Da salada de frutas ao famoso pastel, o que é mais seguro consumir na praia?

 Nutricionista dá dicas de como se alimentar na praia e evitar problemas de saúde Faz parte do ritual de ir à praia comer e beber alguma coisa de frente para o mar, afinal, ninguém é de ferro. Mas é preciso cautela na hora de escolher o que consumir para evitar problemas de saúde. Por isso, a nutricionista e chef de cozinha, Luciana Marchetti, professora dos cursos de Gastronomia e de Nutrição da São Juda, dá algumas dicas valiosas e não muito convencionais. Por exemplo, o que é melhor comer na praia, pastel ou salada de frutas? “O mais seguro é o pastel. Frito na hora por imersão, isso já elimina parte dos microrganismos. A salada de frutas, consumida crua, oferece um grande risco de contaminação. Se as frutas ou ainda a tábua ou a faca não estiverem devidamente higienizadas, compromete a qualidade”, explica Luciana. A nutricionista pede para evitar preparações que foram feitas em casa e levadas à praia, como esfihas e empadas. “A praia é um local muito quente e com temperatura boa para multiplicação de microrganismos”. Aquele camarão no espeto, segundo Luciana, tem que ser frito na hora, senão, é melhor deixar passar. “Esse fruto do mar é muito perecível, exige um cuidado especial na limpeza. O ideal é consumi-lo em locais seguros”. Uma sugestão de lanche seguro na praia é o milho verde e bebidas, como água e água de coco. Outra dica da nutricionista é sempre observar as condições de higiene do local, seja restaurante, lanchonete ou carrinho de rua. “Observe se o uniforme do funcionário está limpo, se há uma pessoa para servir e outra para receber o pagamento, se limpam os utensílios e as bancadas, tudo isso é fundamental para garantir a qualidade da alimentação e evitar problemas de saúde após o consumo, como intoxicações”. Na praia, se surgir a dúvida, na hora da fome, prefira o alimento que passou por algum tipo de cozimento, de preferência na hora, no lugar dos crus.
Sobre a São JudasA São Judas é uma das três melhores universidades privadas do estado de São Paulo, segundo o Ministério de Educação (MEC), com nota 4 de 5 no Índice Geral de Cursos (IGC). Com aproximadamente 37 mil alunos, 11 unidades localizadas na Capital e Grande São Paulo e mais de 80 cursos, a instituição combina qualidade e acessibilidade, tradição e inovação, com o uso de novas metodologias educacionais, laboratórios multidisciplinares de aprendizagem integrada e programas de desenvolvimento de competências socioemocionais. Além disso, o aluno aprende na prática desde o primeiro dia de aula.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.