Boa Viagem

Informativo digital do mundo do turismo

Notícias

De volta a Bridgerton – conhecendo  os principais locais de filmagem da série na Inglaterra

image

Sucesso da Netflix, Bridgerton traz cenários britânicos encantadores que podem ser visitados e apreciados

image


O icônico Royal Crescent, Bath, em meio a um mar de narcisos, que é um cenário de arrancar suspiros. Foto: The Royal Crescent Hotel and Spa

–  Quatro anos depois da sua primeira temporada na Netflix, em 2020, Bridgerton volta a ser o assunto do momento com a estreia da primeira parte da terceira temporada esta semana. Produzida por Shonda Rhimes, a mente por trás de Grey’s Anatomy e Scandal, e baseada nos romances de Julia Quinn, a série conquistou o público global com sua abordagem moderna da vida na Era da Regência da Inglaterra e suas envolventes cenas de romance.
 

O que muitos fãs da série não sabem é que é possível viver o mundo de Bridgerton na vida real, uma vez que diversos cenários das filmagens são atrações e localidades que podem ser visitadas. Pensando nisso, o VisitBritain preparou uma lista dos cenários de filmagem de Bridgerton para incluir no roteiro de viagem.

Bridgerton e a Era da Regência

A Era da Regência tem sido fonte inesgotável de inspiração para escritores ao longo dos anos, com destaque para Jane Austen, cujas obras pioneiras trouxeram à vida os costumes, tradições e questões sociais da época para várias gerações de leitores. Em meio a essa tradição, Bridgerton se destaca como um drama de época único, habilmente mesclando cenários deslumbrantes, trajes tradicionais e temas contemporâneos cruciais, além de um elenco multicultural. Com imagens deslumbrantes de imponentes mansões, paisagens britânicas icônicas e a química cativante entre seus personagens, tornou-se a escolha preferida dos espectadores da Netflix que desejam explorar a história da Inglaterra do conforto de seus lares.

Experimente a vida da Regência

Festival Anual de Jane Austen em Bath, realizado no início do outono, é uma experiência imperdível para os admiradores da amada autora e os aficionados por Bridgerton que desejam se transportar para a Era da Regência. Este festival de 10 dias oferece uma programação diversificada de eventos e atividades emocionantes, que vão desde bailes de máscaras e apresentações teatrais até caminhadas guiadas e palestras informativas. Um dos momentos mais esperados é a Regency Costumed Promenade, que marca o início das festividades, com centenas de pessoas vestidas com trajes históricos desfilando pelas ruas de paralelepípedos de Bath.

image

Elegância vitoriana no Jane Austen Center em Bath, Somerset. Foto: Jane Austen Centre

Para uma experiência alternativa, os visitantes podem se sentir como Daphne ou Benedict Bridgerton e desfrutar da opulência da Londres da Regência com um chá da tarde especial no Theatre Drury Lane. Com um menu requintado preparado pela confeiteira artesanal Lily Vanilli, os fãs podem saborear delícias enquanto aguardam o próximo capítulo emocionante de Bridgerton, tudo isso em meio à rica história do teatro. Desde 1812, este teatro icônico recebeu todos os monarcas reinantes, e os tours pelos bastidores proporcionam uma nova perspectiva da vida na Regência, onde o encanto do cinema e da televisão encontra a grandiosidade dos palcos londrinos.

Bath

Nº 1 Royal Crescent

Embora muitos dos eventos em Bridgerton se passem na Londres de Mayfair, nas residências de renomadas famílias da Inglaterra, grande parte das filmagens aconteceu em Bath. Fundada pelos romanos, a cidade de Somerset era um centro social movimentado para os abastados no século XIX e continua a ser uma joia da arquitetura da Regência até hoje. Para aqueles que desejam experimentar uma fatia de Bridgerton, o No.1 Royal Crescent é uma parada obrigatória. Também sendo a casa dos Featheringtons, na vida real é um museu dedicado à época. Construído entre as décadas de 1760 e 1770, a arquitetura perfeitamente preservada do Royal Crescent e as vistas do Royal Victoria Park são um dos principais cenários da série. Fãs com olhos de águia também podem reconhecê-lo nas adaptações para a TV de Vanity Fair e Northanger Abbey, além do filme A Duquesa.

