EMBRATUR E MINISTÉRIO DO TURISMO DISCUTEM ROTEIROS PARA A COPA DO MUNDO FIFA 2014

O Ministério do Turismo e a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) irão se reunir amanhã, quinta-feira, para elaborar as estratégias de promoção de roteiros integrados das 12 cidades-sede da Copa do Mundo FIFA 2014. O objetivo do encontro é preparar uma proposta de opções turísticas estratégicas que serão trabalhadas no mercado internacional, exclusivamente para a ocasião do evento esportivo. Pretende-se produzir circuitos regionais, ligados aos municípios onde acontecerão os jogos. “Queremos aproveitar a presença do turista estrangeiro no país durante a Copa e incentivá-lo a conhecer além das cidades sedes, e com isso, fazer com que ele permaneça mais tempo no Brasil”, explicou o presidente da Embratur, Flávio Dino.

O diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Antonio Lomanto, falou que após esta fase inicial, as entidades do setor, compostas por operadoras, agências de receptivo, e companhias aéreas serão convidadas para discutir a viabilidade dos roteiros sugeridos. Para ele, além da estrutura dos destinos, é necessário analisar a mobilidade e acesso a essas localidades.

Em um terceiro momento, o Ministério do Turismo e a Embratur irão se encontrar com as secretarias estaduais e municipais de turismo para realizar os ajustes finais e iniciar a promoção dos roteiros integrados. “As campanhas da Embratur para divulgar a Copa 2014 em todo o mundo começam depois dos Jogos 2012, em Londres e deverão somar US$ 20 milhões em investimento”, ponderou Dino.

América do Sul e Estados Unidos serão o alvo principal das ações, já que estes são os principais países emissores de turistas para o Brasil. “Os voos internacionais no Brasil tem 75% da oferta para Estados Unidos e países sul-americanos. No caso da América do Sul, há a vantagem da proximidade, o que torna ainda mais acessível acompanhar a Copa do Mundo”, finalizou Dino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.