euroAtlantic na Crise do Covid-19 repatria cidadãos brasileiros de Angola para Brasil

A relação histórica da euroAtlantic airways (EAA) com o Brasil, conhece este sábado 18 de abril de 2020 novo episódio. A partir de Angola, também um país da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) face à crise do novo Coronavirus um dos Boeing B767-300ER da frota da euroAtlantic, vai realizar para a REALVITUR ANGOLA, um Operador Turístico e Agência de Viagens, uma operação de repatriamento de cidadãos brasileiros, que mantinham atividade laboral em Angola.

A primeira etapa do voo da euroAtlantic airways, (MMZ-YU651), companhia com uma forte relação de proximidade com o Brasil, inicia-se no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro (LAD) em Luanda, (13:45 horas UTC), prevendo estimar o Aeroporto Internacional do RecifeGuararapes (REC) pelas 20:45 horas UTC (17:45 horas locais). A chegada ao destino final, Aeroporto Internacional de São PauloGuarulhos (GRU) está prevista para cerca das (00:35 horas UTC dia seguinte), 21:35 horas locais (sábado).

euroAtlantic airways tem uma forte relação histórica com o Brasil e a sua indústria da aeronáutica, incluindo o segmento da Engenharia e Manutenção, estando a desenvolver esforços para estender as suas operações ao mercado brasileiro. O CEO da EAAEugénio Fernandes, declarou (novembro de 2019) no II Fórum Conetividade em São Paulo, onde interveiono painel “Wet Lease. Uma Oportunidade de Crescimento no Brasil” o projeto da companhia portuguesa, a partir do Brasil, expandir as suas operações no Atlântico Sul.

A marca euroAtlantic airways iniciou atividades no Brasil em 20 de setembro 2000 por ocasião das Comemorações dos 200 Anos do Achamento do Brasil ao realizar o primeiro voo turístico (charter) intercontinental entre os dois continentes, “um marco na história da aviação civil dos dois países irmãos” conforme na altura foi referido pelas autoridades. Anteriormente a euroAtlantic já vinha mantendo relações com a indústria brasileira, cooperou com a low-fare BRA Transportes Aéreos no seu arranque, deslocando durante o Inverno os seus Boeing 737-300 de médio curso para o hemisfério Sul. Em 2007 formalizou com a antiga VARIG um acordo de consórcio visandoa exploração de voos regulares e charter entre a Europa e o Nordeste brasileiro.Os equipamentos da EAA que integraram o consórcio euroAtlantic – Varig Charter, acabaram por servir na GOL Linhas Aéreas Inteligentes, após esta ter adquirido a VRG Linhas Aéreas, detentora da marca comercial Nova VARIG, chegando a EAA a ter ao serviço da GOL, três equipamento Boeing 767-300ER vocacionados para o longo curso.

Sobre a euroAtlantic airways; (1993) todos os seus equipamentos são de origem americana e estão registados na Autoridade Nacional de Avião Civil (ANAC) opera com Boeing B777-200ERBoeing B767-300ERBoeing B737-800NG em 84,5% dos países do Mundo. A marca euroAtlantic é especializada em atransporte aéreo ACMICharter e regular, tem por missão, Anytime, Anywhere.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.