image

Cenário sereno no Royal Crescent Hotel and Spa, Bath, com jardins exuberantes e detalhes encantadores. Foto: The Royal Crescent Hotel and Spa

Abbey Green

Situadas no centro de Bath, as ruas de paralelepípedos e as boutiques pitorescas de Abbey Green fazem do bairro um local de filmagem dos sonhos para Bridgerton: é aqui que está localizada a loja de roupas fictícia Modiste. Propriedade da renomada costureira Madame Genevieve Delacroix, a loja é um foco de estilo e fofoca e cenário de várias cenas importantes da série. Os fãs podem vestir suas melhores roupas para dar uma volta pela praça, antes de almoçar e fazer compras no verdadeiro estilo Bridgerton.

Bath Street

Bath Street é apresentada logo no primeiro episódio de Bridgerton, quando o Duque faz uma entrada de tirar o fôlego a cavalo. Embora possa se passar como a rua Mayfair, em Londres, esta encantadora via georgiana é, na verdade, o lar de um dos destaques mais notáveis de Bath: o Thermae Bath Spa. Este premiado spa, que inclui o Cross Bath do século XVIII e uma piscina ao ar livre no terraço, é uma das joias da cidade.

image

Um momento de serenidade na Thermae Bath Spa, em Bath, Somerset, Inglaterra. Foto: Visit Britain

As salas de Assembleia

Muitas das histórias escandalosas de Bridgerton têm como pano de fundo grandiosos eventos sociais, nos quais a alta sociedade se reúne para celebrar, conspirar e se apaixonar, tudo para o deleite da extraordinária colunista de fofocas, Lady Whistledown. O salão de chá e o salão de baile da Assembly Rooms abrigaram de muitas dessas cenas noturnas, proporcionando o cenário perfeito para os dramas da série. Além disso, esses locais icônicos também foram destaque em adaptações cinematográficas de clássicos como Persuasão, adicionando ainda mais prestígio à sua história.

Londres

The Ranger’s House

Greenwich é uma área rica em história real e, por isso, é um local adequado para a casa dos próprios Bridgertons. Ambientada na Ranger’s House, uma casa senhorial à beira do parque mundialmente famoso, hoje o majestoso edifício abriga a Coleção Wernher, que apresenta mais de 700 obras de artistas como Botticelli, Monvaerni e Metsu. Aqueles que planejam explorar a área não devem esquecer de visitar o Royal Observatory, enquanto os fãs de história podem mergulhar no passado na Queen’s House, a casa construída para a Rainha Anne, e no Old Royal Naval College – todos localizados a poucos passos de distância.

image

As maravilhas da coleção Wernher na Ranger’s House em Greenwich, Londres. Foto: Historic England.English Heritage Trust

Chiswick House

Chiswick House é outro cenário popular de Bridgerton e pode ser visto em várias cenas da série, inclusive na terceira temporada. A villa neopalladiana foi construída entre 1726 e 1729 pelo Conde de Burlington, que se inspirou nas visitas à Itália e nas obras do arquiteto italiano Andrea Palladio e de seu discípulo, o inglês Inigo Jones, muito reconhecido como o primeiro arquiteto inglês de renome. Os visitantes podem explorar o luxuoso interior da vila do século XVIII ou dar um passeio por suas tranquilas hortas. O café no local oferece bebidas especiais e bolos fresquinhhos assados na casa enquanto a casa é um local popular para casamentos – por isso, é bom verificar se há fechamentos planejados antes de visitar.

