FÁBRICA DE MDF : UM ESPETÁCULO A PARTE EM PARAGOMINAS

Nunca pensei em conhecer Paragominas e caí de páraquedas neste maravilhoso lugar com pessoas empreendedoras e de grande potencial. Foi uma experiência fascinante, pois sou jornalista de turismo, e pude perceber o enorme potencial da cidade, porém ainda em passos lentos para o turismo, eu diria ainda está iniciando seus primeiros passos, mas poderá ser um destino único no país, apostando além do turismo de negócios, no turismo moveleiro, no turismo rural onde fazendas poderão explorar este nicho de mercado, tão crescente no sul do país.
Um atrativo à parte, foi sem dúvida a visita a fábrica Florap MDF. Fomos recebidos pelo gerente geral, Carlos Alberto Pereira. E sempre em companhia da assessora de imprensa da prefeitura Taís. A fábrica pertence ao grupo Concrem, que emprega cerca de 300 funcionários, dos quais 09 mulheres do setor administrativo e limpeza. O grupo Concrem é o maior produtor de madeira industrializada da Amazônia, pioneira no reflorestamento e trabalha com dois tipos de madeira: Paricá e eucalipto. Os jornalistas inicialmente foram saudados com uma apresentação de percussão de grupo de filhos de funcionários da empresa. A fábrica produz 400 metros cúbicos de madeira e é dirigido somente para o mercado interno. Ao todo são doze fábricas de MDF no Brasil, sendo que maioria concentram no Sul , como SC, RS, SP e MG. Esta fábrica de MDF em Paragominas é a primeira no Norte, Nordeste e Centro Oeste do país. Na fábrica tudo é reaproveitável. A empresa conta com uma subestação para atender a demanda da necessidade e laboratório para controle de qualidade do produto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.