida de longo prazo da GOL, excluindo arrendamento de aeronaves e notas perpétuas, é de aproximadamente 3,2 anos, com as principais obrigações já endereçadas em nosso fluxo de caixa.

“Temos obtido um incrível suporte de nossos principais parceiros lessores e provedores de capital de giro que tem apoiado o reequilíbrio de nossos compromissos financeiros de acordo com nosso volume de capital de giro. Estas iniciativas de sustentação de liquidez têm sido extremamente importantes para que a GOL possa monitorar da forma mais eficiente possível o acesso ao mercado de capitais de forma a reduzir o custo de capital e maximizar o valor aos seus acionistas,” disse Richard Lark, Diretor Vice-Presidente Financeiro.

Proposta para Combinação de GLA e Smiles: Em 24/03/2021, os acionistas da GOL e a maioria dos acionistas minoritários da Smiles aprovaram, em assembleia extraordinária, a proposta de reorganização societária com o intuito de combinar as duas subsidiárias operacionais da Companhia: GLA, a maior empresa aérea doméstica do Brasil, e Smiles, o programa de fidelidade e milhagem. A GOL acredita que a proposta aprovada é uma etapa importante para maximizar o valor futuro para os acionistas da Companhia e da Smiles, com aumento das suas respectivas competitividades mercadológicas e redução do risco do Grupo GOL.

A conclusão bem-sucedida desta transação reduzirá substancialmente os riscos que cada uma das empresas enfrenta nesta pandemia e proporcionará relevantes sinergias operacionais e financeiras que podem superar R$400 milhões por ano, principalmente através do gerenciamento dinâmico do estoque de assentos, da unificação de iniciativas de marketing, da otimização na gestão de yields e eficiência tributária. Além disso, essa incorporação acompanha a profunda transformação do ambiente de negócio que a Companhia está inserida, tornando o Grupo GOL mais competitivo.

Ao final de março, a Companhia anunciou por meio de sua controlada Smiles, a distribuição de R$500 milhões em dividendos. Assim, o valor da relação de troca para as opções a serem escolhidas pelos acionistas minoritários da Smiles foi automaticamente ajustado e a parcela devida em moeda corrente nacional foi, consequentemente, reduzida em R$4,027 por ação.

As informações para exercício da opção pela Relação de Troca Opcional, a fixação da data base para a determinação dos acionistas que migrarão para a base acionária da GOL, assim como a data de crédito das ações e pagamento das ações preferenciais resgatáveis serão oportunamente divulgadas no Aviso de Confirmação.

Preparação para a retomada das viagens

As principais iniciativas da Companhia para a preparação da retomada das viagens e a recuperação no mercado de transporte aéreo são:

Saúde e Segurança dos Colaboradores e ClientesA GOL foi a primeira empresa aérea a receber, em 16/12/20, a Certificação do Hospital Albert Einstein chancelando os rígidos protocolos de Segurança e Saúde adotados pela Companhia. Com o apoio do Einstein, que é referência em saúde pública e privada no Brasil e na América Latina e um dos protagonistas nas ações de enfrentamento da Covid-19 no país, a GOL mapeou, avaliou e ajustou os seus já rígidos protocolos de sanitização. Acreditamos que os Clientes desejarão voar, durante e após a pandemia, com a empresa aérea em que mais confiam em Serviço e Segurança, que são nossos valores corporativos estruturais.

Transporte e disponibilização de vacinas pelo BrasilO Programa Nacional de Imunização foi iniciado em 18/01/21. A GOL está disponibilizando gratuitamente, com o apoio logístico da GOLLOG, o espaço em suas aeronaves às autoridades brasileiras para o transporte das vacinas de Covid-19, colaborando assim com o Programa, que é de vital importância para confrontar essa pandemia.

Kakinoff comentou: “A Companhia prevê que o avanço bem-sucedido das vacinas por meio do Programa Nacional de Imunização reativará a demanda nos segmentos de lazer e corporativo a partir de meados do segundo trimestre de 2021.No entanto, já se observa uma redução dos casos de internações para pessoas com mais de 70 anos, que estão entre as elegíveis para serem vacinadas. Desde o início da pandemia, nota-se uma alta correlação entre a recuperação da demanda com a redução na curva de casos de Covid-19, similar ao comportamento entre os meses de agosto e setembro do ano passado e estatisticamente comprovada quando observado no ritmo de retomada da demanda doméstica de países europeus e Estados Unidos, que estão com o cronograma de vacinação mais adiantados que o Brasil. Portanto, a Companhia espera que, à medida que a curva de contágio comece a refletir uma inversão, combinado ao reaquecimento do PIB brasileiro, será possível observar um aumento mais acelerado nos principais indicadores de busca e vendas de bilhetes GOL.”

Atualmente, o Ministério da Saúde do Brasil já concluiu a contratação de cerca de 500 milhões de doses de vacinas contra Covid-19 até o final deste ano, e possui outras 140 milhões de doses em negociação. A previsão é de que aproximadamente 150 milhões de doses sejam administradas até o final do 2T21, suficientes para a imunização dos grupos prioritários e acima de 60 anos, enquanto o restante da população deve receber a vacina no 2S21. O Brasil ocupa o quinto lugar no mundo em ritmo de vacinação diária.

Desenvolvimentos Recentes e Considerações para o 2T21

Sinais de retomada na demanda por viagens: Após a queda na demanda por viagens no 1T21 decorrente da “segunda onda” de casos de Covid-19 no Brasil, a Companhia já observa sinais de recuperação. A terceira semana de abril registrou aumento de 4% nas vendas em relação ao mesmo período de março/21. O avanço no Programa Nacional de Imunização também impactará positivamente na normalização dos mercados, a exemplo do que é observado na América do Norte e na Europa. A GOL está planejando ter de 4 a 5 vezes mais decolagens no 2T21, quando comparado ao mesmo período do ano passado.