Casa Lancaster

Apesar do Palácio de Hampton Court ter sido utilizado para cenas externas do Palácio da Rainha Charlotte, a Lancaster House em Westminster, Londres, deslumbra como cenário interno e também empresta sua imponência para cenas filmadas dentro do Palácio de Buckingham. Com suas majestosas escadarias e o imponente Grand Hall, que evoca o esplendor do Palácio de Versalhes, este edifício se destaca como um local privilegiado para  filmagem de produções de época.  Além de Bridgerton, a Lancaster House também fez aparições memoráveis em Downton Abbey e O Discurso do Rei, agregando ainda mais prestígio à sua história cinematográfica.

The Reform Club

Situado no coração de Pall Mall e estabelecido em 1832, o The Reform Club é outro ponto emblemático de Londres imortalizado na série. Foi o cenário do primeiro encontro entre o Duque de Hastings e Anthony Bridgerton no episódio de estreia. Na realidade, este clube exclusivo para membros é o refúgio de algumas das mentes políticas mais progressistas da Grã-Bretanha, além de ser considerado um dos edifícios mais impressionantes da região.

Osterley Park and House

Osterley Park and House, localizado no oeste de Londres, serve como o cenário deslumbrante de um baile ao ar livre na terceira temporada de Bridgerton. A uma curta viagem de metrô de distância do centro da cidade, esta propriedade rural georgiana é um verdadeiro oásis de tranquilidade, com seus jardins exuberantes, parques espaçosos e terras agrícolas pitorescas, sendo uma das últimas propriedades rurais remanescentes na agitada Londres. Construída no final do século XVIII por Robert Adam, a casa oferece aos visitantes a oportunidade de vivenciar a vida como era na década de 1780. Além disso, uma ampla variedade de atividades está disponível, desde passeios de canoa nos meses de verão até aluguel de bicicletas nos fins de semana, garantindo uma experiência memorável para todos os visitantes.

Casa e Parque Syon

Syon Park, no bairro londrino de Hounslow, possui um jardim de inverno deslumbrante que foi o local do primeiro baile da segunda temporada de Bridgerton. A Syon House, listada como Grau I, fica em 200 acres de um parque exuberante e é o lar dos Duques de Northumberland há mais de 400 anos. Foi construído no século XVI no local de uma antiga abadia e possui uma rica história, bem como uma extensa coleção de arte. A casa e os jardins da Syon House apareceram em inúmeras produções cinematográficas, de Gosford Park a Killing Eve.

Propriedade Luton Hoo e Walled Garden

Luton Hoo Estate apareceu em Bridgerton, com a propriedade rural servindo como exterior da gráfica de impressão e o jardim da família Bridgerton na terceira temporada. Com a sua aparência de casa de campo tipicamente inglesa e o belo Walled Garden, oferece um retiro idílico da agitação da cidade. Os visitantes podem explorar o jardim e o Woodyard Café durante uma das quartas-feiras abertas da propriedade, enquanto um Garden Tour, que pode ser reservado, é acompanhado por especialistas da propriedade. . Este local é bastante popular para filmagens, tendo participado de inúmeras produções, incluindo Quatro Casamentos e um Funeral, Downton Abbey e Rebecca.

Surrey

Hampton Court Palace

Palácio de Hampton Court, uma antiga residência do Rei Henrique VIII, surpreende como a luxuosa morada da rainha Charlotte em Bridgerton. Situado em Richmond, às margens do rio Tâmisa, uma visita a este magnífico palácio é imprescindível para quem se interessa pela história britânica. Os fãs da série podem seguir os passos de seus personagens favoritos ao explorar os amplos jardins do palácio, incluindo o meticulosamente ornamentado Privy Garden, apreciado pelo próprio rei, ou ainda explorar a beleza natural do Richmond Park, lar de rebanhos de cervos desde 1637.

image

Palácio de Hampton Court, construído pelo Cardeal Wolsey e posteriormente presenteado a seu monarca, o Rei Henrique VIII, em 1528. Foto: VisitBritain/Historic Royal Palaces

Parque Painhill

Os jardins bem cuidados do Painshill Park também aparecem em Bridgerton. Concluídos em 1773, os jardins foram inspirados pelo proprietário, o Charles Hamilton, e por sua exploração da Europa e paixão pela arte renascentista.  O lago, a ponte e a paisagem suavemente ondulada do parque estão presentes na série.

