Entidades do turismo do RN se mobilizam para ajudar trabalhadores do setor

Em um estado vocacionado ao turismo, o setor tem sofrido sobremaneira com os efeitos da pandemia do coronavírus. Para amenizar a situação dos profissionais autônomos deste segmento, que envolve mais de 50 cadeias produtivas no Rio Grande do Norte, a campanha RN+Unido abriu uma janela para receber recursos de pessoas físicas ou privadas.

Um link (vaquinha online) para doações de qualquer valor já está nas redes sociais do Governo do RN, da Secretaria de Turismo, da Emprotur e de entidades do turismo. Todo o dinheiro será revertido em cestas básicas e kits de higiene, distribuídas a esses profissionais em situação social mais vulnerável.

“Sabemos que o turismo é das áreas mais afetadas e as previsões demonstram ainda um longo período de recuperação. Por isso pedimos a doação de quem puder ajudar centenas ou milhares de famílias que tiram o sustento diário da atividade turística”, destacou a titular da pasta de Turismo do RN, Ana Maria Costa.

Integram a campanha, além da Setur RN e da Emprotur, entidades do trade: a Associação Brasileira de Agentes de Viagem (Abav RN), a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH/RN), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel/RN), o Natal Convention, e os sindicados de Hotéis, Restaurantes e Similares (SHRBS/RN), de buggy (Sindbuggy/RN), das Empresas de Turismo (Sindetur), e dos Guias de Turismo (Singtur).

“O setor do turismo, como uma das principais fontes de receita para o Estado, responsável pelo emprego de tanta gente, deixou de existir. Então é muito oportuna essa ação para ajudar esses profissionais autônomos que mais precisam. É necessário. Ajude”, frisou o presidente do Sindetur, Francisco Câmara Júnior.

Todo o recurso doado será movimentado apenas pela conta aberta para o programa e será fiscalizado pela equipe da Controladoria Geral do Estado. O termo de cooperação para essa campanha solidária foi assinado, neste sábado (18), pelo controlador geral, Pedro Lopes, pela secretária Ana Maria Costa e pelo presidente do Sindetur, Francisco Câmara Junior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.