Capacidade: Como resposta à relevante queda nas vendas, aumento no número de cancelamentos e não comparecimentos (no-show), a malha aérea da GOL segue sendo ajustada de forma a manter os altos índices de ocupação e rentabilidade. O cenário atual de planejamento de capacidade da GOL assume uma redução de 39% no 2T21 em relação ao 1T21. Durante o mês de abril, a Companhia reduziu suas operações para entre 185 e 200 voos/dia, quatro vezes maior quando comparado à “malha essencial” de abril/20. Além disso, a Companhia suspendeu temporariamente as bases de Caldas Novas (CLV), Campina Grande (CPV), Caxias do Sul (CXJ), Dourados (DOU), Jericoacoara (JJD), Londrina (LDB), Montes Claros (MOC), Sinop (OPS) e Uberlândia (UDI).

Após devolver 1 aeronave B737-800 arrendada no 1T21, a Companhia planeja devolver outras cinco aeronaves no 2T21. Em abril/21, a GOL adaptou sua frota e operou 47 aeronaves em sua malha para gerenciar a capacidade e os custos no período de menor demanda. Do início da crise até o final de abril/21, a Companhia diminuiu sua frota em 17 aeronaves Boeing 737 arrendadas, assim como reduziu em 33 aviões os recebimentos de 737 MAX previstos para 2020-2022.

Aumentando a Vantagem de Custo da GOL: Para o 2T21, a GOL espera operar uma média de 63 aeronaves, enquanto mantém os custos de pessoal em sua posição reduzida, entre 40% a 50% dos patamares pré-pandemia. Por ter convertido uma parcela significativa dos seus custos fixos de folha de pagamento e de frota em custos variáveis, a Companhia está bem posicionada para expandir sua liderança em custo unitário.

Atuando para o equilíbrio no fluxo de caixa: Com base em premissas conservadoras e promovendo o necessário “casamento” de ativos e passivos neste ambiente de baixa demanda, a GOL vem implementando medidas para minimizar o consumo líquido de caixa e manter o equilíbrio de seu fluxo de caixa operacional. Para o 2T21, espera-se a reversão da tendência negativa da “segunda onda” da Covid-19 para uma curva de recuperação na demanda e nível de vendas que poderá inclusive, antecipar a tradicional retomada da alta temporada de julho e combinado com a retomada responsável e equilibrada no patamar da capacidade, a Companhia estima a manutenção de um consumo líquido de caixa neutro na operação corrente, excluindo passivos financeiros e operacionais.

Liquidez: A GOL espera encerrar o 2T21 com R$1,6 bilhão em liquidez com a conclusão da incorporação societária da Smiles e amortização integral de sua principal dívida amortizável, e R$14,8 bilhões em dívida líquida ajustada. Diversas iniciativas são relevantes para assegurar que a Companhia mantenha a liquidez nos patamares esperados no final do 2T21. Lark concluiu: “O apoio contínuo dos nossos stakeholders é fundamental para assegurar a manutenção dos meses necessários com os recursos disponíveis para a GOL atravessar essa crise.”

Mais Informações sobre o Resultado e Teleconferência com Imprensa

Informações mais detalhadas sobre o resultado do 1T21 estão disponíveis no nosso website de relações com investidores (www.voegol.com.br/ri). Nesse endereço estão disponíveis os vídeos com a apresentação dos resultados, análise financeira e as respostas a algumas perguntas recebidas anteriormente, de forma a reservar mais tempo para perguntas e respostas nas teleconferências.

Teleconferência em Português
29/4/2021 às 13h30 (horário de Brasília)
Tel.: +55 (11) 3181-8565 (Código: GOL)

Webcast: clique aqui

Os participantes devem se conectar aproximadamente 10 minutos antes do início da teleconferência.

INFOGRÁFICO 1T21

SOBRE A GOL LINHAS AÉREAS

A GOL Linhas Aéreas é a maior Companhia aérea do Brasil, com mais de 36 milhões de Clientes transportados por ano, e líder no segmento corporativo e de lazer. Em 20 anos de história, democratizou o transporte aéreo no país e se tornou a maior empresa de baixo custo do setor, com a melhor tarifa da América Latina. A Companhia mantém alianças estratégicas com a Air France e KLM, além de disponibilizar aos Clientes diversos de codeshare e interline, trazendo mais conveniência e facilidade nas conexões para qualquer lugar atendido por essas parcerias. Com o propósito de Ser a Primeira para Todos, a GOL tem investido continuamente em produtos, serviços e atendimento para oferecer a melhor experiência de viagem aos seus passageiros. A #NovaGOL reforça esse conceito, liderando em conforto com a maior oferta de assentos e mais espaço entre as poltronas; conectividade e entretenimento, oferecendo a mais completa plataforma com internet, filmes e TV ao vivo grátis; o melhor programa de fidelidade do mercado – SMILES – e um atendimento ao Cliente reconhecido e premiado por diversas organizações como ANAC, Reclame Aqui e Fórum Brasileiro de Relacionamento com o Cliente. No segmento de transporte e logística de cargas, a GOLLOG possibilita a captação, distribuição e entrega de encomendas para diversas regiões do País e exterior. Internamente, a GOL tem uma equipe de 15 mil profissionais da aviação altamente qualificados e focados na Segurança, valor número um da Companhia.

Mais informações: https://www.voegol.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.