Parque Berkshire Basildon

Os visitantes podem reconhecer o Garden Room e o parterre no Basildon Park pela cena da festa na casa dos Featherington na segunda temporada. A casa e seus interiores luxuosos retornam na terceira temporada, onde funciona como a morada da nova personagem Lady Tilley Arnold, uma viúva rica. Estapropriedade do século 18 também apareceu na série e filme de Downton Abbey e na adaptação cinematográfica de Orgulho e Preconceito de Jane Austen.

West Sussex

Petworth House, West Sussex

Com sua excepcional coleção de arte, Petworth House também encantacomo cenário das galerias de arte na segunda temporada de Bridgerton. Esta magnífica mansão do século XVII abriga obras-primas de renomados artistas como Anthony Van Dyck, J.M.W Turner, Joshua Reynolds e Thomas Gainsborough, além de esculturas do famoso artista anglo-holandês do século XVIII, Grinling Gibbons. Além disso, Petworth oferece um jardim paisagístico de características arquitetônicas notáveis, juntamente com um parque de cervos de 700 acres, onde árvores centenárias acrescentam uma atmosfera encantadora à paisagem.

Kent

Squerryes Court, Westerham

Squerryes Court está situado nos arredores de Westerham, em Kent, conhecido como o ‘Jardim da Inglaterra’. Esta impressionante mansão do século XVII é cercada por vastos parques, jardins exuberantes e vinhedos, servindo como cenário para uma festa no jardim no início da terceira temporada de Bridgerton. Habitada pela família Warde há mais de 300 anos, a casa não está aberta ao público em geral. No entanto, os visitantes têm a oportunidade de desfrutar da vista dos vinhedos enquanto apreciam uma refeição deliciosa no premiado restaurante de Squerryes Court. Para uma experiência mais casual com vistas deslumbrantes, o Garden Café da propriedade é uma ótima opção, oferecendo bebidas quentes e doces. Visitantes interessados em aprender mais sobre vinhos podem agendar uma degustação guiada ou participar de um dos passeios sazonais de verão, que incluem um passeio pelas vinhas seguido de uma degustação.

Buckinghamshire

Claydon House, perto de Buckingham

Situada entre as colinas de Aylesbury Vale, a Claydon House é uma propriedade do século XVIII, administrada pelo National Trust, que exibe interiores extravagantes. Servindo como pano de fundo para cenas da terceira temporada de Bridgerton, os visitantes podem se maravilhar com a grandiosidade de suas  magníficas salas e observar as esculturas elaboradas encontradas em toda a casa.

Stowe Gardens, perto de Buckingham

Não muito longe de Claydon House, ao sul de Buckingham, ficam os Stowe Gardens. Para a primeira temporada de Bridgerton, esse local foi transformado no Vauxhall Pleasure Gardens, onde Daphne Bridgerton e o duque de Hastings iniciaram seu romannce. Na Era da Regência, o jardim de lazer era uma parte popular da vida noturna de Londres, onde os visitantes podiam desfrutar de entretenimento diversificado, desde concertos, apresentações de acrobaciaaté passeios de balão de ar quente. Com seus caminhos sinuosos, passeios à beira do lago e templos, Stowe Gardens também apareceu em várias outras cenas ao ar livre na segunda temporada.

Bedfordshire

Wrest Park, Silsoe

Os terrenos do Wrest Park abrigam o laranjal no Aubrey Hall de Bridgerton, o retiro rural dos Bridgertons. Na terceira temporada, será o local substituto da casa da família Fuller. A arquitetura desta magnífica casa, construída na década de 1830, foi inspirada no estilo de um castelo francês do século XVIII. Seus terrenos estão repletos de jóias escondidas, incluindo uma fonte de mármore ornamentada, a Bowling Green House do século XVIII, um templo chinês e um pavilhão barroco com interior deslumbrante construído por Thomas Archer.

