Embratur e CLIA Brasil realizam reunião para alinhar retomada dos cruzeiros marítimos no Brasil

​​

Em reunião realizada nesta quinta-feira (14/1) via webconferência, o presidente da Embratur – Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, Carlos Brito, acompanhado dos diretores de Marketing, Inteligência e Comunicação, Silvio Nascimento, e de Gestão Corporativa, Edson Cavalcante, debateu estratégias para a retomada dos cruzeiros no Brasil com a presidência e diretoria da CLIA Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos). Considerada a maior Associação da indústria de cruzeiros marítimos no mundo, a entidade possui representação nas Américas do Norte e do Sul, Europa, Ásia e Austrália. No Brasil, o escritório está localizado em São Paulo.

De acordo com o presidente da CLIA Brasil, Marco Ferraz, a entidade está investindo nos melhores protocolos de segurança para quando a retomada dos cruzeiros seja retomada no País, o que não ocorreu na temporada 2020/2021 em função da pandemia global. Parcerias com médicos especialistas e órgãos de saúde mundiais e locais estão em negociação. Segundo ele, o Brasil tem grande potencial para o Turismo Náutico, mas, que para seja colocado em prática, é preciso mais investimento em portos e também na desoneração de tributos.

Junto ao Ministério do Turismo, Ministério da Infraestrutura e demais órgãos reguladores do Turismo de Cruzeiros, o presidente da Embratur indicou que está sendo dada a merecida atenção ao setor. Estima-se que o impacto econômico do Turismo de Cruzeiros, considerando gastos diretos, indiretos e induzidos, na temporada 2018/2019, no Brasil, foi de R$ 2,083 bilhões. “Os cruzeiros marítimos movimentam a economia não só por meio de gastos dos viajantes, mas também com gastos dos tripulantes e das próprias companhias nos destinos visitados. Além disso, é um dos segmentos de Turismo mais limpos do ponto de vista ambiental”, defendeu Carlos Brito.

Participaram da webconferência, também, pela CLIA Brasil: Flávio Peruzzi, diretor de Relações Institucionais; João Tomaz, diretor Executivo; Estela Farina, diretora geral da Cruise Line; e Marcia Leite, diretora de Operações da MSC Cruzeiros. Pela Embratur, participaram o coordenador do Turismo Náutico, Gentil Venâncio, e o chefe da Assessoria Internacional, Rafael Luisi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.