FÉRIAS DE JANEIRO: ALAGOAS ESTÁ ENTRE OS DESTINOS MAIS DESEJADOS POR BRASILEIROS


No levantamento feito pela Decolar.com, Maceió ocupa a sexta posição na preferência dos brasileiros por hospedagem no período; Maragogi ocupa a 20ª posição.Fotos de Ascom Sedetur LM02 (1).png

Um estudo realizado por umas das maiores empresas de viagens da América Latina, a Decolar, aponta que Maceió está entre os destinos nacionais mais desejados para as férias de janeiro de 2022, ocupando a sexta colocação no ranking. Maragogi, no Litoral Norte alagoano, também aparece na lista divulgada pela empresa, na 20ª posição. 
A pesquisa foi realizada com base nas buscas por hospedagens nos canais de vendas (site e app) da Decolar. Ainda de acordo com o levantamento, o Rio de Janeiro lidera o ranking dos 20 destinos mais procurados pelos brasileiros, seguido por Florianópolis e São Paulo.

De acordo com o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcius Beltrão, o excelente posicionamento de Maceió e Maragogi no ranking Decolar é resultado da capacidade atrativa dos destinos alagoanos com o trabalho de reestruturação dos equipamentos feitos pelo trade turístico e as ações promocionais desenvolvidas pelo Governo de Alagoas.

“Mais uma vez Alagoas se destaca no ranking de vendas de uma grande empresa de turismo da América Latina e este excelente desempenho dos nossos destinos é fruto de muito trabalho e responsabilidade com a atividade turística. Maceió e Maragogi são destinos prontos, estruturados e certificados como rotas turísticas seguras. Importante destacar  ainda que não temos a malha aérea de mesma dimensão dos primeiros lugares, como Rio de Janeiro e São Paulo, o que engrandece ainda mais a nossa participação no ranking da Decolar”, explica Beltrão.            

A Decolar é uma das principais empresas de viagens no Brasil e na América Latina. Com mais de 21 anos de mercado, atua em 20 países e trabalha em parceria com o Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur)desde 2017, em ações promocionais e de marketing promovendo o Destino Alagoas junto a operadores e clientes, impulsionando a vinda de turistas para o estado.

Retomada segura

A retomada segura e gradual do turismo em Alagoas conta com o selo Safe Travels da WTTC (World Travel & Tourism Council), entidade de turismo internacional que reconhece destinos ao redor do mundo que tenham implementado protocolos sanitários em padrão mundial.

No total, onze municípios alagoanos já foram contemplados com a certificação internacional – Pilar, Penedo, Maragogi, Porto de Pedras, Piranhas, Japaratinga, Delmiro Gouveia, Marechal Deodoro, Roteiro, Passo de Camaragibe e Maceió. O estado também registra cerca de 1.916 empreendimentos turísticos com o selo do Turismo Responsável do Ministério do Turismo, ocupando o primeiro lugar do Nordeste em emissão de selos. As duas certificações levam em consideração a prática de condutas que tragam segurança para turistas, trabalhadores e moradores das regiões turísticas.

LM 01.png
LM03.png

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.