Oxfordshire

Blenheim Palace, Woodstock

No spin-off de Bridgerton, Queen Charlotte, o Palácio de Blenheim fez sua estreia como Buckingham House (o antigo nome do Palácio de Buckingham antes de sua conversão no século XIX). A residência real aparece pela primeira vez como um autêntico cenário de Bridgerton na terceira temporada. Este local histórico, reconhecido pela UNESCO, é a morada do Duque de Marlborough e o lugar onde Winston Churchill nasceu. Os visitantes têm a oportunidade de explorar o palácio e seus deslumbrantes 2.000 acres de jardins, incluindo uma paisagem projetada por Lancelot Capability Brown. Uma tour autoguiada, “Lights, Camera, Action”, conduz os visitantes pelos bastidores de algumas das maiores produções cinematográficas já feitas aqui, desde Harry Potter até os filmes de  James Bond.

A apenas 20 minutos de carro do Palácio de Blenheim, encontra-se Oxford, conhecida como a cidade dos “dreaming spires” por conta de sua arquitetura encantadora. Esta cidade universitária é lar de diversos museus e galerias, incluindo a Biblioteca Bodleian, a segunda maior biblioteca do país, que guarda uma cópia de todos os livros publicados na Inglaterra desde 1662 e pode ser explorada através de tours guiadas com especialistas da própria Universidade de Oxford.

image

Ao fundo, se destaca o imponente Palácio de Blenheim. Foto: VisitBritain/Pete Seaward

Wiltshire

Wilton House, Salisbury

Wilton House, próximo a Salisbury, é um cenário frequente em Bridgerton, destacando-se em várias tomadas internas e externas. Entre elas, as cenas nos magníficos quartos da Rainha Charlotte, onde as debutantes são apresentadas. A sala de estar e o grande salão assumiram o papel dos aposentos da residência de Lady Danbury, enquanto os terrenos foram usados como substitutos do Hyde Park de Londres. Os fãs da série também podem reconhecer a Wilton House de The Crown, série em que a propriedade também representa o Palácio de Buckingham.

Lincolnshire

Grimsthorpe Castle, Park and Gardens, Bourne

O majestoso Castelo de Grimsthorpe também é a residência do novo personagem de Bridgerton, Lord Hawkins, na terceira temporada. Cercada por jardins elegantes, florestas históricas e um lago de 50 acres, a casa foi construída no século XVI por Sir John Vanbrugh, o arquiteto do Palácio de Blenheim e do Castelo Howard, para acomodar a visita de Henrique VIII e sua corte. A casa está aberta à visitação em dias selecionados entre abril e outubro.

Yorkshire

Castle Howard

O majestoso Castelo Howard, situado nas proximidades de York, no norte da Inglaterra, é a deslumbrante propriedade que representa o Castelo de Clyvedon, lar do Duque de Hastings na série. Esta magnífica residência não é novidade nas telas, tendo sido cenário de filmes como Barry Lyndon, de Stanley Kubrick, Brideshead Revisited e Victoria, entre outros. Construído no final do século XVII, seus vastos jardins encantam os telespectadores, enquanto a vila vizinha de Coneysthorpe também desempenha um papel crucial, frequentada pelo Duque e pela Duquesa em Bridgerton. Embora o Duque de Hastings seja um personagem fictício, existe também um Barão Hastings na vida real, também conhecido como Lord Hastings, título existente desde o século XIII.

image

Uma vista panorâmica dos majestosos jardins do imponente Castelo Howard. Foto: Castle Howard/Nick Howard

Sobre o VisitBritain

O VisitBritain é a agência oficial do Governo do Reino Unido encarregada da promoção da imagem de destino e da indústria do turismo da Grã-Bretanha aos consumidores, ao comércio de viagens e aos meios de comunicação social em 21 mercados em todo o mundo, incluindo o Brasil.

Acesse www.visitbritain.comwww.visitbritain.orgwww.facebook.com/lovegreatbritain.br

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar varios serviços no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!
Boa Viagem